A história

Hitler, ou qualquer outro residente da URSS nos anos 30-40, sabia sobre os expurgos de Stalin?


Em Downfall, Hitler lamenta sobre como ele deveria ter expurgado os oficiais militares como Stalin fez, então minha pergunta é: as pessoas teriam realmente sabido sobre os expurgos de Stalin durante aquele tempo?


Claro. Não era muito segredo. Cerca de 85% das posições de topo das forças armadas soviéticas foram removidas; a escala por si só torna impossível esconder. Na verdade, saber que Stalin havia decapitado a espinha dorsal de seu próprio exército foi um dos fatores que motivaram a Alemanha nazista a invadir.

Mas não só [os Grandes Expurgos] causaram danos incalculáveis ​​à futura construção da força militar soviética; eles também incutiram em Hitler e seus conselheiros uma noção indelével da fraqueza do Exército Vermelho. Para Hitler, essa mesma fraqueza era um convite para atacar antes que uma poderosa máquina militar pudesse ser construída. Aos olhos de Hitler, então, os expurgos de Stalin deram a ele a chance. Ele achava que Stalin devia estar louco.

- Kershaw, Ian. Escolhas fatais: dez decisões que mudaram o mundo, 1940-1941. Penguin, 2007.


Sim, houve muitas provações. A extensão não era necessariamente conhecida, mas a remoção de muitos oficiais superiores era bem conhecida.

http://en.wikipedia.org/wiki/Moscow_Trials


Esta é uma pergunta muito boa. A resposta é sim. Todos que queriam saber, sabiam. (Isso inclui Hitler). Houve muitas pessoas que conseguiram escapar para o Ocidente, eles publicaram seus relatos. Havia muitas outras fontes: a União Soviética nunca foi fechada completamente.

Por outro lado, a enorme propaganda pró-soviética, apoiada por muitos intelectuais ocidentais de esquerda (alguns deles simplesmente subornados pelo regime soviético) influenciou fortemente a opinião pública. Como resultado, o "público em geral" não sabia muito. Os soviéticos usaram de assassinato e intimidação para silenciar aqueles que escreveram sobre o assunto no Ocidente.

A propósito, o mesmo acontece agora: a Rússia continua a manipular em grande medida a mídia do Ocidente. Refiro-me à agressão russa na Ucrânia, claro, mas não só isso. Todos que se importam sabem do assassinato de Litvinenko, que expôs o regime de Putin, por exemplo.

(Votar negativamente nesta resposta é outra prova do que escrevi, aliás).


  1. Sim, ele sabia, e quase qualquer pessoa que se importasse sabia - veja todas as respostas antes desta

  2. De muitas fontes, sabemos que a Alemanha realmente usou ativamente a paranóia de Stalin para "fornecer" algumas informações prejudiciais, alegando que alguns generais do Alto Comando da URSS (Tukhachevsky et al.) Conspiraram contra Stalin - portanto, "ajudando" Stalin a enfraquecer o exército soviético

  3. O lamento de Hitler é principalmente infantil e egoísta. Em primeiro lugar, uma das razões pelas quais Hitler se atreveu a invadir a URSS foi que ele próprio e seu comando militar consideraram as Forças Armadas soviéticas significativamente reduzidas em sua preparação e poder geral por esses expurgos. Em segundo lugar, o nível de resistência a Hitler em seu exército ainda era extremamente baixo, mesmo depois da tentativa de derrubada de 1944 e da deterioração da posição da Alemanha na Segunda Guerra Mundial na época. É bem sabido que vários de seus generais reclamaram de suas muitas decisões incompetentes em questões militares - mas ainda assim concordaram com eles, pois era quase impossível para eles desafiarem suas ordens. Portanto, seu "lamento" basicamente serviu apenas para sua necessidade de passar a culpa para outra pessoa.

No entanto, há algumas evidências para o seguinte

a) alguns generais alemães não foram grandes comandantes militares que falharam porque seguiram as "ordens estúpidas" de Hitler

b) alguns no Alto Comando da Alemanha perseguiram sua própria agenda, o que às vezes minou os planos de Hitler - mas o consenso geral diz que não parece ter desempenhado um papel importante na derrota da Alemanha

Fontes:

  1. Williamson Murray e Allan R. Millet, A War to Be Won: Fighting the Second World War, The Belknap Press of Harvard University, Cambridge, Massachusetts, 2000

  2. Geoffrey P. Megargee, Alto Comando de Hitler. University Press of Kansas, 2002

  3. Leopold Trepper, O grande jogo: memórias do espião Hitler não podiam silenciar. Нью-Йорк: McGraw-Hill, 1977


HISTÓRIA & # 039s Pessoas Esquecidas: Lavrentiy Beria

Lenin. Trotsky. Stalin. Khrushchev. Esses são os quatro nomes, altos e notórios, em que muitos de nós pensamos quando consideramos a União Soviética. Lenin, o polêmico revolucionário que forjou uma superpotência comunista. Trotsky, o eixo intelectual da revolução, que foi assassinado e se tornou um mártir da causa. Stalin, o tirano paranóico que aterrorizou seu próprio povo, mas ajudou a derrotar Hitler. Khrushchev, o impetuoso Guerreiro Frio que quase ajudou a inaugurar o fim do mundo durante a Crise dos Mísseis de Cuba.

Mas, à espreita nas sombras da história soviética, havia outro homem. Alguém que era quase tão assustador quanto o próprio Stalin, mas que poderia ter tornado o mundo um lugar melhor e mais seguro se tivesse chegado ao poder em vez de Khrushchev. Ele era Lavrentiy Beria, e sua liderança no universo paralelo da URSS é um dos grandes "e se" do século XX.


Alemanha e # x2019s. Agressão na Europa alimenta o medo da guerra

Em 15 de março de 1939, a Alemanha nazista invadiu a Tchecoslováquia, quebrando o acordo que havia assinado com a Grã-Bretanha e a França no ano anterior em Munique, Alemanha. A invasão sacudiu os líderes britânicos e franceses e os convenceu de que Adolf Hitler, o chanceler alemão, não era confiável para honrar seus acordos e provavelmente continuaria cometendo agressões até ser interrompido pela força ou por um impedimento maciço.

Você sabia? Hitler não gostou da fotografia tirada quando o Pacto de Não Agressão Germano-Soviético foi assinado no Kremlin porque mostrava Stalin com um cigarro na mão. Hitler sentiu que o cigarro não era adequado para a ocasião histórica e fez com que fosse apagado da foto quando foi publicado na Alemanha.

No ano anterior, Hitler anexou a Áustria e tomou a região Sudetenland da Tchecoslováquia em março de 1939, seus tanques rolaram para o resto da Tchecoslováquia. Parecia que ele estava determinado a desfazer a ordem internacional estabelecida pelo Tratado de Versalhes, o acordo de paz de 1919 que encerrou a Primeira Guerra Mundial (1914-18). (O tratado, que exigia que a Alemanha fizesse inúmeras concessões e reparações, era altamente impopular com Hitler e seu Partido Nazista.) Também parecia que Hitler planejava atacar em seguida contra sua vizinha Polônia. Para bloqueá-lo, a França e a Grã-Bretanha prometeram, em 31 de março de 1939, garantir a segurança e a independência da Polônia. Os britânicos e franceses também intensificaram o envolvimento diplomático com a União Soviética, tentando aproximá-la por meio de acordos comerciais e outros para fazer Hitler ver que também teria de enfrentar Joseph Stalin se invadisse a Polônia. Mas Hitler já sabia que os soviéticos não ficariam parados se ele tentasse ocupar a Polônia & # x2013 um ato que estenderia a fronteira da Alemanha até a União Soviética. Ele também sabia que a França e os soviéticos haviam concluído uma aliança de defesa vários anos antes & # x2013 um tratado que dava a Stalin uma razão adicional para lutar contra a Alemanha se ela se aventurasse na Polônia e desencadeasse a promessa da França.

Ficou claro durante a primavera e o verão tensos de 1939 que pouco, ou nada, poderia ser dado como certo. Em maio, a Alemanha e a Itália assinaram um importante tratado de aliança, e representantes de Hitler & # x2019s começaram a conduzir importantes negociações comerciais com os soviéticos. Apenas dois anos antes, no entanto, como Laurence Rees observa em & # x201CWar of the Century: When Hitler Fought Stalin, & # x201D Hitler havia chamado a União Soviética & # x201C o maior perigo para a cultura e civilização da humanidade que já a ameaçou desde o colapso do & # x2026 mundo antigo. & # x201D


Quem foi pior: Hitler ou Stalin?

Hitler matou pessoas por razões completamente diferentes. Ele queria aniquilar completamente todas as pessoas de quem não gostava. De 1941 a 1945, Hitler matou cerca de 25 milhões de pessoas simplesmente porque não gostava delas ou as considerava inferiores. Stalin matou pessoas porque estava paranóico sobre elas serem uma ameaça. Stalin matou entre 20 e 60 milhões de pessoas. Embora Stalin tenha matado mais pessoas do que Hitler, ele matou pessoas por motivos completamente diferentes.

Em minha opinião, Adolf Hitler era pior porque se odiava mais do que Joseph Stalin odiava Joseph Stalin.

Hitler nasceu mau, enquanto Stalin enlouqueceu com a morte de sua esposa (o que não é uma desculpa razoável, mas com certeza é melhor do que Hitler). Hitler era um porco racista e preconceituoso que odeia qualquer pessoa que não seja branca. Stalin matou especificamente por covardia. Hitler quebrou um pacto de não agressão que Stalin continuou a honrar. Todos os assassinatos e mortes sob a Alemanha nazista foram baseados no ódio irracional, enquanto as mortes e assassinatos russos soviéticos sob Stalin foram motivados por um medo insano.

Não se trata apenas do número de mortes que estiveram relacionadas a esses dois. A maneira como Hilter matou suas vítimas foi absolutamente cruel. Stalin enviou suas vítimas para os gulags onde foram executados ou morreram de fome e de todas as condições de vida horríveis, ou morreram de fome por causa de suas políticas estúpidas como a coletivização que só beneficiou a URSS como um país sem povo, porque para ele custou em humanos não era nada. Considerando que Hitler fez isso para matá-los, era quase como uma alegria, era como se eu parecesse feia para você me matar. também não é apenas a razão pela qual ele os matou, mas também as maneiras terríveis que ele usou para matá-los, Câmaras de Gás, realmente? como é a execução e a fome piores, eles obviamente são desumanos e misericordiosos e todos os outros sinônimos para essas palavras, exceto a forma como Hitler separou as famílias e as enviou para as câmaras de gás. Como você pode ser tão cruel mandando crianças, velhos, jovens e jovens, eu nem sei como descrever. Não sei como qualquer um deles pode ser considerado um de nós, humanos.

Ambos os ditadores tinham ambições globais, porém Hitler era uma ameaça maior para o mundo devido ao fato de que a única maneira de obter lebensraum para sua "raça superior" ele precisaria matar pessoas ao redor do mundo. Embora Stalin tenha uma contagem de corpos superior segundo muitos relatos, ele evitou que os alemães limpassem etnicamente mais pessoas em todo o mundo. Além disso, junto com isso, os movimentos étnicos forçados por Stalin após a Segunda Guerra Mundial impediram guerras étnicas na Europa nos últimos 70 anos.

Eu acho que Hitler é pior em comparação com Stalin porque Stalin matou todas aquelas pessoas porque ele estava paranóico que eles iriam matá-lo. sobrevivência do mais forte. Hitler era um homem inteligente e cheio de ódio por um tipo específico de pessoa, os judeus. Hitler estava ciente e sabia muito bem o que estava fazendo e não tinha outra razão além do fato de que os odiava. ele também meio que fez uma lavagem cerebral neles para que acreditassem que ele seria amado como Kim-jong-un. Stalin estava apenas doente e problemático, um pouco maluco.

Hitler é apenas maldoso e também Stalin, ambos são MALUZINHOS KRAPERS

Hitler era uma força verdadeiramente do mal, Stalin era apenas paranóico com tudo o que matou para salvar seu próprio traseiro. Adolf Hitler matou com um propósito, fazer um mundo melhor, uma Alemanha melhor

Que investigação complexa e desafiadora leva um verdadeiro historiador para responder. Mas no final das contas, o Führer Hitler era pior. Para não dizer que Stalin era muito melhor, ele era um terrível narcisista que está apodrecendo no inferno, mas Hitler é o epítome do mal. Adolf Hitler era deficiente mental. Seu racismo anti-semita foi baseado na discriminação preconceituosa contra a raça e religião israelitas. Ele praticamente assassinou qualquer um que não fosse da raça ariana. Seu regime era baseado no ódio e discriminação, enquanto o de Stalin era baseado no medo. Stalin matou o dobro de pessoas, mas o fez por medo e paranóia. Como Hitler, ele matou judeus, cidadãos LGBT, Testemunhas de Jeová, jornalistas e adversários políticos, mas, ao contrário de Hitler, ele não era necessariamente um racista total, ou pelo menos não no nível de Hitler. Principalmente, ele apenas matou antistalinistas e velhos inimigos políticos, junto com poucos judeus e gays. É quase um empate, mas no final, Hitler foi pior.

Hitler era muito melhor do que Stalin

Ele matou pessoas propositalmente por causa de deficiências ou religião, o que não é culpa delas ou às vezes escolha. No entanto, Stalin matou como forma de punição. Além disso, Hitler também destacou os mais fracos (crianças, idosos, mulheres grávidas) para serem gaseados na chegada ao campo de concentração.

Hitler foi de longe o pior dos dois

Hitler abusou da fé do Volk alemão e manipulou um país inteiro. Embora Stalin tenha matado mais, Hitler causou a segunda guerra mundial, a contagem de vítimas era de quase 60 milhões. Hitler quebrou promessas a seu próprio povo e seus militares, matou amigos e tirou os direitos das pessoas um por um. E, no entanto, o orgulho nacional era surpreendente. Ele os manipulou como nenhum outro. Um país inteiro.

Independentemente de quantas pessoas você acha que Stalin matou. Se Hitler não tivesse sido parado pela URSS, ele teria matado 25 vezes mais do que as estimativas mais altas do para o número de mortes causadas por Stalin.

Stalin era horrível, sem perguntas, mas manteve sua honra na aliança do holocausto. E ele tinha fome de poder, claro, mas o de Hitler era tão grande que o levou à morte. E você pode argumentar que Stalin matou mais pessoas, mas ele tinha mais pessoas, então isso fazia sentido. (Ainda assim horrível -----)

Vejo muitas pessoas comentando: "Oh, bem, Stalin matou muito mais pessoas!". Bem, pense nos anos em que ambos foram "ativos" em suas matanças. Enquanto Stalin esteve ativo por muito mais tempo do que Hitler. Se Hitler estava matando tanto quanto Stalin, você apostaria que ele mataria tantas pessoas ou mais do que Stalin. Somando todos os outros fatores, eu teria que decidir por Hitler como o pior líder.

Ambos eram ditadores loucos e paranóicos. Ambos mataram milhões, ambos dirigiam uma polícia secreta que aterrorizou sua população. Embora os Gulads devam ser lugares horríveis. Hitler e seus campos de extermínio parecem ter seguido um padrão que apenas os japoneses podem igualar (unidade 731). E ele foi o único que sistematicamente erradicou as pessoas com base puramente na raça, religião, sexualidade e capacidade física e mental. Adicione a ciência maluca feita pelos nazistas e a segunda guerra mundial. Hitler era muito pior do que Stalin.

Essas duas pessoas eram ditadores malucos, e acho que ambos eram tão ruins um quanto o outro, mas tudo se resumia a quem deixou um impacto maior. Claro, o que Stalin fez durou mais (com a URSS e tudo mais), mas Hitler simplesmente queria matar pessoas de quem não gostava, e da maneira mais brutal possível. Então, eu acho que Hitler deixou um impacto maior no mundo e, ao fazer isso, ele leva o bolo de pior líder

Ambos os ditadores eram loucos. Ambos fizeram coisas terríveis. Acho que Hitler estava pior porque torturava pessoas e fazia experiências terríveis e dolorosas com as vítimas. Stalin simplesmente executou seu povo.

Stalin pode ter matado mais pessoas, mas Hitler matou pessoas porque as considerava inferiores, enquanto Stalin estava simplesmente matando pessoas porque era paranóico

WOOO! Primeiro voto em Stalin por motivos legítimos!

Hitler tentou matar um grupo de pessoas, Stalin mataria qualquer um. Além disso, Stalin matou mais pessoas do que Hitler. A única razão pela qual as pessoas pensam que Hitler é pior é porque a Alemanha perdeu a segunda guerra mundial e por isso, quando ensinamos crianças, enfatizamos os horrores da Alemanha nazista, mas não da Rússia comunista.

Por mais que eu odeie dizer isso, Stalin foi pior. Hitler foi um vilão sádico que cometeu um dos piores genocídios que o mundo já viu, mas Stalin matou cerca de 20 a 40 milhões de pessoas durante seus 21 anos de regime. Hitler * apenas * matou cerca de 11 milhões. Lembre-se de que, no início da 2ª Guerra Mundial, a Alemanha nazista e a Rússia soviética eram amigas. Stalin caiu com toda a coisa do "Holocausto".

Stalin foi o líder mais monstruoso e amoral da história. Ele travou guerra contra seu próprio partido e povo por pura paranóia - a maioria de seu povo e aliados políticos estavam prontos para segui-lo onde quer que ele dirigisse, mas ele teve que matá-los de qualquer maneira, e suas famílias inteiras, crianças incluídas, para o caso de eles movido contra ele no futuro. Psicopata criminoso - definitivamente deveria ter sido baleado por alguém muito antes de conseguir tomar o poder. Também porque Stalin matou muito mais pessoas do que Hitler, além de algumas pessoas na Alemanha nazista apoiaram Hitler [embora equivocadas] e quiseram ganhar a guerra, enquanto Stalin escravizou seu povo e os matou por qualquer coisa que fizessem que o irritasse. Além disso, ele era odiado por seu próprio povo. Ele até exigiu que desertores se o exército vermelho na Segunda Guerra Mundial fossem fuzilados se eles recuassem. Ele é o líder mais cruel e maligno de todos os tempos.

Ele matou quatro vezes mais pessoas que Hitler.

Stalin deliberada e sistematicamente matou (como Hitler) 12 milhões de ucranianos no Holodomor, onde instruiu as tropas soviéticas a remover qualquer alimento do país. Em alguns lugares, as tropas até incendiaram a grama para que as pessoas não pudessem comê-la. Isso foi por ódio e para benefício político (como Hitler), mas ele matou o dobro de pessoas nisso. (Hitler matou 6 milhões de judeus e ciganos.) Não o Holocausto foi ruim, o Holodomor foi muito pior.

O plano de industrialização de Stalin era ambicioso e implacável. Assim como Stalin massacrou impiedosamente seus próprios generais. Hitler foi cruel, mas não tão cruel.

Eu nunca conheci Hitler, mas eu conheci Stalin, e ele é um idiota infantil que corre chorando toda vez que alguém chuta seu filho ** :)

Comparado a Joseph, Adolf era um pouco idiota. Stalin matou cerca de 40 milhões de pessoas enquanto Hitler matou cerca de 11 milhões. Stalin matou qualquer um e muitos de seu próprio povo, enquanto Hitler visava os judeus. Ah, e ouvi que Hitler também atacava gays.

Joseph Stalin porque ele literalmente matava pessoas apenas por diversão, não porque as odiava. Ele também enviou pessoas para morrer na Sibéria.

Hitler acreditava que tinha um bom motivo para matar pessoas e Stalin matava apenas por diversão! Hitler se matou quando percebeu que o jogo havia acabado, enquanto Stalin teve permissão para matar mais de 20 milhões de pessoas por cerca de 20-30 anos! Além disso, Hitler matou apenas um certo tipo de pessoa, enquanto Stalin apenas matou quem ele quis. Stalin foi um homem que matou pelo poder, por ex. ele mandou Trotsky matar Lenin e então Trotsky foi morto também apenas para que Stalin pudesse ter todo o poder!

Hitler matou 11 milhões de judeus. Stalin matou de 20 a 40 milhões de seus próprios cidadãos. De qualquer maneira, você corta, caras legais não, mas Stalin era pior. Além disso, Stalin meio que ajudou a criar Hitler, pois lhe deu o poder de iniciar a Segunda Guerra Mundial.

Por causa da taxa de estupros após a queda de Berlim. Stalin foi pior do que Hitler


Causa da fome russa Golodomor dos anos 1930 e # 039?

Concordo com Vid, Stalin e os soviéticos estavam bem cientes da guerra que se aproximava. Na verdade, eles estavam planejando isso. Só não planejei lutar ao receber o fim. Havia uma velha ideia bolchevique de que a melhor maneira de a revolução comunista mundial incitar entre as massas é a grande guerra. Originalmente, eles pensaram que a Primeira Guerra Mundial é A GUERRA. É por isso que Lenin e Trocky assinaram a paz com a Alemanha. em péssimos termos para os russos, basicamente esperando que os "capitalistas" se despedaçassem. Mas depois que as revoltas comunistas foram reprimidas na Hungria e na Alemanha e não se materializaram em nenhum outro lugar, os bolcheviques começaram a planejar outra guerra.

Toda a diplomacia e manobras anteriores à Segunda Guerra Mundial eram para deixar Hitler solto na oposição. A Grã-Bretanha e a França esperavam pelo alemão & quotdrang nach osten & quot, enquanto Stalin esperava pela repetição da Primeira Guerra Mundial (capitalistas para hackear uns aos outros), desta vez preparado para apoiar a revolução com tanques soviéticos. Os EUA ganharam em todos os casos posição pronta para financiar a Europa na guerra à apresentação. Todos aqueles acordos de Munique, pactos Molotov-Ribentrop e acordos navais anglo-alemães eram apenas isso. Manobrando antes da guerra.

Acontece que Hitler não era tão idiota quanto todos esperavam e amavam.

Quando os soviéticos vestiram partes da Polônia, Estados Bálticos, Besarábia e outros territórios, não foi para criar uma zona-tampão. Pelo contrário, o objetivo era criar uma fronteira comum com a Alemanha. Afinal, esses estados eram zonas-tampão perfeitas por conta própria e, se os bolcheviques quisessem, eles apoiariam sua independência. Eles fizeram o oposto, desmontaram completamente a zona tampão. A única explicação é que eles estavam se preparando para a guerra. mas não defensivo. Hitler entendeu isso muito bem.

Arras

Ah, e esses expurgos não tiveram nada a ver com planejamento de guerra. Era um jogo de poder normal dentro do sistema soviético. Stalin se livrando de rivais em potencial. Esses expurgos aconteciam periodicamente, atingindo diferentes partes do sistema. O Exército Vermelho era uma organização muito poderosa dentro do sistema, perdendo apenas para os serviços de segurança e o politbiro. E, como tal, era olhado com certa suspeita.

E no final aqueles expurgos não foram tão ruins. Abrindo caminho para a liderança para muitos comandantes jovens e talentosos, como Zukov. É claro que eles precisavam de algum tempo (e milhões de baixas) para lidar bem com o comando, mas depois que o fizeram, provavelmente foram os melhores oficiais do mundo. Você pode meio que compará-lo com a Revolução Francesa.

Cachorro preto

Sim, é claro que a classe de oficiais, especialmente os mais graduados, eram, como todos os exércitos, compostos de tipos aristocráticos. Russos brancos, na opinião de Stalin. Ele claramente desconfiava deles por padrão.

Barbarossa ficou registrado na história como o maior erro de Hitler, mas isso não é verdade. O exército alemão chegou a 18 milhas de Moscou e avançou a uma velocidade incrível. Até a ordem de suspensão de Hitler fazia algum sentido, embora eu esteja mais inclinado a concordar com Halder e outros que queriam continuar em Moscou. Foi uma coisa muito próxima, de fato, e uma chance perdida.

Arras

Bem, mesmo que os alemães capturassem Moscou, o resultado seria o mesmo. Os soviéticos não se renderiam se Moscou fosse capturada. Nesse sentido, a estratégia de Hitler para o Sul, capturando campos de petróleo e fábricas foi muito mais sensata.

Os alemães perderam a guerra quando alienaram a população eslava local. Na Ucrânia, na Bielorusia e na própria Grande Rússia. Assim que as pessoas compreenderam que Hitler e os alemães eram muito piores e perigosas do que Stalin e os soviéticos, elas finalmente deram todo o seu apoio à resistência. Isso é o que eles chamam de Grande Guerra Patriótica. Você tem que entender que Stalin e os soviéticos não gostavam muito do patriotismo. O comunismo era uma ideologia internacionalista, totalmente alheio a qualquer forma de patriotismo e nacionalismo. Estava em plena guerra, quando as coisas pareciam realmente desesperadoras para os soviéticos, quando eles começaram a apelar para o patriotismo russo. Foi esse patriotismo, nos campos de batalha e nas fábricas, que derrotou a Wehrmacht.

É claro que todo líder gostaria de ter zonas-tampão, mas eu não sabia de nenhuma ação específica de Stalin antes de 1933 para obter zonas-tampão. Você pode, por favor, nomear suas ações para obter zonas-tampão para a URSS antes de 1933?

Lembre-se de que ele fez isso em 1936-1939 (pico durante 37-38). Naquela época, ele provavelmente acreditava que a guerra era inevitável, mas não nos próximos 5 anos. Quem não acreditou nisso naquela época? West o fez, até mesmo alguns generais de Hitler planejaram a guerra apenas para 1942. Portanto, ele queria se livrar da "quinta coluna", ou mesmo de qualquer pessoa que pudesse chegar a ser a quinta coluna. Vou perguntar o contrário: por que o grande terror cessou em 1939 e só foi retomado após o fim da 2ª Guerra Mundial, se Stalin se sentia tão seguro? Sabemos (desde a era pós-guerra) que Stalin ainda tinha inimigos imaginários suficientes.

Você não pode dizer que naquele 1941 ele não acreditava que Hitler iria (em algum momento, ou em alguns anos) atacar. Ele estava bem ciente disso. Sua infeliz decisão foi que ele não queria provocar os alemães em ações, e ele acreditava demais em suas esperanças, então, depois de várias vezes ignorar informações falsas sobre o ataque alemão iminente em 1941, ele também ignorou uma verdadeira em julho. Quando ele finalmente foi mais / menos persuadido, era tarde demais (apenas algumas horas antes da invasão), e mesmo durante o primeiro dia de invasão ele não tinha certeza se não era apenas uma provocação. Era simplesmente inacreditável para ele.

Eu diria que sim. Esse foi o preço por direcionar Hitler para o oeste em 1939 e por atrasar Barbarossa. E o relacionamento (AFAIK incluindo o relacionamento com o mercado) com a Alemanha piorava gradualmente.

Cachorro preto

Eu só disse que ele procurado uma zona de amortecimento maior, não que ele realmente tenha procurado obtê-la! Como você disse, que líder não gostaria de ter um? E embora ele próprio fosse georgiano, Stalin era um defensor da Pan-Rússia e certamente via os Estados não russos (Lituânia, Letônia, etc.) como um tampão também?

Sim, ele não estava sozinho em pensar nisso. Mas basta ler o Mein Kampf para ver que Hitler atacou o oeste para remover sua ameaça: o leste era seu verdadeiro objetivo. No entanto, parece que Stalin não leu Mein Kampf! A história mostra que, para Hitler, a guerra ocidental foi um espetáculo à parte, uma ação necessária para ganhar a segurança do espetáculo principal: o ataque à União Soviética. Além disso, sugiro que mesmo que Stalin tivesse 5 anos para reconstruir seu corpo de oficiais, eles ainda seriam inexperientes, o Exército Vermelho, portanto, mal equipado (na época do início de Barbarossa) e mal conduzido. Como os soviéticos descobriram contra a Finlândia, não há substituto para bons líderes e homens bem treinados. Do jeito que estava, quando veio a invasão, qualquer outro país estaria acabado, se tivesse perdido tantos homens quanto a URSS. Como você diz, demorou tempo de guerra experiência para desenvolver homens como Chuikov e Zukov.

Muitos oficiais soviéticos etc. também foram "tratados" durante a guerra, embora não na escala do Grande Terror. Stalin geralmente adiava (não perdoava) a punição para depois da guerra: veja como ele tentou afastar Zukov. Sim, você está certo: a paranóia de Stalin nunca foi embora, mas você pode imaginar quantos homens ele pensava que eram pró-alemães / contra-revolucionários etc.

Arras

Bem, embora seja verdade que Stalin propôs acordos à Grã-Bretanha e à França antes de assinar com Hitler e foi recusado, não acho que tal diplomacia fosse tão honesta. Ainda acho que foram apenas jogos para obter a melhor posição possível no início da guerra. Eu diria que Stalin estava com medo de ver o apoio que Hitler obteve no oeste (excluindo os franceses). Ele provavelmente viu potências ocidentais jogando Hitler para o Oriente. A minha impressão é que se tratava de um jogo de 3 jogadores principais. A lógica desse jogo é que o lado que entrar em conflito por último geralmente vencerá. O que estava claro era que Hitler é o tolo de iniciar o conflito, a questão era qual dos dois restantes será o segundo engajado. Acontece que era West. Mas, pouco antes da guerra, as coisas provavelmente pareciam diferentes. Nenhum dos acordos propostos ou assinados pretendia ser cumprido. Um lado só esperava enganar o outro.

Observe que os territórios que os alemães receberam do oeste foram todos para o leste (se não contarmos a remilitarização da Renânia). Stalin deve ter visto Hitler vindo em sua direção. Não é de surpreender que ele não tenha ficado satisfeito.

Black Dog: Parece que concordamos. Eu apenas argumentei que a enorme repressão aos militares principalmente em 1937-38 não pode servir como evidência para a alegação de que Stalin em 1941 acreditava que Hitler manteria o pacto de 1939.

Claro que era "apenas jogos para obter a melhor posição possível no início da guerra". Para toda a diplomacia, os países ocidentais não eram diferentes. Mas de que maneira você quer dizer que era & quotnão honesto & quot? Você acha que se o oeste entrasse em guerra com a Alemanha, a URSS não entraria e perderia todos os ganhos possíveis por ser uma vitoriosa na guerra? Ou você quis dizer "não é honesto" como em "Stalin realmente não gostava dos democratas ocidentais mais do que gostava de Hitler"? O último realmente não conta.

Sim, eu concordo. E Stalin estava certo nessa visão (mesmo que essa não fosse a intenção das democracias ocidentais, era o resultado de suas ações).

No entanto, ainda não posso concordar com sua afirmação de que & quotToda a diplomacia e manobra [de Stalin] antes da Segunda Guerra Mundial foi para deixar Hitler solto na oposição.& quot. Sua diplomacia era, acima de tudo, impedir Hitler o mais rápido possível. Só depois que o oeste se recusou a seguir esse caminho, ele decidiu virar Hitler para o oeste, como uma espécie de último recurso.

Arras

Não é honesto, pois, em minha opinião, não foi feito para impedir Hitler, apenas impedi-lo de ir para o leste.

Então provavelmente não chegaremos a um acordo sobre isso, pois, em minha opinião, os soviéticos estavam ansiosos pela guerra. Afinal, eles ajudaram Hitler a rearmar e treinar seu exército (várias escolas de tanques e centros de pesquisa da Wehrmacht na Rússia, comércio de matéria-prima). O que eu acho que eles queriam era a repetição da Primeira Guerra Mundial. A Alemanha travando uma guerra custosa no oeste e uma vez que os combatentes ocidentais enfraquecerem uns aos outros, os soviéticos darão um passo no apoio à revolução e "libertar" as massas da opressão capitalista. Seu objetivo, desde Lênin, era a Revolução da Palavra e a guerra era apenas um instrumento para que tal revolução começasse. Você pode rastrear essa linha de pensamento até Marx. Quando os bolcheviques assumiram o controle da Rússia, a princípio pensaram que estava apenas começando e que as revoluções incitariam em outros lugares da Europa, após a guerra. Eles esperavam especialmente por uma revolução na Alemanha. No entanto, as revoluções comunistas foram reprimidas no resto da Europa e a Revolução Mundial não se materializou. O que eles concluíram foi que a Revolução Mundial precisa de ajuda da próxima vez, as massas trabalhadoras não podem sobreviver sozinhas. Eles precisam de apoio de algumas divisões blindadas. Quanto mais, melhor. E é isso que eu acho que os soviéticos estavam fazendo entre as guerras, construindo enormes forças armadas comunistas - o Exército Vermelho pronto para a próxima oportunidade de levar a revolução na Europa até a vitória. Mas eles primeiro precisaram de guerra, guerra entre capitalistas. Isso é o que quero dizer com Stalin tentando libertar Hitler da oposição - Reino Unido e França. É claro que a Grã-Bretanha e a França estavam agindo exatamente o oposto em seus próprios interesses.

A propósito, acho que a recreação da Alemanha foi principalmente um projeto Anglosaxon. Isso é anglo-americano. Os franceses estavam realmente assustados com a perspectiva de uma Alemanha forte novamente. A princípio, eles fizeram de tudo para evitar algo assim, mas uma vez que ficou claro que eles falharam, eles se tornaram Aliados - uma espécie de aliados por necessidade. Não havia outra opção apenas para ficar do lado do jato britânico novamente no final. Do ponto de vista da Grã-Bretanha, tratava-se da boa e velha política de "dividir e conquistar" para evitar que qualquer potência continental se tornasse dominante. Eles certamente não desejavam que a França se tornasse dominante e viram Stalin assomando no horizonte.

Então eu penso em Hitler como uma espécie de animal de estimação favorito de todos os lados. Cada lado o cria para seus próprios objetivos. Animal de estimação que saiu do controle no final e assustou seus vários mestres. Assustou-os tanto que finalmente se forçaram a se aliar e dividir a Europa igualmente após a guerra.


Hitler, ou qualquer outro residente da URSS nos anos 30-40, sabia sobre os expurgos de Stalin? - História

1. A maioria? sim. No entanto, um terço dos alemães não votou em Hitler durante a Grande Depressão? Se for assim, então ainda é uma quantia muito grande (embora, é claro, vale a pena notar que teria sido bastante difícil de acreditar no que teria ocorrido nos próximos 15 anos no início da década de 1930).

2. If you are talking about ethnic Poles here, then I will need to do some research on this. That said, it is worth noting that unlike the Nazis, the Soviets did not appear to have any plans to implement Lebensraum in Poland.

3. In the USSR? sim. However, I don't think that Jews were ever a majority of the Politburo (or whatever it is called). Heck, even the first Politburo was majority non-Jewish. As for Jews making up a disproportionate (relative to their share of the total population) percentage of Communists in the USSR, Yes, Tsarist anti-Jewish repression probably had a lot to do with it.

However, it is also worth noting that many Jews, especially outside of the USSR, rejected Communism and were actually staunch patriots of their home countries--for instance, many Jews volunteered to fight for Germany (and sometimes got killed fighting for Germany) during World War I.

4. You mean German society? Yeah, I suppose you might be right, if you exclude all of the genocidal maniacs and genocide supporters in Germany, that is.

5. I am not sure that the Nazis would have managed Eastern Europe better. In fact, their policies of genocide, ethnic cleansing, and Lebensraum might have actually made Eastern Europe much worse off than Soviet Communist policies actually did.

6. Western German society after WWII? sim. nazista German society? Heck No!

7. Ended what? (Sorry, I am too lazy to check this.)

And No, I don't think that Europe would have been better off had the Nazis won WWII.

8. Why exactly is a declining percentage of Whites and large numbers of Jews and/or other ethnic and/or racial minorities bad things, though? Honestly, I don't see a problem with increasing diversity at all.

Re: 5: What genocide would have continued? Eastern Europeans are white and the Nazis were pro-white, so who would they have to genocide?


Was Hitler's fear that USSR was poised to attack in 1941 valid ?

Much has been written that Hitler feared an attack by Stalin in 1941 or 42, and this was part of his rational that the Nazi's attack first to spoil this pending attack. But in my reading of the subject of WW-II, I have seldom seen any credible evidence of a planned Soviet attack on Germany. Has any serious evidence surfaced of Soviet attack plans on Nazi Germany ?

The Molotov-Ribbentrop Pact was highly beneficial for both parties. Germany stood to gain much more, or so it seemed, from Maintaining the non-aggression pact than from breaking it. However, Nazi racial ideology dictated that Germans were superior to Slavs and that they were subhuman, it was only right that Germans should have that land.

Most importantly, it seems that Hitler invaded pursue the idea of "großraumwirtschaft" (large-scale economy) which was a continent-wide, centrally planned economy revolving around an industrialized center (Germany and Czechoslovakia, mainly) which was fed by an agrarian periphery, namely Ukraine and the Soviet Union. Germany would have continental colonies, not overseas colonies. This seems to be the primary motivating factor for the invasion, not that he thought Stalin was going to attack soon. Stalin had a breakdown for a couple days when he learned of Hitler's invasion, there seems to not have been a plan in place which would have been executed anytime close to 1941 for a soviet invasion of Germany. The great purges eliminated a vast number of soviet military officers, indicating that Stalin did not have the idea of invading Germany in his mind at least in 1937-1938, why kill off your most senior officers if you're preparing an invasion?

Timothy Snyder more eloquently articulates the "continental colonies" argument in "Bloodlands," a must-read for anyone interested in Eastern Europe in the 20th century.

Chad Bryant elaborates on the idea of "großraumwirtschaft" in German foreign policy in "Prague in Black," but that is not the main focus of the piece, admittedly.


Why is Hitler seen as more evil than Stalin?

Stalin killed more people. A lot more people. And yet Hitler is the one who became infamous for being a genocidal monster. My assumption is that Hitler's infamy stems from his focus on eugenics and the fact that his legacy still lives on today (you're more likely to find a neo-nazi in 2017 than a neo-stalinist). But anyway Iɽ like to hear your thoughts on this.

A few reasons (Just to be clear, I am NOT defending a man who killed millions. Just answering the question.):

Hitler kept more detailed records of his genocide so we have a good idea of how many people he killed. Stalin didn't keep records so we only have rough estimates and it is only fairly recently historians have decided that he killed more people.

Stalin assisted the allies in defeating Hitler in WWII. We might not have defeated the Nazis without the Soviet Unions support.

Hitler targeted specific groups such as Jews, homosexuals, gypsies, racial minorities, communists and the mentally disabled. Stalin killed regardless of race or religion so yay for equality!

After defeating the Nazis we saw the concentration camps. No Americans ever saw a Soviet concentration camp with their own eyes as far as I know.

We fought Hitler in WWII while we never entered a war with significant loss of live against Stalin and the Soviet Union.

Perhaps because Hitler intentionally dehumanised the victims of the holocaust and it can be seen as entirely malevolent in some cases as there was no gain. In the case of Stalin it poderia be seen as a mean to good ends, though the extent is certainly a limitation on that.

When I was younger I had heard that it was because Hitler only killed certain people where as Stalin just killed people in general.

And to add a quote to your very good remark : "There is yet a difference between a philosophy whose logic is monstrous and another who can be interpreted monstrously" Raymond Aron

Good ends to mass murder and extermination?

Because a lot of the deaths with Stalin were the result of neglect, or bad policies, not intentional acts. Stalin had a lot of people killed, but most of the people whose deaths are attributed to Stalin died of famine (caused by his policies) or disease. So, his killing, though horrific, was indirect.

On the other hand, Hitler took an active role in the deaths of 10 million people. His middle managers held meetings to discuss the best way of exterminating the Jews and the Roma, going over the various techniques, and coming up with gassing as being the most efficient method. In the middle of a war, Hitler devoted resources and manpower to his project of extermination of the Jews.

So, Stalin enacted policies that he knew would probably kill lots of people (and did), but didn't care if they did or did not. Hitler enacted policies designed specifically to kill lots of people, which resulted in the Holocaust. In legal parlance, Hitler was guilty of willful genocide, whereas Stalin (in most cases) was guilty of depraved indifference to human life.

Now, this isn't to defend Stalin. He was a horrible, awful, disgusting human being. And he did willfully kill lots of people in his purges. It's just that Hitler was worse. Honest to God, the more you learn about the Holocaust, the worse it gets.


He killed for his own fun and satisfaction. Nothing less. At first it was just to get rid of the people and types of people he didn't like but that resolved to just killing for fun. Once he got the Jews he put them to work,killed, or did experiments on them.

Hitler's motive was on specific races unlike Stalin and if he would've had won he would've had killed all the slavs and everybody else that wasn't german. Thus Hitler was much worse than Stalin. Also, new research has shown that stalin didn't kill as many as it was thought before. This means that Hitler deliberatly killed more than Stalin


Reader Interactions

Comments ( 4 )

Stalin's top ranks were eliminated during his purges, leaving his army weak. They could not even defeat the Finns. In my view Stalin would have never attempted such a move.

I can think of several reasons for Stalin NOT do consider attacking Germany for a long time:

USSR had huge benefits from the Ribbentrop-Molotov pact. Lots of territory-Baltic states, eastern Poland, lots of much needed goods.
Weakness of soviet military. Stalins purges wiped out many of the best of the officers.
Very hard to motivate the Red Army with it's many nationalities for an agressive war.
Busy with building up infrastructure in the vast, undeveloped areas in Ursal/Siberia
Threat from Japan. Japan was very active in Manchuria, there was major clashes between USSR and Japan, even if war was undecleared.

But, as already said, jury is very still out on this one, as many archives remain closed.

The problem is that ALL documents of the prewar Soviet General Staff are still classified. Marshall Zhukov (the head of the General Staff at that time) was conspicuously silent about that in his memoirs published in the USSR in the beg. of 1970s.
Nevertheless there are a lot of strange indirect evidences in favour of Stalin's hectic preparation for the OFFENSIVE war.
Hitler's blow happened at the very moment in summer 1941 when the Soviet army was on march to their positions in the west of the country.
Anyway I refer you to some books by Viktor Suvorov, the former Soviet spy (military intelligence), defector and military analyst. Although you have to consider his writing with a pinch of salt he presents overwhelming list of evidencies in support of theory of Stalin's aggressive intentions. http://en.wikipedia.org/wiki/Viktor_Suvorov

Upd. Just to put in my tuppence worth on the discussion about some arguments against theory on &ldquoStalin&rsquos offensive war&rdquo:
1)Argument no. 1 &ndash &ldquoStalin was not ready for the war from technical point of view&rdquo.
a)Wrong. If you compare Hitler&rsquos and Stalin&rsquos forces BEFORE the war you&rsquoll realise that Stalin had twice or three times more tanks, cannons and aircraft than Hitler. The majority of all those unmanned stuff was moved to the border and was lost during the German advancement in the end of June 1941.
2) Argument 2. &ldquoStalin purged the Soviet brass that is why his army was weak&rdquo.
a) Obviously Stalin did not think so as neither Hitler who famously envied Stalin for that kind of bloodletting
b) If you look at the list of the purged high-ranking Soviet officers you&rsquoll notice that their military experience was limited by the cavalry charges during the Russian civil war. The purges allowed high vertical mobility for talented young officers.
c) Moreover, no doubt there was some dissatisfaction with Stalin among the Soviet military in the end of 1930s. Stalin preventively rooted out ANY possibility of the &ldquofifth column&rdquo. Remember about assassination attempts in the Hitler&rsquos case?
3) Argument no.3 &ndash &ldquoThe Soviet military was so weak that it could not defeat the Finns&rdquo
a) Wrong. The Soviet military broke through the most sophisticated defence line (The Mannerheim Line). They lost hundreds of thousands without any complains, any grudges. They broke though it in the winter, in the snow, in the forest and swamps. They broke it where it was impossible to get heavy weapons to. They broke through it and then Stalin decided that it was not politically correct time yet to go further.
b) The USSR got ALL territories it had wanted from Finland before the war.

Only after Japan had shown its hand by attacking the US instead of the USSR. And only when he was either sure of winning or had ceased to trust Hitler's intentions and had come to feel he needed to get his blow in first.

List of site sources >>>


Assista o vídeo: STALIN e o COMUNISMO SOVIÉTICOHistória (Janeiro 2022).