A história

A batalha de cavalaria em Gettysburg, 3 de julho, 15h30.


A batalha de cavalaria em Gettysburg, 3 de julho, 15h30.

Mapa mostrando a batalha de cavalaria em Gettysburg, 3 de julho, 15h30.

Mapa retirado de Batalhas e líderes da Guerra Civil: III: Retiro de Gettysburg, p.400

Gettysburg: A Última Invasão, Allen C. Guelzo. Um excelente relato da campanha de Gettysburg, ilustrado por uma esplêndida seleção de relatos de testemunhas oculares. Concentra-se nas ações de comandantes individuais, de Meade e Lee até comandantes de regimento, com foco nos comandantes do corpo e suas atividades e atitudes. Apoiado por muitos relatos de partes inferiores da cadeia de comando e de civis envolvidos no conflito. [leia a crítica completa]

Estrelas em seus cursos: Campanha de Gettysburg, Shelby Foote, 304 páginas. Bem pesquisado e escrito por um dos historiadores mais conhecidos da Guerra Civil, este trabalho é retirado de sua obra mais longa de três volumes sobre a guerra, mas não sofre com isso.

Retornar para: Batalha de Gettysburg - Coleção de Mapas de Gettysburg



Gettysburg - Campo de Cavalaria Leste - 3 de julho de 1863

Enquanto os combates de infantaria recomeçavam na manhã de 3 de julho, duas brigadas da cavalaria da União sob o comando do general David McMurtrie Gregg fizeram piquete na interseção das estradas de Hanover e Low Dutch, três milhas na retaguarda do exército da União. Uma terceira brigada da cavalaria de Michigan sob o general George Custer estava por perto e apoiou as tropas de Gregg. O controle de ambas as estradas seria essencial se o exército da União fosse forçado a se retirar de suas posições ao redor de Gettysburg.

O fogo de artilharia sinalizou a abertura de um ataque confederado seguido de combates desmontados na fazenda de John Rummell. Três brigadas de cavaleiros confederados comandados pelo general Jeb Stuart, que haviam chegado ao campo de batalha na noite anterior, lançaram uma série de cargas montadas, cada uma delas repelida por uma contra-carga dos federais. Depois de sofrer pesadas perdas, Stuart se retirou. A retaguarda da União estava segura.


Batalha de Gettysburg, dia 3: Planejamento de Pickett e carga rsquos

Lee então decidiu por um ataque frontal ao Union Center em Cemetery Ridge com cerca de 12.000 homens sob o comando do General Longstreet. Cerca de 160 peças de artilharia confederada suavizariam as defesas da União antes do avanço da infantaria. Então, uma vez que a infantaria avançou, eles teriam conservado munição suficiente para apoiar o ataque.

A barragem de artilharia confederada começou às 13h e seu objetivo principal era infligir danos à artilharia da União antes do avanço da infantaria. Após 30 minutos, a artilharia da União respondeu com fogo com cerca de 80 canhões. A maioria dos projéteis confederados ultrapassou seus alvos e não infligiu muitos danos às defesas da União.


1º Regimento de Cavalaria da Carolina do Norte

Empresa A, Jefferson, Ashe County
Empresa B, Rich Square, Condado de Northhampton
Empresa C, Mecklenburg Rangers, Charlotte, Condado de Mecklenburg
Empresa D, Watauga Rangers, Boone, Watauga County
Empresa E, Warrenton, Condado de Warrenton
Empresa F, Cabarrus Rangers, Concord Cabarrus County
Empresa G, Buncombe Rangers, Ashville, Condado de Buncombe
Empresa H, Goldsboro, Condado de Wayne

Sete dias antes de Richmond
Batalha de Sharpsburg (Antietam)

A Brigada Hampton & # 8217s chegou ao campo em 17 de setembro e tomou posição à esquerda do Comando Jackson & # 8217s, ocupando, com a Brigada Lee & # 8217s, uma linha que se estendia da esquerda da Infantaria Confederada até o Rio Potomac.

Batalha de Fredericksburg
Campanha Chancellorsville
Battle of Brandy Station (Fleetwood ou Beverly Ford)
Escaramuça em Fairfax Court House e Fairvax Station, Virgínia
Batalha de Gettysburg

O coronel Baker assumiu o comando da brigada quando o general Hampton foi ferido no combate no Campo de Cavalaria Leste. O tenente-coronel Gordon assumiu o regimento.

Do monumento à Brigada de Hampton & # 8217s no campo de batalha de Gettysburg:

2 de julho. Noivado à noite com o Corpo de Cavalaria da 3ª Divisão, perto de Hunterstown. A Legião de Cobb e # 8217 liderou o ataque e perdeu vários oficiais e homens mortos e feridos.

3 de julho. A Brigada chegou aqui por volta do meio-dia e lutou com os atiradores de elite do Sindicato. À tarde, a 1ª Carolina do Norte e Jeff Davis & # 8217 Legion avançando em apoio a Chambliss & # 8217 Brigade conduziram a cavalaria da União, mas encontraram sua reserva e estavam em uma posição crítica quando a Brigada foi em seu apoio e uma luta corpo a corpo se seguiu em qual Brig. O general Wade Hampton foi gravemente ferido. O conflito terminou com o fracasso dos Confederados em seu propósito de atacar a retaguarda do Exército da União


Campo de Cavalaria do Sul [editar | editar fonte]

Gettysburg South Cavalry Field

Na manhã de 3 de julho, o comandante do Corpo de Cavalaria da União, major-general Alfred Pleasonton, ordenou que duas de suas brigadas se dirigissem ao flanco esquerdo do exército da União. Ele ordenou ao Brig. Brigada reserva do general Wesley Merritt da divisão de Buford para mover-se para o norte de Emmitsburg para se juntar ao Brig. Divisão do general Judson Kilpatrick, movendo-se de Two Taverns no Baltimore Pike para a área a sudoeste de Round Top. A essa altura, a única brigada na divisão de Kilpatrick era a do Brig. Gen. Elon J. Farnsworth, a brigada de George Custer foi destacada para o serviço com David Gregg no East Cavalry Field. Não está claro o que Pleasonton esperava realizar. Não há registro de que tenha realizado qualquer reconhecimento nesta área. Especulou-se que o comandante do Exército do Potomac, George G. Meade, estava se preparando para um possível contra-ataque após a repulsão da Carga de Pickett, que ele havia antecipado desde a noite anterior. & # 9114 & # 93

Farnsworth alcançou a área aproximadamente às 13h00, mais ou menos no momento em que a massiva barragem de artilharia confederada começou na preparação para a carga de Pickett, e suas 1.925 tropas tomaram posição em uma linha ao sul da fazenda George Bushman. Da esquerda para a direita, os regimentos eram a 18ª Cavalaria da Pensilvânia, a 1ª Virgínia Ocidental e a 1ª Vermont. A Bateria E., 4ª Artilharia dos EUA, ocupou uma pequena colina rochosa na retaguarda e a 5ª cavalaria de Nova York foi colocada em uma ravina próxima para guardar a artilharia. Acompanhados por Kilpatrick, eles aguardaram a brigada de Merritt, que chegou por volta das 15 horas. e assumiu uma posição ocupando a estrada de Emmitsburg, à esquerda de Farnsworth. A essa altura, a porção de infantaria da carga de Pickett havia começado e Kilpatrick estava ansioso para colocar seus homens na luta. & # 9115 & # 93

Na linha Confederada a leste da Estrada Emmitsburg, apenas tropas de infantaria estavam envolvidas. As quatro brigadas da divisão de Hood, sob o comando do Brig. O general Evander M. Law ocupou a área de Round Top, através de Devil's Den, e de volta à estrada desde a batalha em 2 de julho. Inicialmente, Law tinha apenas a 1ª Infantaria do Texas (do Brig. Gen. Jerome B. Robertson's Texas Brigade) enfrentando Farnsworth ao sul, mas ele logo os reforçou com a 47ª Infantaria do Alabama, a 1ª Carolina do Sul e a artilharia. A oeste da estrada, de frente para Merritt, estava a brigada Brig da Geórgia. General George "Tige" Anderson. & # 9116 & # 93

O jovem Kilpatrick tinha pouca experiência em comandar cavalaria e demonstrou isso atacando posições de infantaria fortificadas de maneira fragmentada. A oeste da estrada, Merritt entrou primeiro, com seu sexto cavaleiro da Pensilvânia desmontado. Os georgianos de Anderson repeliram o ataque facilmente. Farnsworth o seguiria, mas ficou surpreso ao ouvir a ordem de Kilpatrick para um ataque de cavalaria montada. Os defensores confederados estavam posicionados atrás de uma cerca de pedra com trilhos de madeira empilhados bem acima dela, alta demais para cavalos pularem, o que exigiria que os atacantes desmontassem sob fogo e desmontassem a cerca. O terreno que levava a ele era irregular, terreno ondulado, com grandes pedras, cercas e bosques, tornando-o impróprio para um ataque de cavalaria. Os relatos divergem quanto aos detalhes da discussão entre Farnsworth e Kilpatrick, mas geralmente acredita-se que Kilpatrick ousou ou envergonhou Farnsworth a fazer a acusação que este sabia que seria suicida. Farnsworth supostamente disse: "General, se você ordenar a carga, eu irei liderá-la, mas você deve assumir a terrível responsabilidade." & # 9117 & # 93

A primeira no ataque foi a 1ª Cavalaria da Virgínia Ocidental, liderada pelo Coronel Nathaniel P. Richmond. Eles cavalgaram em grande confusão depois de receberem fogo pesado do 1º Texas, mas foram capazes de romper a parede. Seguiu-se uma luta corpo a corpo com sabres, rifles e até pedras, mas o ataque foi forçado a recuar. Dos 400 cavaleiros federais no ataque, houve 98 vítimas. A segunda onda veio da 18ª Pensilvânia, apoiada pelas empresas da 5ª Nova York, mas também foram repelidos sob pesado fogo de fuzil, com 20 baixas. & # 9118 & # 93

Foi finalmente a vez da 1ª Cavalaria de Vermont, cerca de 400 oficiais e homens, que Farnsworth dividiu em três batalhões de quatro companhias, cada uma sob o comando do Tenente Coronel Addison W. Preston, Major William Wells e Capitão Henry C. Parsons. O batalhão de Parsons liderou o ataque, ultrapassando os texanos e cavalgando para o norte, sob o sol ofuscante, em direção à fazenda John Slyder. Evander Law enviou três regimentos da Geórgia (9º, 11º e 59º) para dar apoio aos texanos e às baterias de artilharia. Um oficial de estado-maior que carregava a ordem encontrou o 4º Alabama, que também se juntou ao apoio. Um tenente do Alabama gritou "Cavalaria, rapazes, cavalaria! Isso não é uma luta, apenas uma brincadeira, dê a eles!" E os soldados de infantaria encontraram muitos alvos fáceis. & # 9119 & # 93

Todos os avanços dos três batalhões foram retrocedidos com grandes perdas. O grupo final, liderado por Wells e por Farnsworth, circulou de volta em direção ao Big Round Top, onde encontrou uma linha do 15º Alabama em sua frente. O grupo de Farnsworth havia diminuído para apenas 10 soldados enquanto avançavam e avançavam, tentando evitar o fogo assassino. Farnsworth caiu de seu cavalo, atingido no peito, abdômen e perna por cinco balas. Os relatos do pós-guerra de um soldado confederado que alegou que Farnsworth cometeu suicídio com sua pistola para evitar a captura foram descartados. O Major Wells recebeu a Medalha de Honra por seu heroísmo em conduzir o resto de seus homens de volta à segurança. O regimento de Vermont sofreu 65 baixas durante o ataque inútil. & # 9120 & # 93

As cargas de cavalaria mal pensadas e mal executadas de Kilpatrick são lembradas como um ponto baixo na história da Cavalaria dos EUA e marcaram as hostilidades significativas finais na Batalha de Gettysburg. Seis milhas (10 e # 160 km) a oeste de Gettysburg, um dos regimentos de Merritt, a 6ª Cavalaria dos EUA, foi derrotado naquela tarde em Fairfield pelo Brig. Gen. William E. "Grumble" Jones's "Laurel Brigade", uma ação não considerada uma parte formal da Batalha de Gettysburg, mas que teve um papel crítico na retirada do exército de Lee. & # 9121 & # 93

Todas as brigadas de cavalaria de Pleasonton foram exercidas pelo restante da Campanha de Gettysburg na perseguição sem brilho do exército de Lee através do Rio Potomac. & # 9122 & # 93


A batalha de cavalaria em Gettysburg, 3 de julho, 15h30. - História

Um verdadeiro cavaleiro em todos os sentidos da palavra, o General Stuart era um dos cavaleiros mais extravagantes de qualquer exército. Seguindo de perto seus batedores avançados, Stuart conduziu seus cavaleiros por estradas desconhecidas do condado e estradas agrícolas até que eles encontraram um bosque espesso na Fazenda Rummel. Ao sul de sua posição, o general Stuart avistou a artilharia da União sendo desmontada em uma pequena colina.

Além da artilharia, erguiam-se nuvens de poeira e Stuart rapidamente percebeu que havia sido localizado. Ordenando que sua artilharia avançasse, Stuart decidiu usar Rummel's Woods para proteger seus soldados até que pudesse determinar o tamanho da força em sua frente. Enquanto isso, ele implantou soldados desmontados na Fazenda Rummel para enfrentar os escaramuçadores da União já postados atrás das cercas.

Os batedores da União observaram as colunas de Stuart se posicionarem e se posicionarem nos campos ao redor dos edifícios Rummel. Brigue. As tropas do general David McMurtie Gregg foram postadas na estrada de Hanover até 13h. quando receberam ordem de marchar para um local ao sul de Gettysburg. Gregg estava retirando suas tropas quando os cavaleiros de Stuart chegaram. Gregg imediatamente revogou as ordens e implantou sua artilharia e desmontou soldados nos campos próximos à interseção da Hanover Road com a Low Dutch Road. Imediatamente, um fogo rápido se abriu entre os oponentes. Na esperança de aproveitar a vantagem da surpresa, o general Stuart ordenou que sua artilharia suprimisse o fogo das armas da União enquanto ele alinhava suas tropas para afastar as aparentemente fracas tropas da União. Mas a resposta da União foi extraordinariamente precisa e a artilharia do Norte começou a nocautear as tripulações dos canhões confederados, um por um.

Mapa do Campo de Cavalaria Leste e da Batalha de Gettysburg

Mapa do Campo de Cavalaria do Leste e da Batalha de Gettysburg. Aprimorado digitalmente por thomaslegion.net
Uma carga de cavalaria da União em Gettysburg

Carga da cavalaria da união em Gettysburg. Batalhas e líderes.

Monumento da Cavalaria Gregg em Gettysburg

Monumento da Cavalaria Gregg em Gettysburg. Gettysburg NMP.

Lutando a pé, os cavaleiros de ambos os lados duelaram nos campos da Fazenda Rummel sem nenhum dos lados ganhando vantagem. Ficando cada vez mais frustrado com suas tentativas de afastar os soldados da União, o general Stuart ordenou que seus soldados avançassem em um ataque montado. No entanto, cada aparição de seus confederados em campos abertos foi recebida com tiros de canhão e por uma contra-carga da União. Entre as tropas de Gregg a leste de Gettysburg naquela tarde estava a Brigada de Michigan comandada por um jovem oficial ousado chamado George Armstrong Custer. Custer foi um general de brigadeiro recém-nomeado de voluntários e Gettysburg foi sua primeira experiência no comando de tropas em batalha. Vestido com um novo uniforme desenhado pessoalmente, o jovem oficial impetuoso liderou seus soldados durante a luta e foi notável por estar na vanguarda das repetidas cargas da União sobre a Fazenda Rummel.

(Esquerda) Foto do monumento Gregg Cavalry Shaft. Foi aqui que a coluna de Stuart e a 1ª Cavalaria de Michigan colidiram violentamente em 3 de julho. Gettysburg NMP.

Com o tempo se esgotando e a munição acabando entre alguns de seus soldados, o general Stuart apostou que uma última carga usando a maior parte de sua força dominaria a linha da União e esperançosamente espalharia o que parecia ser uma encruzilhada mal protegida. Todas as suas brigadas cavalgaram para o campo na frente de Rummel Woods, seus sabres e carabinas brilhando à luz do sol nebulosa. Com o comando "Batalhões, avante!" os cavaleiros do sul seguiram em direção à posição da União fumegante. Quase imediatamente, a artilharia da União voltou suas armas contra as colunas concentradas, as explosões atingindo homens e animais. Vendo a coluna cinza vindo em sua direção, o General Custer cavalgou entusiasmado para a frente da 1ª Cavalaria de Michigan. Com o grito: "Vamos lá, seus Wolverines!", Ele esporeou seu cavalo diretamente para o ataque confederado e os cavaleiros da União o seguiram com sabres brilhando ao sol da tarde. Os soldados de Michigan se lançaram contra os soldados determinados de Stuart. Na confusão que se seguiu, os soldados atiraram, cortaram e esfaquearam uns aos outros à queima-roupa.

Mapa da Guerra Civil da Batalha de Gettysburg

Mapa do campo de batalha de Gettysburg, 1 a 3 de julho de 1863
Campo de batalha da cavalaria oriental

Batalha do Campo de Cavalaria Leste

(À direita) Foto das posições de artilharia de Stuart na Avenida Confederada em Rummel Woods. Gettysburg NMP.

De repente, uma força federal apareceu no flanco dos confederados. Um batalhão de soldados da União da 3ª Cavalaria da Pensilvânia, comandado pelo Capitão William E. Miller, escapou da cobertura de uma linha de árvores e avançou contra a retaguarda sul. Atacados por três lados e quase cercados, não havia mais nada para os sulistas fazerem a não ser recuar. Assistindo aos resultados sombrios do ataque de Rummel Woods, o General Stuart ordenou que sua cavalaria deixasse o campo para a agredida mas vitoriosa cavalaria da União. O maior líder de cavalaria do Sul finalmente encontrou seu rival.

Uma colisão de talento extraordinário

Gen. G. A. Custer

Generais de azul

Custer voltou ao exército regular após a guerra e reverteu para um posto mais baixo do que tinha como líder de voluntários. Ele foi enviado para os postos de fronteira no oeste, onde foi designado para comandar uma parte da 7ª Cavalaria dos Estados Unidos. Nas campanhas frequentemente brutais contra os índios das planícies, o tenente-coronel Custer encontrou um inimigo astuto e enganador que ele tinha dificuldade em entender e lutar. A controvérsia em torno das reivindicações sobre as Black Hills de Dakota do Sul e Montana causou uma revolta das nações em 1876 e uma força do Exército dos EUA, incluindo a 7ª Cavalaria, foi enviada em busca das tribos combinadas, resultando em uma série de batalhas campais. Em 25 de junho de 1876, Custer e a maioria dos homens que o seguiram foram mortos na Batalha de Little Big Horn em Montana. Os restos mortais do General Custer foram recuperados do campo de batalha para sepultamento em West Point.

JEB Stuart

Generais em Cinza

Campo de Cavalaria Leste

Campo de Cavalaria Leste, Batalha de Gettysburg

Campo de Cavalaria Leste, Batalha de Gettysburg

Campo de Cavalaria Leste, Batalha de Gettysburg

Campo de Cavalaria Leste

Campo de Cavalaria Leste, Batalha de Gettysburg

Leitura recomendada: Protecting the Flanks: The Battles for Brinkerhoff's Ridge e East Cavalry Field, Batalha de Gettysburg, 2-3 de julho de 1863 (Discovering Civil War America). Descrição: O premiado historiador Eric J. Wittenberg escreveu um estudo abrangente das ações críticas em Brinkerhoff's Ridge e East Cavalry Field, travadas em 2 e 3 de julho de 1863. Nessas ações, o Brig de Brig. A Segunda Divisão de Cavalaria do general David M. Gregg lutou duas ações prolongadas e importantes ao longo do flanco direito da União. A luta por Brinkerhoff's Ridge, embora relativamente pequena em números, impediu a lendária Stonewall Brigade de participar dos ataques confederados na Colina de Culp, talvez derrubando a balança na luta pela colina. Continua abaixo.

Wittenberg apresenta uma teoria nova e controversa de por que a cavalaria confederada do major-general JEB Stuart apareceu em Cress Ridge no East Cavalry Field na tarde de 3 de julho de 1863. Após uma longa e sangrenta luta desmontada, Brig. A Brigada de Cavalaria de Michigan do general George Armstrong Custer ajudou a repelir um ataque maciço montado por três brigadas de cavaleiros do Sul, protegendo o flanco direito da União e ajudando a garantir a vitória do Norte em Gettysburg. Wittenberg tece as histórias de soldados junto com uma compreensão apurada do terreno e apresenta uma história convincente que apresenta seis belos mapas de John C. Heiser e quarenta ilustrações. O livro também inclui um guia turístico de condução dos campos de batalha de Brinkerhoff's Ridge e East Cavalry Field, que inclui mais vinte fotografias de vistas modernas desses sites. Este livro é obrigatório para todos os fãs de Gettysburg e de cavalaria. Sobre o autor: Eric J. Wittenberg é natural do sudeste da Pensilvânia. Ele passou grande parte de sua vida adulta estudando operações de cavalaria na campanha de Gettysburg. Seu primeiro livro, "Gettysburg's Forgotten Cavalry Actions", ganhou o terceiro prêmio anual Bachelder-Coddington Literary Award como a melhor nova obra interpretando a Batalha de Gettysburg em 1998. Além disso, ele escreveu vários livros e artigos. Eric foi educado no Dickinson College e na University of Pittsburgh School of Law. Ele é advogado em prática privada. Eric, sua esposa Susan e seus três golden retrievers moram em Columbus, Ohio.


História dos EUA - Tópico de teste 3 de Gettysburg

O QUE DEU ERRADO:
21 DE JUNHO: Lee perdeu contato com Stuart. Lee dependia de Stuart para informá-lo quando o Exército do Norte começou a se mover, mas Stuart ficou preso atrás das linhas do norte (teve que ir quase para D.C. para contorná-las).

DE QUEM FALHA:
. Lee não se comprometeu. Stuart tomou uma má decisão.

Pettigrew disse a Heth e Hill que havia uma grande força federal lá, mas eles não acreditaram nele e decidiram pegar uma força maior e ir a Gettysburg na manhã seguinte para pegar os sapatos.

COMANDANTE:
Solomon & quotLong Sol & quot Meredeth (6'7 & quot de altura)

3:00 da tarde
Desafiando as ordens de Meade, Dan Sickles (Terceiro Corpo) moveu seus homens para fora do Cemitério Ridge e para o campo de trigo e pomar de pêssegos criando uma saliência.

POR QUE TOMAR SUCESSO:
Lee sentiu que Meade havia reforçado seus flancos e, portanto, a posição do sindicato seria fraca no centro.
Lee ordenou uma grande barragem de artilharia no centro sindical.
Isso seria seguido por uma carga completa de 15.000 homens (2 divisões da corporação de Hill e Picket de Longstreet), para quebrar as linhas sindicais na crista do cemitério. Longstreet comandaria o ataque.
A cavalaria de Stuart ajudaria no ataque e possivelmente operaria contra a retaguarda do exército sindical.

Picket, Trimble e Pettigrew - visam o & quotcopse de árvores & quot

1. As divisões de Pettigrew e Trimble foram aniquiladas na estrada de Emmetsburg.
2. A divisão de Piquete teve que realizar uma "curva fechada" sob fogo mortal.
3. Sua brigada de retaguarda (Armistead) chegou a & quotThe Angle & quot nas linhas da União.
Armistead colocou o chapéu na espada e avançou sobre o ângulo.

3:00 da tarde
A brigada de Armistead penetrou brevemente nas linhas sindicais, mas foi rechaçada.
Armistead é mortalmente ferido.
Todos os homens de Picket, Pettigrew e Trimble se retiram.

Na manhã de 4 de julho (o mesmo dia em que Vicksburg cai nas mãos do General Grant (N) Lee organizou a remoção dos feridos. Às 16h00 o trem de vagões de feridos de 17 milhas tinha partido (demorou 34 horas para passar um determinado ponto).
Ao cair da noite, o Sul começou a deixar Hill, seguido por Longstreet, seguido por Ewell (que só saiu do campo de batalha às 10h00 do dia 5 de julho).
A chuva impediu o Norte de seguir muito de perto.

Em 7 de julho, Lee alcançou o Potomac, mas ele estava inundado e ele não pôde cruzar, então ele construiu fortes fortificações.

Meade chegou, mas adiou o ataque até 14 de julho, que era tarde demais para Lee finalmente conseguir atravessar

NÚMERO TOTAL DE CASUALDADES
Mortos, feridos, desaparecidos - 51.000
Esta é uma estimativa porque registros realmente precisos são difíceis de obter.

Norte:
3.155 mortos
14.529 feridos (muitos dos quais morreriam em breve de seus ferimentos)
5.365 desaparecidos (e presumivelmente mortos)
23.049 no total

Sul
3.909 mortos
18.735 feridos (muitos dos quais morreriam em breve de seus ferimentos)
5.425 desaparecidos (e presumivelmente mortos)
28.063 no total


VOLUNTÁRIOS DA UNION WEST VIRGINIA

Visão geral: Organizado em dezembro de 1861. Anexado ao Distrito Ferroviário, West Virginia, a março de 1862. Distrito Ferroviário, Departamento de Montanha, a maio de 1862. Desmontado, Departamento de Montanha, a junho de 1862. 2ª Brigada, 2ª Divisão, 1o Corpo de Exército , Exército da Virgínia, a setembro de 1862 (Cos. "A" e "C"). Distrito de West Virginia, Departamento de Ohio e Departamento de West Virginia. Não atribuído, a março de 1864 (Regimento). Milroy's Command, Winchester, Va., 8th Army Corps, Middle Department, a fevereiro de 1863 (Cos. "D" e "E"). 2ª Brigada, 2ª Divisão, 8º Corpo de Exército, a junho de 1863 (Cos. "D" e "E"). 4ª Brigada Separada, 8º Corpo de Exército, a junho de 1864 (Cos. "F," "H" e "I"). 4ª Brigada Separada, Departamento de West Virginia, até dezembro de 1863 (Cos. "F," "H" e "I"). Bloody Run, Pa., Departamento de Susquehanna e Divisão de Scammon, Departamento de West Virginia, até julho de 1863 (Cos. "D" e "E"). Comando McReynolds, Martinsburg, W. Va., Dept. ou West Virginia, até dezembro de 1863 (Cos. "D" e "E"). 1ª Brigada, 3ª Divisão, West Virginia (1 Co.). 2ª Brigada, 4ª Divisão, West Virginia (3 Cos.). 3ª Brigada, 3ª Divisão, West Virginia (2 Cos.), A março de 1864. 3ª Brigada, 2ª Divisão de Cavalaria, West Virginia, a maio de 1864. 2ª Brigada, 2ª Divisão de Cavalaria, West Virginia, a novembro de 1864. 2ª Brigada, 2º Corpo de Cavalaria, Divisão Militar Média, a fevereiro de 1865. 3ª Brigada, 3ª Divisão, Corpo de Cavalaria, Exército do Potomac, a junho de 1865. Companhias "A" e "C" anexadas ao Quartel-General, 11º Corpo de Exército, Exército do Potomac, setembro de 1862 a dezembro de 1862. Quartel-General, Divisão da Grande Reserva, Exército do Potomac, a fevereiro de 1863. 3ª Brigada, Divisão de Cavalaria, 22º Corpo de Exército, a junho de 1863. 2ª Brigada, 1ª Divisão , Corpo de Cavalaria, Exército do Potomac, até novembro de 1863. Ordenado ao Departamento de West Virginia em novembro de 1863.

Serviço: Serviço no Distrito Ferroviário, Departamento de Montanha, até maio de 1862. Monterey, 12 de abril. Skirmish at Grass Lick, W. Va., 23 de abril. Franklin 5 de maio. Raid to Shaver River em 30 de maio (destacamento). Strasburg e Staunton Road 1 ° a 2 de junho. Harrisonburg 6 de junho. Cross Keys 8 de junho. Perto de Mt. Jackson 13 de junho. Campanha do Papa na Virgínia 16 de agosto a 2 de setembro. Groveton 29 de agosto. Bull Run 30 de agosto. Aldie 9 de outubro. Perto da estação de Bristoe 24 de outubro. Chester Gap 16 de novembro. 12 de dezembro. Wardensville, 22 e 25 de dezembro. Petersburg, W. Va., 3 de janeiro de 1863 (Destacamento). Williamsport, Md., 9 de fevereiro. Truce Fork, Mud River, W. Va., 20 de fevereiro. Winchester 19 de março. Reconhecimento em direção a Wardensville e Strasburg em 20 de abril. Fisher's Hill, Strasburg Road, 22 de abril. Lambert's Run em 22 de abril. Perto de Simpson's Creek, 30 de abril. Grove Church 4 de maio. Janelew 5 de maio (Co. "E"). Estrasburgo, 6 de maio. Operações sobre Front Royal, Road Ford e Buck's Ford, de 12 a 16 de maio. Estação Piedmont 16 de maio. Estação Brandy e Beverly Ford 9 de junho. Winchester 13-15 de junho (Cos. "D" e "E"). Upperville em 21 de junho. Batalha de Gettysburg, Pensilvânia, 1 a 3 de julho. Boonesborough, Md., 8 de julho. Benevola ou Beaver Creek. 9 de julho. Funkstown, 10 a 13 de julho. Williamsport, 14 de julho. Shanghai, W. Va., 16 de julho. Perto de Hedgesville e Martinsburg, de 18 a 19 de julho (Co. "C"). Hagerstown 29 de julho. Hancock 31 de julho. Kelly's Ford 31 de julho a 1 de agosto. Brandy Station 1 de agosto. Ataque de Averill através dos condados de Hardy, Pendleton, Highland, Greenbrier, Bath e Pocahontas, W. Va., 5-25 de agosto (Cos. " E, "" H "e" I "). Caso perto de Franklin 19 de agosto. Rio Jackson 25 de agosto. Williamsport, Md., 26 de agosto. Expedição a Leesburg 30 de agosto a 2 de setembro. Avance para o Rapldan de 13 a 17 de setembro (Cos. "A" e "C"). Culpeper Court House 13 de setembro (Cos. "A" e "C"). Fisher's Hill 21 de setembro. Campanha Bristoe de 9 a 22 de outubro (Cos. "A" e "C"). Morton's Ford 10 de outubro (Cos. "A" e "C"). Stevensburg e perto de Kelly's Ford 11 de outubro (Cos. "A" e "C"). Estação Brandy 11 de outubro (Cos. "A" e "C"). Estação Brandy e Fleetwood 12 de outubro (Cos. "A" e "C"). Auburn e Bristoe 14 de outubro (Cos. "A" e "C"). Oak Hill, 15 de outubro (Cos. "A" e "C"). Ataque de Averill contra Lewisburg e a Virginia & Tennessee Railroad de 1 a 17 de novembro (Cos. "E," "H" e "I"). Cackletown 4 de novembro (Cos. "E," "H" e "I"). Droop Mountain 6 de novembro (Cos. "E," "H" e "I"). Avance para a linha do Rappahannock de 7 a 8 de novembro (Cos. "A" e "C"). Perto de Little Boston, 24 de novembro (destacamento). Campanha Mine Run 26 de novembro a 2 de dezembro (Cos. "A" e "C"). Raid de Averill de New Creek a Salem e Virginia & Tennessee Railroad de 8 a 25 de dezembro (Cos. "E," "F" e "H"). Demonstração de Scammon no Vale Kanawha de 8 a 25 de dezembro (Destacamento). Near Wayne Court House, W. Va., 27 de janeiro de 1864 (Co. "G"). Próximo a Hurricane Bridge em 20 de fevereiro. Ataque de Averill na Virginia & Tennessee Railroad de 5 a 19 de maio. Grassy Lick, Cove Mountain, perto de Wytheville, 10 de maio. Wytheville 10 de maio. Hunter's Raid to Lynchburg 26 de maio a 1 de julho. Hamlin 29 de maio. Lexington 11 de junho. Perto de Buchanan, 13 de junho. Otter Creek, perto de Liberty, 16 de junho. Diamond Hill 17 de junho. Lynchburg, 17 a 18 de junho. Liberty 19 de junho. Buford's Gap 20 de junho. Montanhas Catawba e cerca de Salem. 21 de junho. Snicker's Ferry 17-18 de julho. Bunker Hill 19 de julho. Stephenson's Depot 21 de julho. Winchester 21-22 de julho. Newtown 22 de julho. Kernstown, Winchester, 24 de julho. Martinsburg 26 de julho. McConnellsburg, Pensilvânia, 30 de julho. Sheridan's Shenandoah Valley Campaign 7 de agosto a 28 de novembro. Perto de Moorefield 7 de agosto. Franklin 19 de agosto. Martinsburg 25 de agosto. Williamsport 26 de agosto. Big Springs 29 de agosto. Martinsburg 31 de agosto. Bunker Hill 2-3 de setembro. Martinsburg 4 de setembro. Stephenson's Depot 5 de setembro. Darkesville 10 de setembro. Bunker Hill 13 de setembro. Perto de Berryville 14 de setembro. Batalha de Winchester 19 de setembro. Fisher's Hill 22 de setembro. Monte Jackson 23-24 de setembro. Forest Hill ou Timberville 24 de setembro. Browns Gap e Mt. Sidney 26 de setembro. Weyer's Cave 26-27 de setembro. Charlestown 27 de setembro. Monte Jackson. 28 de setembro. Nínive. 12 de novembro. Rude's Hill. 20 de novembro. Perto de Monte Jackson. Liberty Mills, 22 de dezembro. Jack's Shop, perto de Gordonsville, 23 de dezembro. Expedição de Sheridan de Winchester 25 de fevereiro a 25 de março de 1865. Mt. Crawford 1 de março. Ocupação de Staunton 2 de março. Waynesboro 2 de março. Charlottesville 3 de março. Augusta Court House março 10. Haydensville 12 de março. Beaver Dam Station 15 de março. Campanha Appomattox 28 de março a 9 de abril. Dinwiddie Court House 29-31 de março. Five Forks 1 de abril. Igreja Namozine 3 de abril. Sailor's Creek 6 de abril. Estação de Appomattox 8 de abril. Tribunal de Appomattox 9 de abril. Rendição de Lee e seu exército. Expedição para Danville de 23 a 29 de abril. Março para Washington, D. C., maio. Grand Review 23 de maio. Reunido em 23 de junho de 1865.

Regimento perdido durante o serviço 6 oficiais e 40 homens alistados mortos e mortalmente feridos e 136 homens alistados por doença. Total 132. Soldados: Ver Soldados da Unidade de Batalha »


Retiro de Gettysburg: a cavalaria em destaque

A retirada de 10 dias do Exército da Virgínia do Norte, que começou em 4 de julho de 1863, é uma parte virtualmente esquecida da história de Gettysburg. Naturalmente, isso levou a uma pequena quantidade de pontos de interesse interpretados sobre sua história. A maioria dos locais fica em uma área do oeste de Maryland, principalmente associada à Batalha de Antietam e ações relacionadas. Além disso, a própria Batalha de Gettysburg tem tal fascínio para historiadores e entusiastas que ofusca significativamente o que aconteceu no período imediatamente posterior. No entanto, a retirada bem-sucedida do exército manco, mas ainda poderoso, de Lee para a Virgínia e o fracasso das forças do norte em destruir ou prender sua força levou a quase mais dois anos de guerra. Por isso, o retiro finalmente começa a receber a devida atenção.

Este é o terceiro de uma série de três partes "Em seus passos" sobre o papel da cavalaria da União e da Confederação durante a segunda invasão de Robert E. Lee ao Norte. A primeira parte (agosto de 2005) traçou pontos de interesse ligados às forças de cavalaria opostas enquanto cruzavam o rio Potomac e lutavam para chegar a Gettysburg. A segunda parte (julho de 2006) cobriu os combates de cavalaria que ocorreram durante a batalha de três dias, estendendo-se do confronto inicial em 1º de julho entre a cavalaria da União e a infantaria confederada aos confrontos significativos nos locais agora conhecidos como Cavalaria Leste e Sul Campos de batalha na tarde de 3 de julho.

Esta edição final irá narrar o importante papel que as cavalarias desempenharam na retirada de Lee e na perseguição federal, terminando com a resistência final do exército rebelde ao longo do Potomac em 14 de julho antes de voltar para a Virgínia.

Nosso passeio começa em Gettysburg e termina nas proximidades de Martinsburg, W. De lá, também se pode explorar os campos de batalha próximos em Maryland, West Virginia e no Vale Shenandoah da Virgínia ou simplesmente desfrutar da paisagem exuberante e dos abundantes recursos recreativos do sopé dos Apalaches. Um carro é necessário, uma vez que não há passeios regulares de ônibus traçando o retiro. A viagem leva cerca de um dia, dependendo da época do ano e do tempo dedicado às viagens paralelas. Because there are many opportunities for cycling side trips, some travelers may wish to bring along their bikes.

Take Pa. 116 west from Gettysburg to Fairfield. (The cavalry battle that took place here on July 3 is described in the August 2005 installment.) Continue south on Pa. 116 from Fairfield to Pa. 16, turn right and travel west for 3.1 miles. Veer right onto Old Waynesboro Road and into Fountain Dale.

On July 4, Lee’s wagon trains began moving west out of Gettysburg ahead of his troops, with heavy thunderstorms adding to the misery of the departing army. The hospital train, guarded by the cavalry of Brig. Gen. John D. Imboden, headed northwest toward Cashtown. The procession of the wounded was hounded by Colonel J. Irvin Gregg’s brigade from Brig. Gen. David McMurtrie Gregg’s 2nd Division and other Union cavalry units that had been scattered when Brig. Gen. Robert Milroy was driven from Harpers Ferry during the Second Battle of Winchester in mid-June. The Rebel supply trains, followed by a majority of the infantry and artillery, headed west through Fairfield.

Major General George Meade began formulating a plan to cut off the retreat by way of Middletown, Md. A small Federal force was also advancing east from West Virginia via Hancock, Md., but the Army of the Potomac’s cavalry was the principal instrument of pursuit.

The 3rd Division, under Brig. Gen. Judson Kilpatrick, was the first to engage the retreating Rebels. At Emmitsburg, Md., his two brigades were joined by Colonel Pennock Huey’s brigade from the 2nd Division, which had been guarding the cavalry train in Maryland during the Gettysburg battle. Late on July 4, Kilpatrick caught up with the train on the road to Monterey Pass, held by a single Napoleon and a few troopers of Company B, 1st Maryland Cavalry, under Captain George Emack.

The cavalry brigades of Brig. Gens. Beverly Holcombe Robertson and William “Grumble” Jones, which Lee had left in Maryland to guard the South Mountain passes, were sent to confront Kilpatrick however, only a few could get through because the long wagon train blocked the way.

The brigades of Brig. Gens. George Custer and the late Elon Farnsworth (now under Colonel Nathaniel Richmond’s command) dismounted and fought their way to the hilltop against stubborn resistance by Emack, Jones and the few troopers able to get through to help. Custer then led a mounted charge on the trains of Maj. Gen. Robert Rodes’ Division. The running battle during a downpour in the early morning hours of July 5 netted Kilpatrick about 250 quartermaster and ambulance wagons and nearly 1,400 prisoners, mostly teamsters and wounded troops.

Seasonal walking tours of the battle at Monterey Pass are available (see contact information at the end of the column), but the Commonwealth of Pennsylvania is developing a more detailed examination of the conflict as it attempts to get its Civil War Trails (CWT) program underway. Nearby Fountain Dale is where Custer’s 1st Michigan ventured north of the Emmitsburg–Waynesboro Turnpike—present-day Old Waynesboro Road—toward Fairfield and briefly clashed with Robertson’s 5th North Carolina near the present-day Fountain Dale firehouse. The advance up the mountain by Kilpatrick’s main force was contested by Emack’s small command along the turnpike, near the crest of the hill where the Holy Memorial Presbyterian Church is now located. Fighting occurred around Monterey House, a resort hotel that has been replaced by a modern one-story home on the southeast corner of Charmian Road and Monterey Lane. Five hundred yards to the west and set back on the south side of Charmian Road is the still-extant tollhouse that was used as a hospital after the battle.

A short distance on the right is the Lions Club’s Rolando Woods Park. Custer attacked the wagon train in this area. The sunken lane emerging from the wooded area near the park’s kitchen was the original road trace.

Reenter Pa. 16 just west of the park. From Monterey, continue west about six miles on Pa. 16 to the intersection with Midvale Road in Rouzerville. Turn left (south) on Midvale Road, which becomes Md. 418 upon crossing the Maryland state line. Kilpatrick burned some of the captured Rebel wagons in this area. Ringgold (formerly Ridgeville) is where he rested briefly before retiring to Smithsburg. Travel south from Ringgold on Md. 64 to reach the Raven Rock Road intersection.

In Smithsburg the Unionist townspeople fed and serenaded the hungry, tired troopers, preparing a barbeque with captured cattle. One trooper described that reception following hard fighting as “an oasis in the desert.” Kilpatrick, however, was wary that Stuart’s cavalry remained a threat. He posted lookouts and placed his three brigades facing east. Stuart’s force rode from Gettysburg via Emmitsburg through a little-used pass in South Mountain at Raven Rock. At about 5 p.m. on July 5, the Confederates advanced on Huey’s brigade, which was guarding the northernmost pass. The Rebel horse artillery unlimbered on high ground and began shelling the Federal positions, with shots also falling in Smithsburg.

Kilpatrick brought other units to Huey’s aid, but Stuart had Colonel John R. Chambliss’ brigade flank Huey to the north. Kilpatrick then withdrew his forces and the captured ambulances to Boonsboro, leaving Stuart in possession of the field and the town.

Md. 77 now runs through the mountain pass that Stuart’s cavalry used. East of Smithsburg along Raven Rock Road is where Kilpatrick’s troopers organized their defense. The Federal artillery was placed in what is now a housing development on E. Water Street. An orchard now sits on the ground east of Md. 66, which was occupied at the time by the Confederate horse artillery. The battle is described by Maryland CWT tablets a mile west of the center of Smithsburg on W. Water Street (Md. 66) in Veterans Park. Several homes in Smithsburg sustained damage when they were shelled by the Confederate guns. A brick home at 25 E. Water Street still displays a shell from that action. The Bell house, now the Smithsburg Branch Bank in the center of town, was used as a hospital during the engagement.

Proceed northwest on Md. 77 to Leitersburg. A Maryland CWT marker at 21600 Ringgold and Md. 418 north of Leitersburg describes a raid on the Confederate trains here by the 1st Vermont cavalry, sent just before dawn on July 5 to find the head of the Confederate column. The Vermont horsemen were led from Monterey Pass by a young civilian, C.H. Buhrman. The entire Confederate army passed Leitersburg on the road from Waynesboro to Hagerstown. On July 10, a force under Union Colonel John B. McIntosh skirmished with local Rebel militia near here.

From Leitersburg, drive southwest on Md. 60 to Hagerstown. Kilpatrick, upon arriving in nearby Boonsboro, received reports that a Confederate wagon train was moving to Hagerstown. At the same time, Brig. Gen. John Buford’s three brigades were marching on South Mountain from the east, headed for Williamsport. A detachment of cavalry from the VIII Corps had destroyed the Confederate pontoon bridge at Falling Waters, creating an opportunity to trap the retreating Rebels in front of the rising Potomac. The Confederate prisoners from Monterey Pass were sent to Frederick, and Kilpatrick advanced on Hagerstown via Funkstown. Upon learning of Buford’s approach, Kilpatrick rode back to Boonsboro to inform Buford of his plans. They decided to have each column continue to its objective, then try to join forces.

Stuart sent elements of two brigades to contest the Federal advance on Hagerstown while keeping the rest of his troopers to the east, hoping to flank Kilpatrick. Four regiments of Union cavalry, supported by artillery, kept Confederate Colonel Milton J. Ferguson’s men tied up while Richmond’s brigade advanced up Potomac Street, which the Rebels had barricaded.

In the van of the Federal cavalry was the 18th Pennsylvania and the adventurous Captain Ulric Dahlgren. He had made contact with Kilpatrick in Boonsboro after staging successful raids in Pennsylvania’s Cumberland Valley during the Battle of Gettysburg.

The fight in Hagerstown was a house-to-house street battle. Some citizens of the town’s divided population entered the fray. The Confederates continued to give ground until reinforced by Brig. Gen. Alfred Iverson, whom Lee sent ahead when he realized there was imminent danger to his wagon trains. The tide of the battle began to turn for the South with the arrival of Iverson, as well as Brig. Gen. Fitzhugh Lee’s cavalry, which tore into Huey’s brigade and then Custer’s, guarding Kilpatrick’s left flank west of Hagerstown. The timely arrival of these reinforcements forced both Kilpatrick and Buford, in front of Williamsport, to withdraw through Jones’ Crossroads.

At 6 N. Potomac Street is the Hagerstown/ Washington County Visitor Center, which has two CWT tablets on one of its walls describing the Hagerstown battle. The Confederate barricade was placed across Potomac Street just north of Baltimore Street. Half-a-block north is St. John’s Lutheran Church, a landmark structure during the battle. Washington County Hospital sits on the location of Hagerstown Female Seminary, where troopers from the 1st Vermont, 5th New York and Elder’s battery held off Colonel Ferguson’s force.

At the northeast corner of Potomac and Washington streets, a marker relates the story of the $20,000 ransom paid by city fathers to a contingent of Lt. Gen. Jubal Early’s invasion force on July 8, 1864. At Zion Reformed Church, N. Potomac and Church streets, also extant during the battle, a sign indicates the position to which the Rebel cavalry withdrew until reinforced by Iverson. Confederate troopers fired from behind headstones in the church cemetery before Iverson’s arrival.

Leave Hagerstown on U.S. 11 South and drive to Williamsport. At Halfway Boulevard on U.S. 11 was the old turnpike tollgate, where Lee headquartered later in the campaign and Fitzhugh Lee challenged Custer’s cavalry on July 6.

Buford’s all-day ride on July 6 brought his forces up the Williamsport–Boonsboro Road in front of Williamsport. By then General Imboden had arrived at the head of the hospital train coming down the Williamsport– Greencastle Road and assumed the defense of Williamsport from Jones, who had been separated from his command at Monterey Pass and was organizing wagon crossings by ferry over the rain-swollen Potomac.

Imboden had few effective troops but received the cooperation of wounded officers in the hospital train in organizing teamsters, wagoners and wounded soldiers into what was wryly designated “Company Q.” Buford placed Brig. Gen. Wesley Merritt on the right and Colonel William Gamble on the left, with Colonel Thomas Devin in reserve, and the engagement began with skirmishing around St. James College about 5 p.m. Imboden brought a number of artillery pieces into a line and presented an imposing defense.

The Federals advanced slowly. The 3rd Indiana veered off to the left and captured 27 forage wagons on Downsville Road. But that would be the extent of the Union success. As Gamble’s men fought on the Williams farm, Merritt’s position became untenable when he and Custer could not link up and Lee’s cavalry forced them back. Merritt, followed by Gamble, withdrew under Devin’s rear guard. Buford and Kilpatrick fell back to Jones’ Crossroads in a tangled mess.

The events in Williamsport are primarily interpreted at the C&O Canal National Historical Park Visitor Center. Maryland CWT markers are located near the center. Park rangers can provide information about walking the towpaths, riding on canal boats and other activities. When the Potomac began to subside on July 13, Lee had cavalry and some infantry ford the river here and to the north of the mouth of Conococheague Creek. Prior to the crossing, many wounded stayed in town buildings that had been turned into hospitals, such as the Taylor House Hotel, now a commercial building, and the German Lutheran Church. Most of the wagons waiting to cross were parked in the bottoms west of the canal, now part of the national park.

On U.S. 11 east of Williamsport, a Maryland historical marker describes the battle. It is in front of a Catholic church that replaced one on the same site during the battle. This is the point to which Merritt advanced before Fitzhugh Lee forced him back.

Leave Williamsport to the southeast via Md. 68. At the intersection of Md. 68 near the I-81 crossing was the Williams farm. The so-called Wagoner’s Fight is interpreted by a Maryland CWT display in the Redman facility parking lot (Md. 68 and Md. 632 near I-81).

About a mile east of this intersection is St. James College. The current structures are post–Civil War. Beyond that, at the intersection with Md. 65, is Jones’ Crossroads, where Federal cavalry gathered to reorganize after retreating from Williamsport. There are CWT markers in the parking lot of the store on the southwest corner of this intersection. A Maryland historical marker on the northwest corner of the intersection describes how on July 12 Union cavalry under Huey as well as infantry skirmished with entrenched Confederate cavalry.

Continue on Md. 68 to Boonsboro. On July 8 Lee sent Stuart forward to delay the Federals here as he and his engineers were directing the construction of fortifications on what would become the Williamsport line behind March Creek. As Federal infantry and artillery were beginning to cross South Mountain, Stuart attacked along the National Road, with Jones’ troopers opening the fight by midmorning. That evening Buford’s men, reinforced by Custer, pushed Stuart back across Beaver Creek. The action, however, bought Lee much-needed time.

A CWT tablet in front of Shafer Park, on Alt. U.S. 40 in Boonsboro, interprets the action here. Meade established a headquarters north of Boonsboro. A CWT marker at Devil’s Backbone Park, on Md. 68 north of Boonsboro, provides more information. The result of Meade’s council of war here on July 13 was a decision not to attack Lee’s fortified and formidable Williamsport line. Instead, well ahead of their supply base, the Union troops began to entrench.

Return to Alt. U.S. 40 and drive northwest to Funkstown. On the morning of July 10, following the repulse of Stuart at Boonsboro and Beaver Creek, Buford advanced his cavalry, joined later by a brigade of VI Corps infantry, to Funkstown. Stuart pressed two Georgia regiments from Longstreet’s corps into service to aid his cavalry troopers and horse artillery. Union cannons shelled the Confederate line, and shots fell on the town. By dark the Confederates withdrew into Funkstown after sustaining heavy casualties. The Federals, however, did not advance to disrupt the construction of Rebel fortifications west of Funkstown.

The CWT markers for the battle are in the Lions Club parking lot on Alt. U.S. 40, just north of the I-70 exit. Several buildings in town were used to treat Confederate wounded, including the German Reformed Church, the Chaney house (now an antique shop) and the Keller house, all on Baltimore Street. At the Keller home, Confederate Major H.D. McDaniels, later governor of Georgia, was treated for a serious abdominal wound.

From Funkstown take Oak Ridge Drive west to Md. 632, turn left and drive south to Downsville. Turn right on Natural Well Road to the intersection with Falling Waters Road. Turn left and follow this road to its end in the C&O NHP.

As his army was establishing the Williamsport defensive line, Lee also ordered the construction of a pontoon bridge. The bridge was assembled at Falling Waters, a bend in the river that marked a well-used crossing point before and during the war. On July 13, Lee had the remaining wagons, artillery and some infantry march down the C&O towpath to cross at Falling Waters. Other units followed a road from the direction of Downsville. Lee left a rear guard in place— the divisions of Maj. Gens. Heth and Pender, then commanded by Brig. Gens. James J. Pettigrew and James H. Lane, respectively.

Early on the morning of July 14, Kilpatrick reconnoitered Williamsport and observed the empty trenches and the last of the cavalry crossing the river. He rode along the river and found the rear guard’s position at Falling Waters. Custer wanted to dismount and advance cautiously, but Kilpatrick ordered a mounted charge by the 6th Michigan. In the opening melee, the much-admired General Pettigrew—whose substantial role in Pickett’s Charge on July 3 is often overlooked— was mortally wounded. More of Kilpatrick’s men, joined by Buford’s troopers, pressed the rear guard, but the Confederates stiffened, and the two Rebel divisions made it across the river.

The interpretive signs for Falling Waters are on the C&O Canal towpath and can be reached only by foot. The two divisions of the rear guard occupied the ground in the horseshoe bend of the river within the current national park. From this area, drive north on Falling Waters Road, then northwest on Md. 63 and Md. 68 to Williamsport. Cross the river on U.S. 11 South. About 11⁄2 miles south of where I-81 crosses U.S. 11 is a turnoff to the left for a narrow road called Encampment Avenue. Under the railroad bridge here a stream drops over a rocky ledge that gives Falling Waters its name. It is on the West Virginia side of the river, where Lee’s wagons and men came off the bridge and moved to the nearby Valley Turnpike.

Once Lee had succeeded in getting his army across the Potomac, Meade’s strategy also had to change. He ordered his infantry, artillery and some cavalry across the Potomac on pontoon bridges laid at Berlin, Md. (present-day Brunswick). A sign at the MARC railroad station in Brunswick describes the crossing and the town’s importance as a Federal logistics center. A section of the C&O Canal is also visible at this point.

On July 15 and 16, General Gregg’s three brigades crossed the Potomac at Harpers Ferry and engaged Confederate cavalry on the road to Charles Town and in Shepherdstown.

So how was Lee able to escape with nearly all of his army intact? The Federal pursuit was daunting, with cavalry dogging his every move under Buford, Kilpatrick and Custer. Ted Alexander, NPS historian at Antietam National Battlefield, has long studied Lee’s retreat route. Alexander attributes Lee’s getaway to Stuart’s excellent screening of Lee’s retreat, during which he sparred with Federal cavalry and kept most of Meade’s army at bay.

Originally published in the July 2007 issue of Civil War Times. Para se inscrever, clique aqui.


18th Pennsylvania Cavalry Regiment

The 18th Pennsylvania Cavalry Regiment lost 5 officers and 55 enlisted men killed or mortally wounded and 2 officers and 232 enlisted men to disease during the Civil War.

It is honored by a monument at Gettysburg. Do monumento: “Participated with the armies of the Potomac and Shenandoah in 51 battles, and out of a total enrollment of 2020, lost in killed, died, wounded and prisoners 668, of whom 131 died in the hands of the enemy while prisoners of war.”

Batalha de Gettysburg

The regiment was commanded at Gettysburg by Lieutenant Colonel William Penn Brinton.

The Regiment participated in the cavalry fights at Hanover June 30th and Hunterstown July 2d 1863. On July 3d occupied this position, and in the afternoon charged with the brigade upon the enemy’s infantry behind the stone wall to the north of this point on the outer edge of the woods. Present at Gettysburg 599 officers and men. Killed 2 men, wounded 4 men, captured or missing 8 men.

List of site sources >>>


Assista o vídeo: Hussardos Alados Poloneses na Batalha de Gniew leia a descrição (Janeiro 2022).