A história

Shokokon SwStr - História


Shokokon

(SwStr: t. 709; 1. 181 '; b. 32'; dph. 13 '; dr. 8'61 / 2' '
s. 10 k .; cpl. 112; uma. 2 30 par. r., 4 24-pdrs.)

Shokokon - uma balsa com casco de madeira construída como Clifton em 1862 em Greenpoint, N.Y. - foi comprada pela Marinha na cidade de Nova York em 3 de abril de 1863; alterado para serviço naval lá por J. Simonson; e comissionado no Estaleiro da Marinha de Nova York em 18 de maio de 1863, o tenente voluntário em exercício Samuel Huse no comando.

O double-ender foi designado para o Esquadrão de Bloqueio do Atlântico Norte e chegou a Newport News Va., Na manhã de 24 de maio de 1863. Shokokon foi colocado pela primeira vez no bloqueio externo de New Inlet N.C .; mas, no final de junho, ela foi chamada de volta a Hampton Roads e ordenou que subisse o York até o rio Pamunkey para ameaçar Richmond na esperança de desviar reforços, munições e suprimentos do sul do Exército da Virgínia do Norte do general Robert E. Lee, que havia invadido o Norte e estava colocando Washington em perigo. Em 4 de julho, enquanto as tropas confederadas batiam em retirada de Gettysburg, ela subiu o Pamunkey da Casa Branca, Virgínia, e destruiu uma escuna não identificada que encalhou cerca de cinco milhas rio acima.

Uma semana depois, Shokokon foi transferido para o rio James, onde, no dia 14, a antiga balsa se juntou a outros sete navios de combate da União na captura da fortaleza confederada, o Forte Powhatan. A força destruiu dois carregadores e 20 plataformas de armas.

Em 10 de agosto, após reparos no estaleiro naval de Norfolk, Shokokon voltou a bloquear o serviço de Wilmington e foi estacionado ao largo da Ilha de Smith. No dia 18, ela ajudou Niphon a destruir o navio Hebe, que Niphon encalhou enquanto aquele corredor de bloqueio tentava escapar do cordão de navios de guerra da União com drogas e provisões extremamente necessárias ao sul. Quatro dias depois, dois barcos de Shokokon destruíram a escuna Alexander Cooper em New Topsail Inlet, N.C., e demoliram extensas salinas nas proximidades.

No final de agosto de 1863, o navio foi danificado por um furacão e enviado ao norte para reparos que duraram até o final do ano. Ela voltou a Newport News na manhã de 16 de janeiro de 1864 e, pelo resto da guerra, esteve ativa no apoio às forças terrestres da União nos rios da Virgínia e da Carolina do Norte. Em 9 de março, ela se juntou a Morse e ao general Putnam na escolta de uma expedição do Exército pelos rios York e Mattapony; cobriu o desembarque das tropas em Sheppard's Landing e voltou a Yorktown três dias depois.

Em 5 de maio, ela foi um dos navios de guerra que varreu o rio para limpar os torpedos confederados e, em seguida, apoiou a travessia dos desembarques em Bermuda Hundred e City Point, que estabeleceu uma cabeça de ponte da União na costa sul do James. Durante os meses que se seguiram, ela continuou a se deslocar entre os rios York e James para ajudar nas operações terrestres no domínio cada vez mais rígido do general Grant em Richmond.

No outono, Shokokon voltou às águas da Carolina do Norte e passou o resto da guerra apoiando os esforços do Exército naquele teatro.

Quando a paz finalmente foi restaurada, o double-ender voltou para o norte e o W&S descomissionado no New York Navy Yard. Ela foi vendida em leilão público na cidade de Nova York em 25 de outubro de 1865 e redocumentada como Lone Star em 15 de dezembro de 1865. Ela serviu por mais de duas décadas antes de ser abandonada em 1886.


Casal executa projeto de elevação no combate a enchentes

HENDERSON COUNTY, IL - Em junho de 2008, residentes em 21 condados sofreram perdas relacionadas às enchentes. Enquanto alguns proprietários começaram a demolir suas casas, jurando nunca reconstruir em uma comunidade local de aposentados, Bill e Karen Opel continuarão a desfrutar da vida tranquila, livres da agitação da cidade grande, devido às medidas de mitigação adotadas durante a construção processo de sua casa para a aposentadoria.

“Minha esposa e eu fizemos tudo nesta casa, exceto colocar o tapete”, disse Bill Opel, um carpinteiro aposentado. “Passamos por várias enchentes, seguindo as medidas de mitigação, sem grandes danos relacionados às enchentes.”

Antes de decidir fazer da cidade ribeirinha de Shokokon uma residência permanente, Bill e Karen Opel haviam alugado várias propriedades na área como locais de férias, a partir de 1975. A cidade, uma comunidade de aposentados localizada no rio Mississippi, tinha um histórico de inundações . O casal testemunhou a devastação causada pelas enchentes. Após uma inundação, eles voltaram para encontrar seu trailer e seu conteúdo destruídos. Então, quando os Opels decidiram construir sua casa de estrutura de madeira de 1.064 pés quadrados, eles sabiam que ela teria que ser elevada.

“Estávamos vindo para cá nos fins de semana para fugir da cidade e do trânsito. Morávamos em Peoria, Illinois ”, disse Bill Opel. “Um cara me trouxe aqui [Shokokon] para caçar patos. Aquela vez - foi o que bastou. Karen e eu conhecíamos a história das enchentes na cidade, mas começamos a gostar tanto daqui até que decidimos nos mudar para cá permanentemente. Também sabíamos que tínhamos que estar preparados ”.

Os Opels começaram a construção de sua nova casa em abril de 1995 e se mudaram para ela em novembro do mesmo ano. A casa fica em cima de estacas de aço de 3,5 metros cravadas no solo a 1,2 metros de profundidade. Cada estaca tem 5 pés de comprimento de vergalhão, unida por uma amarra de arame no centro.


Pesquise em milhares de Imóveis comerciais propriedades e espaços atualmente disponíveis para de concessão no Estado de Illinois. Salve esta pesquisa.
O LoopNet tem mais de 20 vezes mais visitantes do que o concorrente mais próximo, o que o torna o mercado de imóveis comerciais on-line com maior tráfego. Com aproximadamente 800 novos anúncios adicionados diariamente, volte sempre para estar entre os primeiros a descobrir novas oportunidades de investimento assim que estiverem disponíveis. Veja fotos em alta resolução, passeios em 3D, plantas baixas e conteúdo pesquisado disponíveis apenas aqui.
Se você é um corretor ou proprietário de um edifício com Illinois Commercial Real Estate para arrendar ou sublocar, o LoopNet tem mais buscadores e gera mais leads do que qualquer outro site de imóveis comerciais. "Entre no Loop" e divulgue sua propriedade comercial para mais de 10 milhões de pesquisadores exclusivos que visitam a rede LoopNet todos os meses.

O serviço LoopNet e as informações nele fornecidas, embora consideradas precisas, são fornecidas & quotas is & quot. LoopNet se isenta de toda e qualquer representação, garantia ou garantia de qualquer tipo.


Cody Bellinger & # 3535

Apareceu em 56 jogos, onde ficou empatado em segundo lugar na equipe, acertando dez duplas e 12 home runs. seus 12 homers ficaram em 18º na Liga Nacional. Terminou em segundo lugar na equipe em caminhadas (30) e em quarto lugar na porcentagem de base (0,333)… ficou empatado em 13º na NL em caminhadas. Foi 14-para-66 (0,212) na pós-temporada com duas triplas e quatro home runs ... seus quatro home runs nos playoffs foram os segundos melhores do time. Acerte um home run no final da sétima entrada do jogo 7 do NLCS contra o Braves para impulsionar os Dodgers à sua terceira Série Mundial em suas primeiras quatro temporadas. Terminou a temporada com uma porcentagem de fielding de 0,996, cometendo um erro em 255 chances totais. empatou em segundo lugar na equipe em assistências externas, enquanto liderava o time com uma classificação de zona defensiva de 0,97 1. foi finalista da National Gold Glove em Centre Field, terminando atrás de Trent Grisham para o prêmio.

Viu um ano de carreira marcado por MVP, Gold Glove, Silver Slugger e reconhecimento All-Star depois de classificar entre os líderes da NL em média de rebatidas (0,305, 9º), OBP (0,406, 3º), porcentagem de rebatidas (0,629, 2º) , OPS (1,035, 3ª), bases totais (351, 1ª), home runs (47, 3ª), corridas (121, 2ª), RBI (115, 7ª), caminhadas (95, 6ª) e rebatidas extra-base ( 84, 2º). Seus 47 home runs na temporada classificam-se como o terceiro maior total de uma única temporada na história da franquia, atrás apenas de Shawn Green (49, 2001) e Adrian Beltre (48, 2004). Coletou sua primeira luva de ouro (campo direito) depois de entregar uma porcentagem de fielding de 0,990 líder da Liga Nacional para defensores direitos & # 8230 conquistou a liga em corridas defensivas salvas (19) para todos os defensores direitos (T-2o no geral, 22) e empatou em em quarto lugar na NL com 10 assistências externas, enquanto se classifica entre a tabela de classificação externa da NL em porcentagem de fielding (0,988, 11º), corridas de alcance (6,2, 5º), Ultimate Zone Rating (10,3, 2º), Ultimate Zone Rating / 150 (13,7 , 2º) e entradas jogadas (1082,0, 16º). Participou de seu segundo jogo All-Star & # 8230 recebeu a maioria dos votos na Eleição para iniciantes durante a Rodada Primária e começou o jogo no campo central & # 8230 conquistou sua primeira honra de Jogador do Mês da NL em abril, após compilar um .416 / .505 /. 843 / 1.347 slashline com 10 homers líderes da liga, 29 RBI e 25 corridas, acompanhados de seis duplas, um triplo e 18 caminhadas contra 13 eliminações & # 8230 tornou-se o 12º Dodger a receber honras de MVP e juntou-se a Jackie Robinson e Don Newcombe como os únicos Dodgers para ganhar as honras de Rookie of the Year e MVP & # 8230é o único Dodger a receber prêmios MVP, Gold Glove e Silver Slugger na mesma temporada & # 8230 em 2 de agosto, lançou seu 100º home run da carreira & # 8230 de acordo com Baseball Reference, ele é o jogador mais rápido na história da franquia Dodger a chegar a 100 homers na carreira, tendo apenas 401 jogos para ultrapassar a marca de 422 jogos de Mike Piazza & # 8230 nas últimas 10 temporadas, apenas Joey Gallo (377G) e Giancarlo Stanton (400G) alcançaram a marca rapidamente er & # 8230 dirigiu em um trio de corridas pela 10ª vez nesta temporada em 20 de agosto para alcançar o recorde da carreira de 100 RBI & # 8230; ele é o primeiro Dodger a atingir a marca do século desde que Adrian Gonzalez realizou a façanha em 2014 (116 RBI) & O # 8230 ultrapassou os 25 homers de Gil Hodges e Duke Snider para ter o maior número de home runs na história dos Dodger depois de lançar seu 26º home run em 18 de setembro, terminou a temporada com 27 home runs no Dodger Stadium e # 8230 acertou seus 28 e 29 home runs de a temporada em 3 de julho para ultrapassar Gil Hodges e Duke Snider (28) para a maioria dos homers antes do intervalo do All-Star & # 8230 tornou-se o 38º jogador na história da Major League Baseball a alcançar o platô de 30 homeers antes do intervalo do All-Star & # 8230 ele é o 19º jogador na NL a atingir a marca e o único Dodger a chegar a 30 & # 8230 teve uma noite de carreira em 30 de março, indo 4 em 6 com dois homers e seis RBI & # 8230; foi seu oitavo multi-homer na carreira jogo e correspondeu a um recorde de carreira com seis RBI (último: 15 de setembro de 2018 em St. Louis) e # 8230 embrulhado a temporada regular com sete rebatidas extra-base nos últimos 10 jogos em um clipe de .314 / .385 / .686 e alcançou a base em 28 de seus últimos 31 jogos, incluindo uma seqüência ininterrupta de 16 jogos na base de 24 de agosto a 10 de setembro, onde reduziu .231 / .403 / .442 com um trio de duplas, um triplo, dois homers e seis RBI & # 8230 nomeado Jogador da Semana da NL em 8 de abril após atingir .417 (10 para 24) com 10 corridas, duas duplas, uma tripla, três home runs, 10 RBI e duas caminhadas em seis jogos.

Apareceu em 162 jogos, cortando .260 / .343 / .470 com 84 corridas, 28 duplas, sete triplas, 25 home runs, 76 RBI e 14 bases roubadas. Liderou o time em jogos disputados, rebatidas (145) e jogos multi-rebatidas (41) em 2018 e se tornou o primeiro Dodger desde Matt Kemp em 2010 a jogar 162 ou mais jogos em uma temporada e está empatado no quarto maior número de jogos em uma temporada na história dos Dodger. Mostrou sua versatilidade defensiva, aparecendo na primeira base (110 jogos, 85 partidas), meio campo (78 jogos, 50 partidas), direito (cinco jogos) e esquerdo (um jogo). Foi um dos 10 Major Leaguers com pelo menos 25 homers e 14 bases roubadas em 2018. Seus sete triplos ficaram em segundo lugar na equipe e em nono na Liga Nacional. Conseguiu home runs em quatro jogos consecutivos, de 5 a 8 de junho, pela primeira vez em sua carreira. Registrou seu primeiro longball da temporada em 1º de abril contra o Giants, que foi o 40º de sua carreira, marco que atingiu em apenas 136 jogos. De acordo com a STATS, LLC., Esse é o terceiro menor número de competições necessárias para atingir 40 de todos os tempos, atrás de Rudy York (129) e Mark McGwire (110). Realizou dois grand slams em 22 de junho em NYM fora de Zack Wheeler e 2 de agosto contra MIL em Jhoulys Chacin. Apareceu em todos os 12 jogos da Pós-temporada dos Dodgers e foi premiado com o NLCS MVP de 2018 depois de dirigir nas corridas vencedoras de jogos nos Jogos 4 e 7 e # 8230; seu 13º inning walk-off single no Jogo 4 foi seu primeiro hit walk-off de carreira & # 8230 também acertou um home run de duas corridas no segundo turno do jogo 7.

Eleito o Novato do Ano pela Liga Nacional por unanimidade e escolhido como All-Star em sua primeira temporada na Liga Principal. tornou-se o 18º Rookie do Ano dos Dodgers e o 22º jogador geral a ganhar o prêmio por unanimidade de votos. Terminado em nono na votação de MVP da NL, também foi homenageado com o Prêmio de Escolha de Jogadores 2017 para Outstanding NL Rookie e reconhecido pelo Sporting News como o NL Rookie of the Year das publicações. Depois de ter seu contrato selecionado da Triple-A OKC em 25 de abril, ele postou um slashline de .267 / .352 / .581 com 87 corridas, 26 duplas, quatro triplas, 39 home runs, 97 RBI e 10 bases roubadas em 132 jogos em sua primeira temporada na grande liga. classificado entre os líderes da NL em home runs (2ª), home runs por rebatida (12,31, 2ª), RBI vencedor do jogo (17, 4ª), porcentagem de golpes (5ª), rebatidas extra-base (69, 8ª), OPS (10º) e RBI (T-13º). Seus 39 home runs em 2017 estabeleceram um recorde de home runs de estreantes na Liga Nacional, superando os recordistas anteriores Wally Berger (1930) e Frank Robinson (1956), com 38 home runs cada um. também registrou seis jogos de multi-home run, que de acordo com a Stats, LLC, foram os mais disputados por um novato na história dos Dodger e o terceiro mais de todos os tempos, atrás apenas de Mark McGwire (1987) e do vencedor do AL Rookie of the Year Aaron Judge (2017), que coletou cada um sete concursos multi-homer. Incluindo seu recorde na temporada de home run, também estabeleceu recordes de estreante em uma única temporada em Los Angeles (desde 1958) em porcentagem de slugging (.581) e OPS (.933), enquanto se classificava entre os líderes de estreantes de todos os tempos em corridas (4º) , duplas (T-4ª), RBI (2ª), média de rebatidas (10ª) e porcentagem na base (4ª). Classificado entre os novatos da Liga Principal em corridas (2ª), home runs (2ª), RBI (2ª), acertos extra-base (2ª), porcentagem na base (2ª), porcentagem de golpes (2ª), OPS (2ª), duplas (T-3ª), anda (64, 4ª), triplica (T-5ª), bases roubadas (T-5ª) e acertos (128, T-7ª). Seus 12 home runs com um arremessador canhoto foram a maioria nos Majors por um rebatedor canhoto e a maior por um rebatedor canhoto do Los Angeles Dodger desde 1974. postou um slashline de 0,27 1 / .335 / .568 contra canhotos com seis duplos, dois triplos e 42 RBI. Acerte 0,297 (43 para 145) com 18 homers e 39 RBI do sétimo inning e mais tarde, enquanto acertou 0,299 (20 para 67) com seis home run e 15 RBI em situações próximas e tardias. Selecionado para o time All-Star da Liga Nacional e se tornou o primeiro jogador na história dos Dodger a entrar no time em sua primeira temporada no Majors. também se tornou o jogador mais jovem a ser homenageado como um All-Star na história da franquia aos 21 anos, 354 dias de idade e o terceiro Dodger All-Star mais jovem no geral (na época de sua seleção), atrás apenas de Fernando Valenzuela (20 anos , 281 dias em 1981) e Ralph Branca (21 anos, 183 dias em 1947). participou do HR Derby, tornando-se o oitavo Dodger e o terceiro estreante em LA a participar do evento. Em 15 de julho em Miami, completou o terceiro ciclo na história do Los Angeles Dodger (Wes Parker-1970, Orlando Hudson-2009) com um triplo na sétima entrada. tornou-se apenas o nono Dodger na história da franquia a realizar o feito e o primeiro novato a fazê-lo. de acordo com Elias, tornou-se o primeiro estreante a acertar até 20 homers e também a ter um ciclo em uma temporada. Homered em 20 de junho, seu 10º em 10 jogos, tornando-se apenas o segundo Dodger a realizar essa façanha (Shawn Green, 2002). tornou-se o primeiro jogador da MLB a acertar 10 em 10 jogos desde Troy Tulowitzki em 2010. Registrou o maior número de homers como Dodger em uma temporada aos 21 ou mais jovens, superando Adri & # 225n Beltr & # 233, que acertou 20 homers aos 21 em 2000. Nomeado NL Estreante do mês em maio e junho. estabeleceu um novo recorde de novato Dodgers para RBI no mês de maio (27), e empatou Dick Cox para o terceiro RBI mais por um novato em qualquer mês, seguindo James Loney (32, setembro de 2007) e Del Bissonette (29, Junho de 1928). acertou 13 homers na MLB em 28 de junho, que empatou em terceiro lugar por um novato em um único mês com Jimmie Hall, que atingiu 13 em agosto de 1963 com o Minnesota. também foi eleito Jogador da Semana da NL na semana que terminou em 7 de maio e 25 de junho. De acordo com o Elias Sports Bureau, tornou-se o primeiro jogador na história da Liga Principal com jogos multi-homer consecutivos aos 21 anos de idade ou menos em 11-13 de junho e se tornou o único jogador a ter quatro jogos multi-homer em seus primeiros 45 jogos da temporada regular da carreira nas grandes ligas. Teve seu contrato selecionado em 25 de abril de 2017 e fez sua estreia na Major League naquele dia como o jogador de campo esquerdo titular em San Francisco. conseguiu seu primeiro sucesso de carreira em sua quarta aparição na placa daquele jogo com um infield single de Neil Ramirez. Acertou seus dois primeiros home runs na carreira em 29 de abril de 2017 contra os Phillies, acertando um tiro solo de Zach Eflin na sétima entrada para seu primeiro home run da liga grande. tornou-se o primeiro Dodger desde Yasiel Puig (2 HR, 4 de junho de 2013 vs. SD) a acertar vários home runs no primeiro jogo em que acertou um home run. Começou todos os 15 jogos da pós-temporada e atingiu 0,219 (14 de 64) com quatro duplas, um triplo, três home runs e nove RBI. tornou-se o detentor do recorde de todos os tempos do Dodger rookie Posteason em acertos, acertos extra-base (8), home runs, RBI, corridas (10) e bases totais (29). Postado um slashline de .343 / .429 / .627 com quatro duplas, cinco homers e 15 RBI em 18 jogos com Triple-A Oklahoma City. antes de sua promoção, ele se classificou entre os líderes do PCL em corridas (15, T-4ª), home runs (T-4ª), RBI (T-8ª), bases totais (42, T-6ª), bases roubadas (7 , T-2nd), porcentagem na base (11º), porcentagem de slugging (9º) e OPS (1,055, 7º) 2016. Combinado para postar um slashline de 0,27 1 / .365 / 0,507 com 17 duplas, 26 home runs e 7 1 RBI em 117 jogos com Double-A Tulsa e Triple-A Oklahoma City. Passou a maior parte da temporada com os Drillers, atingindo 0,263 com 23 home runs e 65 RBI em 114 jogos e foi selecionado como Double-A All-Star pelo Baseball America após se classificar entre os líderes da Texas League em home runs (T-3rd), caminhadas (59, T-3rd) porcentagem de slugging (.484, T-3rd), OPS (.843, 3rd), porcentagem na base (.359, T-5th), RBI (T-9th) e extra- acertos de base (41, T-10). Promovido a Oklahoma City em 3 de setembro e acertou 0,545 (6 em ​​11) com três home runs e seis RBI em três jogos e também apareceu em nove jogos pós-temporada para o OKC Dodgers, atingindo 0,250 (9 em 36 ) com um homer e cinco RBI. Após a temporada, jogou no Arizona Fall League pelo Glendale Desert Dogs, ganhando uma seleção para o All-Star Prospect Team da liga e começando na primeira base no Rising Stars Game da liga.

Combinado para postar um slashline de 0,27 1 / .365 / .507 com 17 duplas, 26 home runs e 7 1 RBI em 117 jogos com Double-A Tulsa e Triple-A Oklahoma City. Passou a maior parte da temporada com os Drillers, atingindo 0,263 com 23 home runs e 65 RBI em 114 jogos e foi selecionado como Double-A All-Star pelo Baseball America após se classificar entre os líderes da Texas League em home runs (T-3rd), caminhadas (59, T-3rd) porcentagem de slugging (.484, T-3rd), OPS (.843, 3rd), porcentagem na base (.359, T-5th), RBI (T-9th) e extra- acertos de base (41, T-10). Promovido a Oklahoma City em 3 de setembro e acertou 0,545 (6 em ​​11) com três home runs e seis RBI em três jogos e também apareceu em nove jogos pós-temporada para o OKC Dodgers, atingindo 0,250 (9 em 36 ) com um homer e cinco RBI. Após a temporada, jogou no Arizona Fall League pelo Glendale Desert Dogs, ganhando uma seleção para o All-Star Prospect Team da liga e começando na primeira base no Rising Stars Game da liga.

Passou toda a campanha com o Single-A Rancho Cucamonga e liderou o Single-A California League com 103 RBI e 97 corridas marcadas, ficando em segundo lugar com 30 home runs e rebatidas de 0,264 em 128 jogos. Selecionado como um All-Star da liga da Califórnia no meio e na pós-temporada. Também empatou em sétimo lugar com 33 duplas e ficou em terceiro lugar com 257 bases no total. Foi homenageado como o MVP da série do campeonato da Liga da Califórnia, com rebatidas de 0,324 com três homers e sete RBI em oito jogos pós-temporada para levar os Quakes a um título da liga.

Combinado para acertar 0,312 com 14 duplas, seis triplas, três home runs e 34 RBI junto com uma porcentagem de 0,352 na base e 0,474 de porcentagem de slugging com AZL Dodgers de nível Rookie e Ogden de nível Rookie.

Fez sua estreia profissional com o AZL Dodgers de nível Rookie e rebateu 0,210 com um home run e 30 RBI em 47 jogos.


Asher Wojciechowski criou uma bola de quebra incrível

O Baltimore Orioles é um time de beisebol muito ruim. Com alguns anos de movimentos improdutivos e falta de desenvolvimento em seu sistema agrícola a partir de um front office questionável, um produto historicamente ruim foi colocado no campo, o que se refletiu no histórico de perdas e ganhos dos Orioles nos últimos dois temporadas.

Claramente era hora de uma mudança. Com a contratação de duas peças que desempenharam papéis essenciais na construção da organização Astros, partindo de padrões comparativamente ruins em Mike Elias e Sig Mejdal, parecia que eles haviam contratado as pessoas certas para fazer o mesmo por eles.

Com duas das pessoas mais inteligentes do beisebol herdando a fossa de um time da liga principal, seria injusto esperar melhorias imediatas. O registro estava indo para ruim, não importa o quê. Olhar para o aprimoramento individual seria fundamental, mas procurar por breakouts seria fundamental. Como aconteceu muitas vezes com os Astros, com nomes como Dallas Keuchel, Colin McHugh e Marwin Gonzalez, passando de ligantes importantes da periferia a ativos valiosos, o mesmo acontecendo com Orioles não seria uma surpresa.

Houve melhorias individuais com os Orioles nesta temporada. Pedro Severino tornou-se um apanhador prestável. Chance Sisco fica bem no prato. Trey Mancini e Renato Nunez parecem melhores. Mas talvez a maior surpresa tenha vindo do lançador jornaleiro Asher Wojciechowski. Pode ser muito cedo para dizer e isso pode ser muito prematuro, mas houve avanços claros em sua produção desde que entrou na organização Orioles.

Olhar para um tamanho de amostra de quatro iniciais pode ser bastante perigoso, mas comparar Wojciechowski com o resto do campo pode ser a melhor maneira de avaliar o quão bom ele está. Entre 194 arremessadores que lançaram pelo menos 20 entradas nesta temporada, apenas Mike Clevinger, Gerrit Cole, Chris Sale, Max Scherzer, Blake Snell, Matthew Boyd e Justin Verlander têm uma porcentagem maior de eliminações.

Apenas Snell e Scherzer têm uma porcentagem maior de golpe de balanço. Wojciechowski lidera em porcentagem de balanço externo com 40,5 por cento, enquanto tem uma grande vantagem sobre o segundo colocado Verlander (38,1 por cento).

Quando os Orioles adquiriram Wojciechowski em um pequeno comércio para os índios, parecia bem pequeno, um movimento profundo no máximo. Ele vinha lançando de forma útil, não muito bem, o ano todo com a afiliada Indians Triple-A como titular e parecia que já havia recebido sua cota de entradas abaixo da média da liga principal. Aos 30 anos, a intriga era pequena. Mas os Orioles precisavam de alguém para registrar entradas em sua rotação e ele se encaixava no perfil.

Considerando o que Wojciechowski fez em Triple-A (3,61 ERA, 5,82 FIP) e o que ele fez nas entradas anteriores da liga principal (carreira 6,02 ERA, 4,72 FIP), esperar qualquer produção positiva parecia que seria imprudente. Ainda assim, de alguma forma, olhando para suas quatro partidas na liga principal e 15 partidas na Triple-A, ele teve seus jogos mais impressionantes no nível superior. Olhando para suas quatro maiores porcentagens de golpes de balanço em uma largada, três deles foram com os Orioles nas majors.

Asher Wojciechowski SwStr% por início

Encontro Nível Equipe SwStr%
Encontro Nível Equipe SwStr%
2019-07-07 MLB-AL Baltimore Orioles 22.5%
2019-07-21 MLB-AL Baltimore Orioles 21.9%
2019-05-25 AAA-IL Columbus Clippers 17.6%
2019-07-16 MLB-AL Baltimore Orioles 14.7%
2019-04-20 AAA-IL Columbus Clippers 14.4%
2019-06-15 AAA-IL Columbus Clippers 12.5%
2019-05-19 AAA-IL Columbus Clippers 10.9%
2019-05-02 AAA-IL Columbus Clippers 10.8%
2019-04-25 AAA-IL Columbus Clippers 10.6%
2019-06-09 AAA-IL Columbus Clippers 10.6%
2019-05-30 AAA-IL Columbus Clippers 10.4%
2019-06-26 AAA-IL Columbus Clippers 10.3%
2019-05-14 AAA-IL Columbus Clippers 9.6%
2019-04-14 AAA-IL Columbus Clippers 9.4%
2019-06-21 AAA-IL Columbus Clippers 8.9%
2019-04-08 AAA-IL Columbus Clippers 8.8%
2019-07-02 MLB-AL Baltimore Orioles 8.3%
2019-06-04 AAA-IL Columbus Clippers 7.6%
2019-05-08 AAA-IL Columbus Clippers 4.1%
AAA com os índios, MLB com o Orioles Baseball-Reference

Ao contrário do pensamento lógico, a porcentagem de strikeout de Wojciechowski na verdade aumentou indo de Triple-A para majors. Embora se possa ver isso como sua porcentagem de eliminação aumentando, uma vez que ele também mudou de organização.

Olhando para o que mudou com Wojciechowski desde sua última passagem pela liga principal, uma mudança na distribuição do campo é a primeira coisa que chama a atenção, mas há alguma discordância sobre o que ele está realmente fazendo. Baseball Savant diz que está jogando seu controle deslizante e uma nova bola curva mais. A Brooks Baseball acha que começou a lançar um cortador. Pitch Info pensa que abandonou a mudança para um cortador.

Ao examinar os dados de velocidade e movimento, parece que há uma mistura de classificação de três vias entre seu controle deslizante, cortador e bola curva. Seu controle deslizante está se confundindo com seu cutter e curveball. Isso sinaliza uma mudança clara, é apenas mais difícil comparar o que ele está fazendo atualmente com o que fez no passado.

O arremesso que está impulsionando é seu slider / curveball dos anos oitenta (dependendo de para quem você perguntar). Essa bola quebrada pegajosa tem sido a força motriz por trás de suas eliminações. Baseball Savant, que o considera uma bola curva, tem o campo com uma taxa de strikeout impressionante de 50 por cento e um .175 xwOBA contra.

Este arremesso se move como um louco. Está nos primeiros cinco por cento da liga em ascensão vertical e nos primeiros 15 por cento em quebra horizontal. Usar este arremesso de alto movimento no final das contagens é o que está segurando o pico de strikeout.

O tempo dirá se Wojciechowski se desenvolverá em algo digno de nota, mas, novamente, esta não seria a primeira vez que vimos um lançador de jornada surgindo do nada e se transformando em um ativo. Com o novo front office da Orioles, era apenas uma questão de tempo até que víssemos acontecer com eles. Wojcipoderia ser o primeiro.

Patrick Brennan adora pesquisar arremessadores e jogadores da liga secundária com dados. Você pode encontrar trabalhos adicionais dele em Revisão da realeza e Relatório Royals Farm. Você também pode encontrá-lo no Twitter @paintingcorner.


Justus Sheffield está se apoiando nisso

[Nota do editor: dê as boas-vindas a Michael “Mikey” Ajeto ao site! Esperamos muito que haja beisebol para ele falar, porque ele é muito, muito bom nisso. Faça um seguimento para ele no Twitter (@mikeyajetoPL) e certifique-se de ficar atento ao episódio do podcast que o apresentará no final desta semana!]

Não foi há muito tempo que Justus Sheffield era uma perspectiva altamente elogiada. Após a temporada de 2018, o Baseball America classificou Sheffield como o 27º candidato no beisebol, e ele foi, é claro, o headliner no trade de James Paxton. Desde a troca, estou cada vez mais pessimista de que Sheffield acabará sendo um bom iniciante. E por um bom motivo! Ele teve dificuldades em Triple-A, foi transferido para Double-A e, em seguida, apresentou números instáveis ​​durante sua xícara de café da liga principal. Mais recentemente, porém, tenho vindo a conhecer Sheffield.

Na maior parte do tempo, estive em Sheffield no ano passado porque ele tem uma péssima bola rápida. Ele tem algumas outras falhas - ele historicamente teve problemas para comandá-lo - e então o pitch em si não é bom. Isso é o principal. Estamos limitados a uma amostra de 321 arremessos nas ligas principais em 2019, mas sua bola rápida retornou uma porcentagem anêmica de 4,4% de golpes de balanço. Dada sua velocidade média de 92,8 mph e taxa de rotação de 1.835 rpm, não há razão para pensar que deveria ser melhor.

Um gráfico de Jeff Zimmerman, detalhando a porcentagem de golpe de balanço com base no giro e na velocidade da bola rápida:

Muito legal de @jeffwzimmerman: SwStr% no FB, spin v velo. Para Ks, tudo alto é bom. https://t.co/AgRrLLl66W pic.twitter.com/crmT4Ajump

- Mike Petriello (@mike_petriello) 12 de setembro de 2016

Há muitas informações a serem coletadas aqui, mas usando a velocidade e a velocidade de rotação da bola rápida de Sheffield, o gráfico mostra que bolas rápidas como a de Sheffield apresentam uma porcentagem de golpe de balanço de 4,1%. Isso porque, apesar da velocidade viável da bola rápida, a bola rápida de Sheffield está no 0º (!) Percentil na taxa de giro e no quinto percentil na taxa de giro ativa (64,1%). Isso significa que não apenas sua bola rápida não gira bem, mas também, apenas uma porcentagem de 64,1% do giro de sua bola rápida contribui para o movimento. O resultado é uma bola rápida de boliche com afundamento que age mais como uma chumbada do que uma bola rápida de quatro costuras.

Devo notar que não é tudo mau. Talvez a coisa mais encorajadora sobre Sheffield seja sua porcentagem de bola no solo (52,3%), que é o 11º maior número na liga de arremessadores iniciais com 30 ou mais entradas. Isso não é um acidente. Isso é Porque de sua bola rápida, bem como sua mudança indutora de bola no chão. Portanto, por um lado, seus arremessos permitem que ele mantenha a bola no chão. Mas, por outro lado, a própria natureza das bolas rápidas que afundam é que elas são colocadas em jogo com mais frequência. Isso significa duas coisas: (a) menos strikeouts e (b) dependência de fatores fora do controle (por exemplo, fielding, park, weather).

Então, o que Sheffield fez? Ele fez o ajuste mais pragmático que poderia ter. Ele está se inclinando para isso.

Justus Sheffield estreou uma bola rápida de duas costuras que ele começou a lançar em bullpens que antecederam este passeio. Ele ficou satisfeito com o afundamento fácil e natural para o campo. É algo que ele planeja continuar usando para elogiar a bola rápida de quatro costuras.

- Ryan Divish (@RyanDivish) 8 de março de 2020

Teoricamente, Sheffield poderia ter tentado trabalhar na eficiência do giro de sua bola rápida, mas a lacuna é grande demais para ser fechada. Em vez disso, ele mudou seu eixo de bola rápida ainda mais com uma nova pegada e, portanto, devemos ver mais afundar e correr em sua bola rápida assim que tivermos acesso a seus números.

Aqui está ele no último domingo, jogando uma chumbada de 0-0 para Yolmer Sanchez:

Levado para uma greve, Sheffield volta com outra chumbada:

Em uma contagem de 0-2, isso faz com que Sheffield vá para a matança. Ele judiciosamente se afasta de sua chumbada e volta com uma oferta secundária:

Sanchez não é de forma alguma um campeão mundial. Na verdade, ele é um rebatedor muito pobre. Mas ele está ligeiramente acima da média por porcentagem de strikeout, porcentagem de swinging-strike e porcentagem de contato, então isso também não é nada. Em qualquer caso, Sheffield despacha Sanchez em apenas três arremessos, e foi a chumbada que armou tudo.

Novamente, é importante observar as mudanças sutis na abordagem. Ao longo do jogo, Murphy configura consistentemente sua chumbada na zona do lado da luva de Sheffield, enquanto ocasionalmente ajusta seu braço. Isso não é necessariamente uma grande mudança em relação ao que Sheffield fez no ano passado, mas, em geral, os quatro costureiros de Sheffield em 2019 geralmente acabavam no meio da zona. No domingo, ele salpicou os cantos inferiores da zona ao longo de seu passeio com chumbadas, que é exatamente o que queremos vê-lo fazer e o que ele deveria ter feito o tempo todo. Talvez tudo isso tenha a ver com sentimento por sua nova chumbada.

Se você me perguntar, esta é uma boa mudança. Right now, Sheffield is in fastball purgatory, in that his fastball sinks more than a typical four-seamer, but doesn’t get the arm-side movement or sink of a sinker. Really, there’s no reason not to do this if his fastball isn’t going to garner more whiffs. He didn’t strike anyone out with his sinker (although he did so with both his changeup and slider) but he did use it to set everything else up.

It comes with an added bonus, too. Sheffield throws his changeup with a two-seam grip, and so it stands to reason that his changeup would benefit from a stronger pitch tunnel with his sinker. He’s been in search of a changeup for about five or six years — he’s said so much himself — and it seems like he’s found one. He really leaned on it in his last few games in 2019. Given that it’s a pitch with a lot of drop, I think switching out the fastball for a sinker will prove to be symbiotic for both his sinker and changeup, and if Sunday was any indication, it sounds like his new sinker will be his main offering. That’s great news, especially considering that he plans to keep the four-seam around to throw at the top of the zone.

Here’s where he’s generally thrown his fastball over his career:

Lots of plate! Too much plate!

Here’s how his fastball has induced whiffs over his career:

It’s not amazing, and the sample is small, but it’s clear that if his fastball is going to play anywhere, it’ll be at the top of the zone rather than the bottom, even despite its lousy spin rate. With that in mind, Sheffield has transformed his approach. Instead of middle-middle fastballs, we should see him use sinkers at the bottom of the zone, four-seamers up in the zone, and then use his changeup and slider to draw whiffs. Before, he had three kinds of offerings, but now he has a collection of four pitches that he’s going to use to do different things, in different areas of the zone.

Now that Sheffield has a sinker, I think Patrick Corbin vaguely resembles the formula that Sheffield should be after. The bulk of what we’re looking at is Corbin has one of the best sliders in baseball, and he throws it a lot. In terms of starters, Sheffield ranks eighth in the league in slider swinging-strike percentage, and he throws it as much as Corbin. And now, he’s got a sinker and four-seamer, just like Corbin.

We can compare them by repertoire:

Sheffield vs. Corbin, pitch mix

FF% SI% SL% CH% CB%
FF% SI% SL% CH% CB%
47.80% --- 35.70% 16.30% ---
19.40% 34.30% 37.10% 5.70% 3.50%
(Sheffield, top. Corbin, bottom.) Source: Baseball Savant

Now, I wouldn’t necessarily call this a comp, per se, as there are enough dissimilarities that it’s not super clean. But Sheffield is a unique pitcher. What I’m mostly after here is Corbin’s repertoire, as I think Corbin serves as a precedent for what’s to come for Sheffield. Whenever Sheffield finally pitches in the regular season, I think there’s a strong possibility that Sheffield’s repertoire looks more like Corbin’s in 2019 than his own in 2019, just with more changeups and no curveballs. It’s a shame that Bundy hasn’t implemented his changes yet (i.e., switch out the four-seamer for a sinker and throw more secondaries), because I think he is perhaps the strongest comp for Sheffield. That might sound bad — he’s been pretty mediocre these past four years — but I’m quite fond of Bundy.

The command woes aren’t completely gone. He still missed his spots more than a few times — sometimes by inches, sometimes by feet (which is okay, all pitchers do), but he certainly seemed more locked in than he often did in 2019. It’s too early to make too many assumptions at this point, but it’s safe to say that Sheffield is moving in the right direction.

Little by little, Sheffield is addressing his blemishes. He already started leaning on his secondary pitches more toward the end of last year, and now he’s made the obvious tweak of switching out his sinking fastball for a sinker. I’m not convinced this solves all of his problems, but it solves uma problem — and a significant one, at that. Sheffield was misusing his last fastball, but now he has a new fastball that he’s using well. At least so far. This opens up the opportunity for a significant domino effect to take place. There’s a strong chance that, in leaning into the movement of his fastball, Sheffield has just accelerated his development.


April 8th - Large Hail Event

Severe thunderstorms developed along a cold front that dropped south across southeastern Iowa and northwest Illinois during the afternoon hours of Wednesday, April 8, 2020. Very large hail was reported with some of the severe storms.

The hardest hit areas were parts of southeast Iowa and west central Illinois where hail stones of golf ball to soft ball sized were reported.

Other areas that got storms saw copious amounts of small hail which covered the ground.

  • Storm Reports
  • Hail Photos
  • Radar
  • Ambiente

Denmark, IA
Courtesy: EMA
Denmark, IA
Courtesy: EMA

Interactive Radar Loop


PRELIMINARY LOCAL STORM REPORT. RESUMO
NATIONAL WEATHER SERVICE QUAD CITIES IA IL
755 PM CDT WED APR 8 2020

..TIME. . EVENT. . CITY LOCATION. . LAT.LON.
..DATE. . MAG. ..COUNTY LOCATION..ST.. . SOURCE.
..REMARKS..

0454 PM HAIL GALVA 41.17N 90.04W
04/08/2020 M1.00 INCH HENRY IL TRAINED SPOTTER

EMERGENCY MANAGEMENT AND TRAINED SPOTTERS
REPORTED HAIL THAT WAS BETWEEN PEA TO
QUARTER SIZED. ALSO REPORTED HALF INCH HAIL
ALONG HIGHWAY N300 NEAR 1500 E HIGHWAY.

0450 PM HAIL COLONA 41.49N 90.35W
04/08/2020 E0.25 INCH HENRY IL TRAINED SPOTTER

0449 PM HAIL MILLEDGEVILLE 41.97N 89.78W
04/08/2020 E0.25 INCH CARROLL IL TRAINED SPOTTER

0436 PM HAIL 1 WSW SHERRARD 41.31N 90.53W
04/08/2020 M0.25 INCH MERCER IL TRAINED SPOTTER

0435 PM HAIL 2 NNW CLINTON 41.87N 90.25W
04/08/2020 M0.50 INCH CLINTON IA TRAINED SPOTTER

LASTED FOR TEN MINUTES FROM 435 TO 445 PM.

0434 PM HAIL 2 SSE DAVENPORT 41.54N 90.59W
04/08/2020 E0.25 INCH SCOTT IA TRAINED SPOTTER

0432 PM HAIL 1 ENE BODEN 41.27N 90.57W
04/08/2020 M0.88 INCH MERCER IL PUBLIC

0425 PM HAIL AUGUSTA 40.23N 90.95W
04/08/2020 M1.00 INCH HANCOCK IL CO-OP OBSERVER

0415 PM TSTM WND GST 3 W ADAIR 40.42N 90.56W
04/08/2020 M64 MPH MCDONOUGH IL TRAINED SPOTTER

0415 PM HAIL 3 W ADAIR 40.42N 90.56W
04/08/2020 M1.00 INCH MCDONOUGH IL TRAINED SPOTTER

0415 PM HAIL 5 NNW ELIZA 41.36N 91.01W
04/08/2020 E0.50 INCH ROCK ISLAND IL TRAINED SPOTTER

PEA TO MARBLE. TIME ESTIMATED.

0412 PM HAIL 2 ENE BARDOLPH 40.51N 90.53W
04/08/2020 E1.00 INCH MCDONOUGH IL TRAINED SPOTTER

MULTIPLE REPORTS OF 1 INCH HAIL.

0411 PM HAIL GOOD HOPE 40.56N 90.68W
04/08/2020 U0.75 INCH MCDONOUGH IL PUBLIC

REPORT FROM MPING: DIME (0.75 IN.).

0410 PM HAIL 2 SSE MACOMB 40.44N 90.67W
04/08/2020 E1.75 INCH MCDONOUGH IL TRAINED SPOTTER

0409 PM HAIL COLCHESTER 40.43N 90.79W
04/08/2020 M1.50 INCH MCDONOUGH IL TRAINED SPOTTER

0405 PM HAIL 2 SW MACOMB 40.45N 90.71W
04/08/2020 M0.88 INCH MCDONOUGH IL TRAINED SPOTTER

NICKEL HAIL COVERING GROUND.

0400 PM HAIL 4 SE BLANDINSVILLE 40.51N 90.82W
04/08/2020 M0.75 INCH MCDONOUGH IL TRAINED SPOTTER

LASTED APPROX. 10 MIN. COVERED THE GROUND.

0359 PM HAIL 2 WNW LETTS 41.34N 91.27W
04/08/2020 E0.70 INCH MUSCATINE IA PUBLIC

0358 PM HAIL 3 SW BLANDINSVILLE 40.52N 90.89W
04/08/2020 U0.50 INCH MCDONOUGH IL PUBLIC

REPORT FROM MPING: HALF-INCH (0.50 IN.).

0357 PM HAIL CONESVILLE 41.38N 91.35W
04/08/2020 M0.75 INCH MUSCATINE IA PUBLIC

0355 PM HAIL MACOMB 40.47N 90.68W
04/08/2020 E1.25 INCH MCDONOUGH IL PUBLIC

0344 PM HAIL 2 SE CARMAN 40.71N 91.05W
04/08/2020 E1.00 INCH HENDERSON IL TRAINED SPOTTER

0338 PM HAIL SAINT PAUL 40.77N 91.51W
04/08/2020 E0.88 INCH LEE IA FIRE DEPT/RESCUE

0331 PM HAIL 1 ESE SHOKOKON 40.75N 91.04W
04/08/2020 M1.00 INCH HENDERSON IL TRAINED SPOTTER

DIME TO QUARTER SIZED HAIL OCCURRING NOW.

0328 PM HAIL 2 NNE NAUVOO 40.57N 91.38W
04/08/2020 M0.88 INCH HANCOCK IL TRAINED SPOTTER

NICKEL HAIL FOR 2 MINUTES BEGAN AROUND 328
PM.

0325 PM HAIL NAUVOO 40.55N 91.38W
04/08/2020 M0.75 INCH HANCOCK IL PUBLIC

0324 PM HAIL 1 E NAUVOO 40.55N 91.38W
04/08/2020 M0.75 INCH HANCOCK IL PUBLIC

0322 PM HAIL 1 W DENMARK 40.75N 91.35W
04/08/2020 E4.00 INCH LEE IA EMERGENCY MNGR

FIRE DEPARTMENT REPORTS SOFT BALL HAIL WEST
OF DENMARK, IA IN NORTHERN LEE COUNTY.

0315 PM HAIL 3 N WEST POINT 40.76N 91.45W
04/08/2020 E1.75 INCH LEE IA TRAINED SPOTTER

0307 PM HAIL LOWELL 40.82N 91.44W
04/08/2020 M1.75 INCH HENRY IA TRAINED SPOTTER

DIME TO THROUGH GOLF BALL SIZE HAIL.

0300 PM HAIL 1 S SALEM 40.83N 91.62W
04/08/2020 M1.75 INCH HENRY IA TRAINED SPOTTER

0257 PM HAIL 1 S SALEM 40.84N 91.62W
04/08/2020 M1.50 INCH HENRY IA LAW ENFORCEMENT

911 CENTER RELAYED A REPORT FROM LAW
ENFORCEMENT OF 1.50 INCH HAL.

0214 PM HAIL WINTHROP 42.47N 91.73W
04/08/2020 M0.25 INCH BUCHANAN IA EMERGENCY MNGR

0202 PM HAIL 1 N INDEPENDENCE 42.48N 91.89W
04/08/2020 M0.25 INCH BUCHANAN IA TRAINED SPOTTER


Hanser Alberto ෝ

In his final season with Baltimore, led the Orioles in multi-hit games (18), which included 14 in his first 30 contests. Appeared on his third Opening Day roster (2016, 2019, 2020) and made a team-high 48 starts at second base, four at third base and one as the DH. Batted .375 (24-for-64) with 15 runs scored in the seventh inning or later, which was the highest average in the American League and the second-most runs scored. Also ranked tied for fourth in the AL, with a .375 average (18-for-48) against left-handed pitching. ranked ninth in the league hitting .324 (35-for-108) in road contests. Slashed .318/.342/.437 (48-for-151) through his first 36 games, ranking fourth in the AL batting race through Sept. 6…however, hit just .206 (14-for-68) from Sept. 7 to the end of the season. Saw his season average dip below .300 after completion of the game on Sept. 13, snapping a 132-game stretch (June 7, 2019-Sept. 12, 2020) in which it was .300-or-above. Homered in consecutive games (July 30 vs. the Yankees July 31 vs. Tampa Bay) for the second time in his career, also turning the trick Aug. 20-21, 2019 vs. Kansas City. Matched a career-high with a 10-game hitting streak (Aug. 22-Sept. 6), batting .350 (14-for-40).

Finished the season ranked eighth in the AL and 16th in the majors in batting average was the 44th time in Orioles history (since 1954) in which a player finished the season with a .300 average-or-better, and first since 2008 (Nick Markakis and Aubrey Huff). Batted .398 (88-for-221) against left-handed pitching the most hits against lefties in the majors and the second-highest average (J.D. Martinez, BOS - .404) . His 88 hits against lefties were the most in a single-season in Orioles history. Marked the 17th time in Major League history (14th different player) in which a player recorded at least 88 hits against left-handed pitching the most in the majors since 1987 (Tony Gwynn - 90). Hit .345 (88-for-255) in 65 road games tied for the highest road average in the AL (Tim Anderson, CWS) and tied for the second-highest in the majors. His 11.00 plate appearances/strikeout (550 PA/50 K) led the majors. Became the first Oriole since Deivi Cruz in 2003, and only second since 1992, with at least 500 at-bats and 50 strikeouts-or-less the 18th such season in Orioles history (eighth different player). His 34.38 plate appearances/walk (550 PA/16 BB) was the third-highest in the majors his 16 walks ranked second-lowest among qualifiers. Made his first career pitching appearance on 4/7 vs. NYY (1.0 IP, 2 ER, H, HR, 2 BB, HB). Had the second-highest O-Swing% (47.6%) in the majors, was fourth in the majors in O-Contact% (78.7%), and his SwStr% was the lowest on the Orioles (7.9%), according to FanGraphs. Batted .309 (84-for-272) in 73 games prior to the All-Star Break, and hit .302 (76-for-252) in 66 games after the All-Star Break. Batted .354/.387/.576 (35-for-99) with 13 extra-base hits, four home runs, 19 runs, and 15 RBI in August (27 games) all four were monthly highs for the season. Hit .354/.379/.434 (35-for-99) with 11 multi-hit games in June (24 G) his 35 hits were tied for the fourth-most and his average ranked fifth-highest in the AL during the month. Made four total appearances (two starts) in the outfield, his first career appearance in the outfield (LF) on 4/20 vs. MIN and his first career start (RF) on 4/29 at CWS. Had a career-long 10-game hitting streak from 8/11-21 entered the season with a career-high hitting streak of six games. Set a career-high with five hits on 8/30 at KC (5-for-6, 2B, 2 R, 2 RBI). Hit his first career home run on 4/20 vs. MIN (G2) off of LHP Martin Pérez. Scored a career-high three runs three different times (5/20 vs. NYY, 8/12 at NYY, and 8/24 vs. TB) and drove in a career-high three runs three different times (8/12 at NYY, 8/20 vs. KC, and 8/21 vs. KC). Batted .343 (69-for-201) with no outs and .369 (58-for-157) when leading off an inning. Hit .400 (26-for-65) the third time facing the same pitcher in a game was the fifth-highest average in the majors (min. 65 at-bats). Batted .390 (23-for-59) in 17 games against NYY tied for the most hits against the Yankees by an opponent (J.D. Martinez, BOS) during the season and the fourth-highest average. Hit .339 (21-for-62) with 10 runs scored in 18 Interleague games.

Led Triple-A Round Rock in hitting (.330), ranked second in RBI (58), and fourth in hits (119). Finished fourth in the Pacific Coast League in hitting. A non-roster invitee to Texas Rangers Spring Training. Had his contract selected by the Rangers on 5/15 was optioned and recalled two other times during the season. Tied a career-high with three hits on 9/27 at SEA. Batted .398/.396/.583 (41-for-103) with six doubles, two triples, three home runs, 12 runs, and 27 RBI in 27 games in July for Round Rock.

Spent the entire season on the disabled list with right shoulder problems and had right rotator cuff debridement surgery on 6/19…the procedure was performed by Rangers Team Physician Dr. Keith Meister…only regular season action came in the form of 5 games on injury rehabilitation assignment at Frisco (6/1-4) and Round Rock (6/5-6)…also played in 11 spring training games, the last on 3/12 at CWS, before opening the year on the 10-day DL with right shoulder tightness…transferred to 60-day DL on 5/16 for duration of the season…reinstated from 60-day DL on 11/6 and was not tendered a major league contract offer prior to the deadline on 12/1, making him a free agent…re-signed to a minor league contract on 12/14.

Despite making his 1st career Opening Day roster, Alberto still saw less action with Texas than in his rookie 2015 campaign…saw three stints with Texas (Opening Day-6/3, 7/20-8/2, 9/2-end of season) and spent 2 1/2 months with Triple-A Round Rock…made 14 starts at SS (6), 3B (4), 2B (3), and 1B (1)…joined Jurickson Profar as the only Rangers to make starts at all 4 infield positions, including his 1st career action at 1st base…played just 2 games with Texas from June through August…lone extra-base hit was a double on 7/31 vs. KC, and had no multi-hit games…had game-tying single in 9th inning in last PA of season finale on 10/2 vs. TB, snapping 0-for-15 drought𔆀 of his 8 hits came with RISP…went 0-for-2 as a pinch-hitter.

Was not on the Rangers' roster for the 2016 ALDS, but saw action as replacement for injured third baseman Adrian Beltre in the 2015 ALDS against Toronto, going 2-for-10 in 3 games/2 starts…entered Game 1 after Beltre's exit and went 1-for-2…started at 3B in Games 2-3, with first postseason hit being tie-breaking 2-R, 2-out single off Liam Hendriks in 14th inning of Game 2…became just 2nd rookie in MLB history with GW RBI in 14th-or-later, joining HOU's Chris Burke (18th inning of ALDS G4 vs. ATL on 10/9/05)…doubled in Game 3 and did not play in Games 4-5 following Beltre's return.

Batted .222 (22-99) with 2 doubles, a triple, and 4 RBI in 41 games over 2 stints with the Rangers last season (5/28-7/4 and 8/19-end of season) in his first major league action…was 1-for-3 in 3 PA's as a pinch-hitter…club had 18-8 (.692) record in his 26 starts. Hit safely in 6 straight (5/29-6/4) and 7 of 1st 8 ML games at .344 (11-32), with Rangers going 7-1 in those contests…beginning 6/7, batted .164 (11-67) over final 33 games/18 starts with Texas to finish at .222…just 8 G after 9/1 (0-for-2 in 2 PA's), last start was 8/30 vs. BAL (2nd base)… his career-opening 6-game hit streak was longest for a Texas batter since Chris Davis in 2008 (6 G, 6/26-7/2/08)…became 5th Ranger in history to record hits and RBI in 1st 2 ML games, joining Roy Howell (1974), Chad Kreuter (1988), Rusty Greer (1994), and Fernando Tatis (1997).

Rated statistically as the best defender among Texas League shortstops with at least 50 games played. appeared at shortstop in 114 of 120 games played. posted career-best .979 fielding percentage, including a .980 mark at shortstop. combined to bat .273 (120-440) with 21 doubles, 4 triples, 7 home runs, and 58 RBI in 120 games with Myrtle Beach (A+) and Frisco (AA). hit .284 (101-356) vs. right-handed pitching and .226 (19-84) vs. southpaws. batted .349 (45-129) with RISP. returned to Myrtle Beach for the start of the campaign and was promoted back to Frisco on 7/4 after hitting .313 with 12 extra-base hits in June. compiled a career-best 13-game hit streak from May 25-June 14. was chosen as the Rangers Minor League Defender of the Month for July. batted .330 (30-91) over final 25 games.

WINTER BALL:
Batted .390 (30-77) with 7 doubles, a home run, 14 runs scored, 5 walks, and 5 stolen bases in 26 games with Cibao in the Dominican Winter League. saw action at second, shortstop, and third. played in 14 postseason games for the DWL Champion Gigantes and participated in the Caribbean Series.

Played in 129 games between Frisco and Myrtle Beach. combined to bat .223 (101-453) with 11 doubles, 4 triples, 4 home runs, and 47 RBI. hit .235 (85-361) against right-handers and .174 (16-92) versus southpaws. opened the season with Frisco and batted .288 (34-118) over his first 31 games. hit .176 (42-238) over next 69 contests and was transferred to Myrtle Beach on 8/1. batted .183 (11-60) with a double, 4 RBI, and 6 runs over 20 games with Cibao in the Dominican Winter League.

Split the campaign between Hickory (A) and Myrtle Beach. combined to bat .299 (157-525) with 28 doubles, 3 triples, 8 home runs, 72 RBI, and 24 stolen bases in 128 games. posted the 2nd-highest average among Texas prospects on full-season clubs and collected the 5th-most RBI. selected to the South Atlantic League All-Star Game. named the 12th-best prospect in the Carolina League by Baseball America. opened season with Hickory and posted the 2nd-highest first half average in the league at .339 (83-245). was the 2nd-youngest regular in the CL following a promotion to the Pelicans on June 22. batted .303 (37-122) over final 30 games with Myrtle Beach. hit .397 (25-63) with 2 doubles, 2 triples, and 7 RBI in 17 games with the Surprise Saguaros in the Arizona Fall League. posted the 3rd-highest batting average on the circuit.

Spent first season stateside with Spokane (SS). batted .301 (44-146) against right-handed pitching and .146 (6-41) versus southpaws.

Spent first professional season with DSL Rangers. claimed the Dominican Summer League batting title and was a mid-season All-Star. tallied 4 different hit streaks of 5-or-more games, including a season-high 6 games twice.


ORN Series 1, Vol. X: Report of Acting Master William B. Sheldon, U. S. S. Shokokon, May 28-June 23, 1864

[Report of Acting Master William B. Sheldon, U. S. Navy, commanding U. S. S. Shokokon, of cooperative engagements in Pamunkey River, June 21, 1864, including Summary of Shokokon‘s Movements from May 28 to June 23, 1864]

U. S. S. SHOKOKON,
Cumberland, Va., June 21, 1864.

Civilian Steamer Eliza Hancox was fired into by Confederate Cavalry on June 21, 1864, causing USS Shokokon to respond. (James Bard Painting)

Sir: I would respectfully submit the following report: This morning, 8:30 a.m., just after a thick fog had cleared away, the transport steamer Eliza Hancox passed up. When abreast of Cumberland Point, 1 mile above where this vessel was lying, she was fired on by a party of rebels, who were concealed on the bank of the river. I immediately opened fire with our forward battery, and slipped the chain, steamed up to the point where the fire proceeded from, the most of our shell exploding near and among them. They soon fell back under cover of the woods out of sight. Shelled the woods, but could not get any reply. Kept in the position near the point until 12 o’clock m. I learned from a man whom I called down to the beach that the enemy were a party of dismounted cavalry, numbering about 150 that they had fallen back toward New Kent Court-House. He reported that they had some wounded, but could not tell whether there were any killed. I also learned from him that they dismounted about a mile back and came down to the river during the fog. Nothing more has been seen or heard from them up to this, 6 p. m. Enclosed I will send report of ammunition expended.

Respectfully, your obedient servant,

W[illiam]. B. Sheldon,
Acting Master, Commanding.

Lieutenant-Commander Cha[rle]s. A. Babcock,
Senior Officer, Commanding U. S. S. Morse, White House, Va.

Expenditure of ammunition, U. S. S. Shokokon, June 21, 1864.

10-second 30-pound Parrott shell……………………………………………………………5

5-second 30-pound Parrott case shot……………………………………………………𔅽

Very respectfully, your obedient servant,

S[amuel]. P. Crafts,
Executive Officer.

U. S. S. Shokokon,
Off Yorktown, June 24, 1864.

Senhor. In obedience to orders from Acting Rear-Admiral S. P. Lee, May 28, 1864, to report to you at Yorktown, or wherever you might be, I reported to you at White House, May 31, 5 o’clock a. m. was ordered by you to proceed down the Pamunkey and take position off Cumberland, to protect the transports passing up and down. In compliance with your orders, I took position where I could command Cumberland Point and an old earthwork formerly held by the enemy, on the right bank of the river. Nothing occurred of note until the 6th of June, when a small force of the One hundred and seventy-ninth New York Volunteers came down to occupy the heights. I gave all assistance they required in landing and getting their stores ashore. Everything remained quiet until the morning of the 21st instant, when a party of about 150 rebel cavalry (dismounted) came down to Cumberland Point— during a thick fog—and fired from the bank of the river at one of the transports passing that point—details as per report of that day. On the evening of the 22d the force occupying the heights evacuated and passed down the river. I rendered them all assistance possible in getting on board the transport.

On the 23d instant, 2:45 p. m., was ordered by you to proceed down the river in company with the other gunboats, arriving off Yorktown at 11:15 p. m., June 23, 1864.

Respectfully, your obedient servant,

W[illiam]. B. Sheldon,
Acting Master, Commanding.

Lieutenant-Commander Cha[rle]s. A. Babcook,
Senior Officer, Commanding U. S. S. Morse, Off Yorktown, Va. 1


A dive into Luis Robert's September slump

After the White Sox victory over the Twins on August 31, Luis Robert was hitting .298/.348/.612, with a .398 wOBA and a 157 wRC+. In that 8-5 victory, Robert was 2-for-4, with a mammoth, 449-foot (111 mph exit velocity) home run to tie the game in the seventh and later, hit the go-ahead double in the ninth. 

To that point, Robert was tied for the third-highest fWAR in baseball (1.8). He was arguably the most valuable player on the team when considering his defensive performance in center field. 

Since then, Robert is hitting .103/.185/.155 with a .163 wOBA and a wRC+ of -4, contributing to a -0.2 fWAR. 

O que aconteceu? Did pitchers suddenly figure him out? Are pitchers attacking him differently? Is this just a three-week slump that virtually every major-leaguer runs into eventually? Should we be worried?

We know about Robert&aposs propensity to swing. There aren&apost many pitches that don&apost appeal to the phenom. His O-Swing% is almost 18% above average, his SwStr% is 14% above average and he is swinging at an astonishingly-high 60% of pitches. His SwStr% is the highest in baseball while his O-Swing% and overall Swing% trails only Baltimore&aposs Hanser Alberto and Oakland&aposs Stephen Piscotty. 

What mitigated this through August was the fact that Robert was still a 57% above-average hitter. His approach, as drastic as it was, was working. 

But here we go, right? It clearly was not sustainable, and Robert must be seeing the results of pitchers exposing tendencies that have seemingly gotten worse. 

Not so fast. Robert&aposs O-Swing% has remained constant, along with his Swing%, Z-Contact% and SwStr%. What&aposs most surprising is that he&aposs actually seen pitches in the zone 5% more, from 35% up to 40%. I previously theorized that pitchers would just stop throwing Robert any strike,s and let him get himself out chasing pitches. More pitches to hit for Robert seems ideal, and it should be. The problem is that he&aposs stopped hitting them. Robert isn&apost chasing more pitches, yet his K% is 5% higher in the month of September. 

In July and August, Robert had a 91 mph average exit velocity, with a 12.8 degree launch angle and .411 xwOBA. That&aposll play. 

What won&apost is what he&aposs done since — an 80 mph average exit velocity, with a 22.8 degree launch angle and a .210 xwOBA. The pitches are there he just not hitting them with the same authority. From just watching the games, we&aposve noticed that Robert has started fouling off a lot of hittable pitches — oftentimes in good counts, where he seems to be right on the pitch, but he&aposs just under it. The data backs this up.

When you isolate pitches that are in the heart of the plate, as defined by Baseball Savant&aposs "attack zones," Robert has the sixth-highest foul ball percentage in baseball this September, at 48.3% in these zones. Quase metade of the pitches that he has the best chance to do damage on are being fouled off. The only players with more foul balls per pitch in these zones are Omar Narvพz, Michael A. Taylor, Miguel Sanó, Austin Romine and Derek Dietrich. In July and August, Robert was only fouling off 32.1% of these pitches, which ranked 78th in baseball. 

What&aposs also important to note is Robert&aposs Whiff% on these pitches. In July and August, it was 24%. In September, it has actually derrubado to 21%. Combining these rates with foul ball rates, Robert&aposs total Whiff% plus foul ball rate was 56% though August 31 (ninth in baseball) and 69% since then (second in baseball to Taylor). 

A whiff is never good, but a foul ball can be good on a two-strike pitch, especially a good pitch, to extend the at-bat. But remember, these are pitches in the heart of the zone, pitches that Robert can&apost afford to miss given his approach. When these are missed, Robert finds himself in more two-strike counts where the odds are overwhelming that he won&apost see another pitch as good. This is how you strike out more without chasing more pitches. Robert&aposs򠅗 wRC+ was largely a product of mashing mistakes. When he&aposs not doing that, we see the hitter he&aposs been over the last three weeks — a hitter that&aposs 161% worse.

The question is, how can Robert just Pare hitting the pitches he was before? What gives with these foul balls? As I previously mentioned, he&aposs been under a lot of them. This can be seen in games with foul balls up and back towards the press box, but also on the balls he is putting in play. His IFFB% (infield fly ball) is up, from 6% to 35%. Think about that — more than a third of the balls he&aposs put in play have been pop-ups on the infield during this stretch.

If you have paid attention to key subjects of baseball analytics through the past three to five years, spin rate has a targeted metric for analytically-inclined teams. Without getting too much into the detail of it, what spin on a baseball does is help it fight against the forces of gravity that are pulling it down. A fastball with a higher rate of backspin is going to not drop as quickly as one with less spin. Therefore, it can trick the eyes and brains of hitters. A human set of eyes physically cannot track a 90+ mph pitch fully from release to contact point. It&aposs impossible. Luckily, our brains make predictions for us as the ball disappears — allowing hitters to hit. However, if the brain predicts where a typical pitch will end up, and the pitch has a higher spin rate, hitters are going to swing under it, resulting in a lot of whiffs, foul balls and pop-ups. The brain sends a signal to the rest of the body to position the hitter&aposs hands, hips, etc. at a certain point, only to be tricked by the physics of that particular pitch. It&aposs why a high spin rate is so desirable for a pitcher&aposs fastball. 

This relates to Robert&aposs slump because many of these pitches he is fouling off are higher-spin fastballs. In July and August, he had a 95 mph average exit velocity and a 15.2 degree launch angle against fastballs with a spin rate of 2300 rpms or higher. In September, he has an 81.4 mph average exit velocity and a 35.6 degree launch angle against these pitches he&aposs not staying on top of them, which is what he needs to do. Overall, Robert has a .219 xwOBA on fastballs in September, while in August, he was at .424. It&aposs virtually impossible to succeed without hitting hittable fastballs.

Here&aposs a good example from August. Robert was able to tattoo this pitch off of a really good pitcher in Brandon Woodruff. Even though it was an 0-2 mistake, it was still a 97 mph fastball with a 2398 rpm spin rate that was turned around at 106.1 mph.

Robert smash vs. Woodruff on August 4.

Here&aposs another a pitch up and out of the zone with two strikes, but Robert is able to get on top of it for a knock. This pitch had a 2329 rpm spin rate and was hit 104.9 mph, against another good pitcher in Aaron Civale.

Robert base hit vs. Civale on August 7.

Contrast these results with what we&aposve seen more recently: pop-ups and foul balls galore. Robert has one hit against a fastball with at least a 2300 rpm spin rate this month, and that was a broken-bat, infield single.


Assista o vídeo: Grand theft Auto 5 Tutorial How to get All Police cars on Single PlayerUpdated PS4 (Novembro 2021).