A história

Eden Park


Eden Park é a casa do Museu de Arte de Cincinnati, Academia de Arte de Cincinnati, Playhouse in the Park, Murray Seasongood Pavilion e o Conservatório Irwin M. Krohn. Criado por uma série de compras iniciadas em 1859, o parque foi nomeado por Nicholas Longworth, que possuía uma grande área da propriedade que agora constitui a parte principal do parque. O Conservatório de Krohn foi aberto ao público em 1933 e reconstruído após extensos danos causados ​​pela tempestade em 1966. É a terceira estufa no Eden Park. Conservatório de Krohn, que é pertencente e operado pelo Park Board, apresenta plantas de todo o mundo exibidas em cenários naturais simulados. Krohn, Comissário do Conselho de Parques de 1912 a 1948. Logo ao sul do Conservatório de Krohn fica o Jardim Hinkle Magnolia, em homenagem a Frederick A. Perto do gazebo está a Fonte Memorial John Rule Deupree, concedida por sua família e dedicada em 1987. O parque apresenta muitas estátuas e memoriais, incluindo o Galbraith Memorial que foi erguido em 1923 pela American Legion em homenagem ao seu primeiro Comandante Nacional, Frederick W. Galbraith de Cincinnati, e um mastro memorial de 60 pés dedicado em 1930, e então realocado para o local do Memorial do Vietnã, e rededicado na época da dedicação do Memorial do Vietnã em 8 de abril de 1984. O parque também abriga uma réplica de bronze do Lobo Capitolino, que foi um presente do governo italiano e apresentado pela Ordem dos Filhos da Itália em 1931. Uma característica única do parque são as cinco plantações de árvores memoriais, sendo a maior delas o Bosque Presidencial que foi iniciado em 1882 e contém uma árvore plantada para cada um dos Presidentes da ONU ited States.Heroes Grove contém carvalhos plantados em 1876 em memória dos heróis de 1776 e dos patriotas que estavam com Washington em Valley Forge. Um segundo Heroes Grove, localizado ao sul de Eden Park Drive perto da entrada da Gilbert Avenue, foi plantado em 1919 pelas Mothers of Democracy em memória dos homens e mulheres de Cincinnati que perderam suas vidas na Primeira Guerra Mundial. A Sociedade Florestal em 1882 em homenagem aos pioneiros de Cincinnati e aos Autores Grove completam os cinco bosques.


História

O ponto focal deste parque é a casa de dois andares maravilhosamente renovada com elegantes colunas brancas e varanda envolvente, rodeada por carvalhos cobertos de musgo e jardins ornamentais.

O que antes era a casa da família William Henry Wesley é agora um lugar de tranquilidade. Ainda assim, 100 anos atrás, o local estava repleto de energia mecânica e humana. Este era o centro da Wesley Lumber Company, operando de 1890 até depois da Primeira Guerra Mundial. As participações da empresa incluíam uma serraria, um moinho planejador e um forno a seco, com um cais para facilitar o carregamento de barcaças em Tucker Bayou para o transporte de madeira.

Wesley construiu sua casa perto da fábrica em 1897, e sua família viveu lá até 1953, quando sua esposa, Katie Strickland Wesley, morreu e a casa foi vendida por 10,5 acres. Dez anos depois, Lois Maxon se apaixonou pelo lugar e o comprou, transformando a casa em uma vitrine para as antiguidades e relíquias de família de sua família. A Sra. Maxon desenvolveu o terreno como jardins ornamentais e em 1968 ela doou Eden Gardens para o estado da Flórida.

A equipe e os voluntários do Eden Gardens têm grande orgulho em proteger e preservar esta propriedade para as gerações futuras, interpretando sua história e recursos, e mantendo os belos arbustos de azaléia e camélia espalhados por todo o terreno.


George e Imogene Remus [editar | editar fonte]

George e Imogene se conheceram em Chicago, onde Imogene era cliente em uma das farmácias de Remus e mais tarde se tornou sua secretária jurídica. Ambos eram casados ​​na época. Em 1917, Imogene se divorciou de seu primeiro marido, Albert Holmes, com quem teve uma filha, Ruth. Em 7 de março de 1919, a primeira esposa de Remus, Lillian (com quem ele teve uma filha, Romola), pediu o divórcio com base na crueldade e infidelidade, quando foi confirmado que ele não estava apenas tendo um caso com Imogene, mas fornecendo moradia para ela e sua filha. Em 25 de junho de 1920, Remus e Imogene se casaram em Newport, KY.

Quando a Proibição do Álcool foi introduzida em janeiro de 1920, George começou a notar que muitos de seus clientes criminosos haviam se tornado ricos e poderosos como resultado do contrabando. George usou seu conhecimento jurídico e farmacêutico e estudou extensivamente a Lei de Volstead, encontrando várias brechas que lhe permitiam comprar destilarias e farmácias para vender bebidas alcoólicas "vinculadas" a si mesmo sob licenças do governo para fins medicinais. Os funcionários de Remus então sequestravam sua própria bebida e a vendiam ilegalmente.

George e Imogene então se mudaram para Cincinnati, onde 80% do uísque alfandegado da América estava localizado, e compraram a maioria dos fabricantes de uísque. Em menos de três anos, Remus ganhou $ 40 milhões em dólares dos anos 1920 (um valor de quase $ 500 milhões em dólares americanos de 2015).

Além de se tornar o "Rei dos Contrabandistas", como seria conhecido por muito tempo, Remus era conhecido como um anfitrião gracioso. George e Imogene fizeram uma festa de véspera de Ano Novo em 1922 em sua nova mansão, apelidada de Palácio de Mármore. Entre os convidados estavam 100 casais das famílias mais prestigiosas da região. Como presentes de despedida, Remus presenteou todos os homens com alfinetes de diamante e deu à esposa de cada convidado um carro novo. Em 1923, Remus ofereceu uma festa de aniversário para Imogene na qual ela apareceu em um ousado maiô junto com outros dançarinos aquáticos, serenata por uma orquestra de quinze instrumentos.

Em 1925, George Remus foi indiciado por milhares de violações da Lei Volstead e condenado a dois anos de prisão federal. Antes de sua acusação, no entanto, ele deu uma procuração para sua esposa, Imogene, em quem confiava implicitamente e transferiu todos os bens para o nome dela. Enquanto estava na prisão, Remus fez amizade com outro preso e disse a ele que sua esposa tinha controle sobre seu dinheiro. O preso era o agente da proibição, & # 160Franklin Dodge, que estava conduzindo uma investigação secreta sobre as práticas corruptas de Albert Sartain, diretor da Prisão Federal de Atlanta. Dodge pediu demissão e começou um caso com Imogene. Juntos, eles liquidaram os ativos de Remus, incluindo o império de destilaria multimilionário que Remus havia construído, dando apenas $ 100 para o então preso Remus (aproximadamente $ 1240 dos dólares de hoje) da venda e escondendo o dinheiro restante. Dodge e Imogene também tentaram deportar Remus, e quando isso falhou, até contratou um assassino para assassinar Remus por $ 15.000, o que também falhou.

Após sua libertação em 1927, Imogene Remus pediu o divórcio. Em 6 de outubro de 1927, Imogene e George compareceriam ao tribunal para a finalização do divórcio. No caminho para o tribunal, George estava esperando do lado de fora do hotel de Imogene e seguindo sua partida em um táxi com sua filha. Remus fez seu motorista seguir o táxi dela pela cidade em uma perseguição de carro selvagem, finalmente tirando o táxi da estrada em Eden Park. Remus saiu de seu veículo e fatalmente atirou em Imogene no abdômen enquanto ela tentava escapar em direção ao Gazebo da Casa da Primavera.

O motorista de George havia fugido da cena do crime após o assassinato, então George pegou uma carona até a delegacia do centro da cidade e se entregou pelo assassinato de sua esposa. George Remus agiu como seu próprio advogado e se defendeu como um homem enlouquecido pelo adultério, roubo e traição de sua esposa. Ele foi finalmente absolvido em um dos primeiros casos bem-sucedidos de defesa contra insanidade e sentenciado a oito meses em um asilo para doentes mentais, após o qual tentou voltar à contrabando, mas se aposentou logo depois, pois o mercado havia sido dominado por gangsters.

Diz a lenda que o fantasma de Imogene Remus assombra o gazebo ao lado do qual ela foi assassinada. Desde aquela época, houve relatos de uma mulher fantasmagórica usando um vestido preto de pé dentro e ao redor do gazebo, frequentemente vista chorando e olhando para o espelho d'água próximo enquanto as folhas de outono caem.


Uma corporação sem fins lucrativos de Ohio.

Uma corporação sem fins lucrativos de Ohio

Cincinnati Juneteenth Festival

Suas raízes históricas literais estão no Texas, mas Juneteenth está ganhando popularidade em todo o país como uma ocasião para celebrar um dos eventos mais importantes da história americana - o fim da escravidão na América.

Embora 4 de julho. marca a declaração de independência das colônias americanas em 1776 da Grã-Bretanha, os Pais Fundadores não incluíram o povo escravizado da América entre "todos os homens" que foram "criados iguais".

Foi necessária uma sangrenta Guerra Civil e emendas constitucionais para acabar com a escravidão, e Juneteenth celebra a Proclamação de Emancipação, emitida quase um século após a Declaração de Independência. Texas. 19 de junho de 1865

O presidente Lincoln emitiu a Proclamação de Emancipação, declarando que todas as pessoas escravizadas nos estados rebeldes eram livres. Foi realmente uma estratégia militar - os estados do sul ainda estavam lutando como a Confederação.

Embora a Proclamação tenha alcançado o efeito pretendido de encorajar muitos escravos a fugir das plantações e se juntar às forças sindicais, ela proclamou a liberdade apenas dos escravos mantidos na Confederação, que não reconhecia a autoridade de Lincoln.

Mais de dois anos depois, em 19 de junho de 1865, o General Gordon Granger desembarcou em Galveston, Texas, liderando as forças de ocupação federais cerca de três meses após o fim oficial da Guerra Civil. Ele imediatamente proclamou que o Texas estava sob a autoridade dos EUA e reeditou a Proclamação de Emancipação.

Ele dificilmente poderia esperar que sua ação gerasse uma celebração anual da liberdade dos afro-americanos.

19 de junho comemorado como "décimo primeiro"

A celebração do dia 19 de junho como o "Dia de junho" ou "Dia da Emancipação" rapidamente se espalhou por partes do sudoeste, incluindo Texas, Louisiana e Arkansas.

Para os libertos, o dia de junho teve um significado muito maior do que o quatro de julho e foi celebrado com piqueniques comunitários com a leitura da Proclamação de Emancipação, banquetes, canto coral, orações e discursos.

Embora a popularidade do sétimo mês de junho tenha declinado na década de 1940, a celebração tradicional foi "redescoberta" nas últimas décadas como uma ocasião apropriada para lembrar o legado da escravidão e celebrar a emancipação.

Em 1980, o Texas se tornou o primeiro estado a tornar o décimo-terceiro mês um feriado oficial.

Há um movimento para tornar o Juneteenth uma celebração nacional oficial.

O que é a diáspora africana?

“A criação da diáspora africana moderna nas Américas é em grande parte o resultado de um período tumultuado na história mundial em que os africanos foram espalhados pelo exterior pelas pressões da escravidão nas plantation e pelas ideologias associadas à supremacia branca. “


Construção durante a reconstrução: rota circunferencial do Eden Park

As principais características do Eden Park surgiram, pelo menos na forma de planejamento, antes mesmo da conclusão do reservatório. Além dos esforços heróicos no paisagismo do Eden Park com amplos gramados com vista para o reservatório, as primeiras visões também pediam um caminho circunferencial ao redor do terreno, aberto para carruagens e cavaleiros a cavalo. Essas unidades deveriam estar dentro do parque, com o espaço verde do lado de fora separando as trilhas de recreação do crescente tráfego e agitação dos subúrbios em explosão. Como grande parte da história dos Parques e Pistas de Cincinnati, esta rota circunferencial do Eden Park resistiu a administrações e sistemas administrativos radicalmente diferentes. Também como tantas outras coisas, nunca estava totalmente no lugar ao mesmo tempo - deixava vestígios, principalmente na forma de pontes em arco, em muitos lugares do parque.

O primeiro segmento da estrada era a faixa de rodagem de pedra de seis metros de largura construída pela Estação de Água no topo da parede exposta do reservatório, na extremidade esquerda inferior do reservatório em uma foto aérea da década de 1920 ou início dos anos 30. Os arcos elípticos de cinquenta e cinco pés apoiados em pilastras aparentemente apoiando a estrada causaram grande controvérsia em 1883, quando foi divulgado que a Water Works escolheu fazer esses enfeites de calcário Dayton atraente, mais duradouro, mas mais caro, em vez de pedra extraída localmente usado para construir as paredes reais do reservatório escondidas pelas decorações. (A pedra de Dayton certamente resistiu mais graciosamente do que o arco de pedra calcária de Elsinore construído na Avenida Gilbert ao mesmo tempo.)

Outro arco, apoiado em pilastras, apareceu quase imediatamente como uma ponte para lugar nenhum sobre a entrada principal do Parque da Avenida Gilbert. Essa estrada de entrada, Eden Park Drive, aproximou-se do ramo superior direito do reservatório na foto e desapareceu atrás da ponte em forma de pilastras e em arco. Construída como um segmento do traçado circunferencial planejado, os acessos à ponte eram apenas áreas gramadas e seu objetivo principal parece ter sido como um mirante para a bela vista sobre o reservatório, mostrada em um post anterior. Como se viu, a ponte foi convenientemente localizada para os propósitos de uma estrada de ferro puxada por cavalos que encontraremos em um futuro posto - embora não fosse alta o suficiente para encontrar os trilhos na colina do Museu de Arte à esquerda e a colina entre the Drive e Morris Street, o limite norte do Park at Gilbert.

Em 1875, Cincinnati dissolveu seu Park Board. David Baker, um executivo de seguros que serviu como presidente do Conselho de Obras Públicas de Cincinnati no final de 1870, veio para presidir os Parques também. Ele aparentemente ordenou o início de uma viagem ao longo da borda do reservatório que avançou o suficiente para erguer uma coluna de calcário de aparência formal cinzelada com a legenda ainda legível "David Baker Pass". (Algumas histórias, confrontadas com essa lenda, classificaram o sobrenome do Sr. Baker como "Pass".) Com o tempo, no entanto, os Parques sofreram diminuição de recursos sob o Conselho de Obras Públicas. Superintendentes dos parques e paisagistas e jardineiros especializados foram agrupados em grupos maiores de capatazes e trabalhadores que trabalhavam principalmente nas estradas e esgotos da cidade. (Uma caminhada pela passagem David Baker passará pelo Pavilhão Seasongood e chegará ao Museu de Arte.)

Reconstituído em 1891, o Park Board a princípio teve que se atualizar na manutenção básica, contratando e treinando jardineiros e silvicultores principalmente para aparar o crescimento excessivo. Onde os problemas financeiros de 1873 resultaram em cortes nas despesas municipais, uma nova depressão em 1893 inspirou uma resposta mais progressiva: “a ação inesperada da Junta de Legislação, apropriando-se de $ 30.000 do Fundo Contingente por decreto, a ser gasto pela Junta de Os comissários dos parques, dando trabalho nos parques, a fim de aliviar parcialmente as necessidades de parte do grande número de desempregados ”, produziram uma enxurrada de obras. Abundavam as estradas através de arcos. Elsinore Gate, a casa de válvulas na Gilbert Avenue, veio servir como outro arco de entrada para o Eden Park: uma estrada construída através dele fez uma rápida curva à direita (agora Elsinore Street) e subiu para o Monte Adams. A classificação e a construção de muros de contenção melhoraram o acesso do lado de Deer Creek do Monte Adams a uma estrada ao redor da Shelter House (agora Playhouse in the Park), embora uma conexão esperada com a passagem Baker não se materializou.

Outra estrada nova (agora Cliff Drive) serpenteava ao norte de Martin Drive até a crista do penhasco com vista para o rio acima da localização atual do Conservatório Krohn. A estação de bombeamento no reservatório e a Torre de Água no topo da colina do outro lado da Eden Park Drive exigiam uma classificação considerável. Em 1894, o Park Board colocou sua força de trabalho de resgate para trabalhar no corte de uma trincheira na colina entre a Cliff Drive e a Water Tower. Como o recheio final, a cereja no sorvete de domingo no canto nordeste do Éden, os Parques contrataram a empresa Melan Arch para construir uma ponte sobre a trincheira. A técnica de construção de concreto armado de Melan foi desenvolvida apenas alguns anos antes na Alemanha. O exemplo do Eden Park foi o primeiro em Ohio e seu vão central de 21 metros era bastante longo para a época. A rota circunferencial completa novamente se extingue, embora um prado bem aparado e uma escada levem à Fulton Street através de Fulton, outra escada leva ao que hoje é a Beethoven Place. Atrás de um prédio de manutenção do parque, há um caminho estreito movido, razoavelmente transitável em bom tempo, passando pelos escritórios do parque, até a entrada principal da Eden Park Drive. Do outro lado da estrada, há uma escada velha e um caminho que leva ao estacionamento do museu.

A fotografia aérea também aparece como um cartão postal, que pode ser encontrado no maravilhoso site www.cincinnativiews.net e o cartão aparece como http://www.cincinnativiews.net/images/Reservoir-1.jpg A fotografia mostrada aqui é no a web em http://mtadamscincy.org/wp-content/uploads/2018/06/Grapevine-Summer-2018.pdf na p. 17

Sobre o contrato de Dayton Stone, consulte The Cincinnati Enquirer (Cincinnati, Ohio), 27 de março de 1871, página 5. Sobre a controvérsia, consulte The Cincinnati Enquirer (Cincinnati, Ohio), 31 de julho de 1874, página 8 e The Cincinnati Enquirer (Cincinnati, Ohio) ), 14 de julho de 1874, página 8. Para uma descrição mais geral da estrada e dos arcos, consulte Cincinnati, um guia para a cidade da rainha e seus vizinhos. Compilado por funcionários do programa Writer & # 8217s da administração de projetos de trabalho no estado de Ohio. Patrocinado pela cidade de Cincinnati, Ohio. p 271.

Sobre uma proposta em 1875 para construir uma avenida sobre a ponte na entrada do parque, consulte The Cincinnati Daily Star (Cincinnati, Ohio), 15 de setembro de 1875, Página 2

Sobre a dissolução do Park Board em 1875 e sua reconstituição em 1891, consulte o Relatório Anual do Park Board de 1891, pp. 5-10.

Sobre Baker, veja King’s Pocket-Book of Cincinnati, p. 29 Moses King, Shillito & amp Company, 1879 e # 8211 Cincinnati (Ohio)

Uma foto moderna da coluna “David Baker Pass” retrata com precisão a natureza intemperizada do texto. A coluna no parque forma um suporte de livro elegante com a coluna de pedra marcando a interseção de "Baker Place" na Madison Road, a oeste de O'Bryonville.

Sobre o Fundo Contingente em 1893-94, consulte o Relatório Anual do Departamento de Parques de 1893, pp. 24-25

Sobre a construção em Mt Adams, consulte o Relatório Anual do Departamento de Parque de 1894, pp. 4-6

Sobre a ponte Melan Arch, consulte o Relatório Anual do Departamento de Parques de 1894, p. 4 a fotografia apareceu no Relatório Anual do Departamento de Parques de 1895. A placa está entre as páginas 4 e 5.


Construção durante a reconstrução: Paredes do reservatório do Eden Park

A topografia de Cincinnati, com a cidade original na bacia do rio se expandindo para elevações crescentes nas colinas circundantes, apresentou um problema para o projeto de abastecimento de água. A Queen City, na verdade, tinha um abastecimento de água municipal da década de 1830, um serviço público bastante avançado. O princípio mais básico da engenharia hidráulica é que a água flui colina abaixo, mas o rio Ohio proporcionava a única fonte de água suficiente para uma cidade com dezenas de milhares, na verdade, quando o reservatório foi concluído, centenas de milhares de ocupantes. O abastecimento municipal, portanto, teve que bombear água até um reservatório acima dos moradores, a fim de que flua para suas casas e negócios. Antes da Guerra Civil, esse objetivo poderia ser alcançado com um tanque de pedra aberto na Third Street, na base do Monte Adams. A expansão da cidade para o bairro Over the Rhine, começando na década de 1850, quase atingiu o nível do reservatório. Além disso, com uma capacidade de 5 milhões de galões, o reservatório continha menos de um único dia de abastecimento de água, não deixando espaço para falha das bombas.

Com o fim da Guerra Civil em 1865, a distribuição de água em Cincinnati atingiu proporções de crise. Cheio de vitória, todo o Norte lançou uma extravagância de obras públicas. Cincinnati entrou de cabeça no frenesi. O vinhedo Walnut Hills de Nicolas Longworth, que ele chamou de Jardim do Éden, havia falhado. Uma combinação de doenças da uva, requisitos de mão de obra da Guerra Civil e a morte de Longworth em 1863 pôs fim à produção de Golden Wedding Champaign e Catawba Wines. A terra estava coberta com mato e não tinha nenhum propósito útil óbvio. O coronel Adolphus Eberhardt Jones providenciou para que a cidade comprasse o Garden da propriedade Longworth, reservando uma ravina íngreme como local para um novo reservatório (uma noção contraintuitiva) e o resto da propriedade como um vasto parque público. O preço de US $ 3.000 por acre representou a primeira das ofertas de bônus para Joseph Longworth, filho, herdeiro e executor de Nicolas Longworth. O local tinha uma tremenda vantagem para um reservatório de Cincinnati: acima de tudo, terras desenvolvidas e em desenvolvimento na bacia do rio, a água armazenada no Jardim do Éden fluiria, com tremenda pressão, para toda a cidade.

Joseph Earnshaw, engenheiro da cidade de Cincinnati por alguns anos na década de 1850, mais tarde projetou e supervisionou a construção de uma usina de água para um grande acampamento do Exército da União em Kentucky. Ele assumiu o comando do Reservatório Eden Park em 1866, abrindo pela primeira vez uma pedreira na extremidade leste do parque. O reservatório foi construído em duas seções, contendo um total de cem milhões de litros de água. Este projeto permitiu a drenagem de qualquer seção para manutenção e limpeza. Mesmo estando próximo às ruínas da parede inferior do reservatório é difícil compreender a imensidão do projeto: “A parede tem 48 pés e meio de base e 120 pés de altura. Sua largura mínima é de 18 ½ pés ... O comprimento extremo da parede é 1251 pés e contém cerca de 76.000 poleiros de pedra. ” (Um poleiro é pedra suficiente para estabelecer um curso de trinta centímetros de profundidade e meio metro de largura na distância de uma haste - felizmente, para nossa compreensão, apenas cerca de um metro cúbico.) Esses 76.000 poleiros de pedra vieram de uma colina de calcário acima Kemper Lane. A pedreira abandonada foi posteriormente desenvolvida como Twin Lakes Overlook, uma das características mais queridas do Eden Park.

O que não é visível nas ruínas é o fato de que a parede de 36 metros de altura é quase toda subterrânea! Para evitar que ele deslize ou tombe na ravina, os engenheiros empilharam a parte de trás da parede com 50 pés de resíduos de rocha e terra, bem como 75 pés de enchimento sob o fundo do reservatório. Antes do preenchimento, a parede não era tão alta quanto as torres que subiam nas igrejas de Walnut Hills - mas mais alta do que as linhas do telhado do santuário. Abaixo da parede, o local era perfurado com esgotos de sessenta a dois metros de largura. A superfície dos reservatórios cobria cerca de 14 acres com água de vinte e cinco pés de profundidade.


O fantasma de Eden Park está "definitivamente lá fora" 90 anos depois de ela ser assassinada

Um esboço de Imogene Remus, esposa de "Bootleg King" George Remus. George Remus a matou a tiros em Eden Park em 6 de outubro de 1927. Em um julgamento sensacional que recebeu atenção nacional, Remus, que atuou como seu próprio advogado, foi considerado inocente por motivos de insanidade. (Foto: arquivo Enquirer)

Imogene Remus não foi encontrado para comentar na terça à noite. Esta é a história dela, e tentamos tudo que sabíamos para entrar em contato, mas nossos esforços para obter seus pensamentos foram encontrados apenas com o farfalhar de folhas.

Claro, ela está morta há 90 anos, mas há quem pense que ela ainda está disponível para entrevistas.

O Enquirer enviou este repórter de notícias de última hora ao Eden Park para investigar rumores de que o gazebo está assombrado. Ecos da música de 1927 encheram o Spring House Gazebo e perguntamos se Imogene estava lá, mas nenhum fantasma apareceu.

Mas sem o equipamento adequado de caça aos fantasmas, quem pode dizer que a atividade espiritual não estava acontecendo? Será que ela não gostou das músicas que tocamos?

Noventa anos atrás, Imogene Remus foi morta a tiros no Eden Park por seu marido, "Bootleg King" George Remus. Seu marido finalmente se cansou dela (apesar de cumprir três anos trancado em várias celas) e o divórcio não seria suficiente.

George Remus, "Rei dos Bootleggers", foi absolvido do assassinato de sua esposa, Imogene. (Foto: The Enquirer / Ray Albert)

"Os muito confusos assuntos domésticos de George Remus, que já foi multimilionário rei contrabandeado de Cincinnati, chegaram a um clímax repentino - e dramático - ontem", escreveu The Enquirer em 7 de outubro de 1927.

No dia em que o divórcio seria finalizado, George e seu motorista seguiram o táxi de Imogene por Walnut Hills em uma perseguição ao estilo de Hollywood. Quando o motorista do táxi tentou fugir, o Buick com George dentro bateu na traseira dele.

Imogene, vestida da cabeça aos pés de preto para lamentar a perda de seu casamento, saiu do táxi e tentou correr. George correu atrás dela, agarrou-a pelo pulso, pressionou seu revólver de cabo de pérola contra seu abdômen e disparou um tiro que atingiu quase todos os seus órgãos vitais.

Sua filha Ruth saiu correndo do carro e tentou impedi-lo de atirar novamente. Imogene foi levado ao hospital por uma testemunha e morreu duas horas depois.

"Agora estou em paz depois de dois anos de inferno. Estou satisfeito por ter agido bem", disse ele a repórteres na prisão depois de se entregar.

George Remus se defendeu no tribunal alegando insanidade temporária. Um júri o considerou inocente e há rumores de que alguns membros do júri foram subornados.

Se os rumores forem verdadeiros e Imogene assombrar o parque, não é de admirar. Parece que ela tem alguns arrependimentos ou vingança para meditar.

As histórias são assim - uma mulher em um vestido preto e chapéu preto parece estar em perigo ou apenas observando o Lago Mirror nas proximidades. Ela pode ser tão real quanto qualquer pessoa ou apenas aparecer como uma sombra. Então ela desaparece, como os fantasmas costumam fazer.

Dan Smith, proprietário e operador da Haunted Cincinnati Tours, disse que nos últimos 10 anos os grupos de turismo viram muita atividade no Eden Park.

“As pessoas têm obtido muitas fotos estranhas”, disse Smith. "Ela está definitivamente lá fora."

Smith disse que na maioria das vezes há atividade durante os passeios. Ele disse que quando as perguntas são feitas, as luzes de seus instrumentos acendem, possivelmente indicando a presença de um espírito.

Um dos jantares luxuosos de George Remus em sua casa em Price Hill. Remus está sentado com sua esposa, Imogene, de pé à sua direita, e sua filha com o braço no ombro de Remus. Os convidados geralmente recebiam cópias das fotos do jantar. (Foto: fornecida / The Delhi Historical Society)

Um relacionamento conturbado leva ao assassinato

De acordo com os arquivos do Enquirer, George e Imogene se conheceram em Chicago quando ele era advogado criminal. O casal, que se casou em 1920, mudou-se para Cincinnati e George começou seu negócio de contrabando.

Em apenas quatro anos, ele vendeu cerca de 3 milhões de galões de uísque. Quando sua sorte finalmente acabou, ele cumpriu pena em uma penitenciária de Atlanta.

No início de setembro de 1925, Imogene pediu o divórcio alegando que Geroge havia sido culpado de "extrema crueldade" em várias ocasiões. Ele deveria ser libertado da penitenciária após uma sentença de dois anos e cumprir um ano de prisão na área de Cincinnati.

O Enquirer relatou que ele disse a ela para pedir o divórcio depois de chamá-la de "nomes vis e indizíveis" quando ela o visitou em Atlanta. Imogene também pediu uma ordem de restrição.

Durante o julgamento do assassinato, a filha de Imogene, Ruth, testemunhou contra George. A promotoria também apresentou uma nota escrita por Imogene a um membro da família sobre a audiência de divórcio apenas dois dias antes do tiroteio.

"Vá até Ruth imediatamente se eles me machucarem. Eu sou corajoso e percebo que as evidências são importantes", escreveu Imogene.

George rebateu o divórcio com acusações de que Imogene e Franklin Dodge, um agente da proibição, estavam tendo "um caso de amor ilícito" e conspirando para matá-lo e fraudá-lo.

Tudo isso é o que George disse que causou sua insanidade temporária que o levou a matar sua esposa.

Em dezembro de 1927, três meses após o assassinato, o júri considerou Remus inocente.

Os restos mortais de Imogene foram enviados de volta para sua família em Chicago.

"Os ritos finais foram omitidos e o enterro foi tão secreto e misterioso quanto a chegada do corpo de Cincinnati a Chicago", relatou o The Enquirer.

Depois disso, não há muito mais nos arquivos do Enquirer sobre "aquela mulher Remus".

Quanto ao fantasma de Imogene, os curiosos devem visitar o mirante do Eden Park dentro do horário de funcionamento do parque, sob o risco de acusações de invasão.

"É mais assustador do que qualquer história de fantasmas porque realmente aconteceu", disse Smith. "Esta é uma história que realmente aconteceu. Essas histórias da história são nosso melhor palpite de por que isso está acontecendo."


A Fascinante História do Parque Estadual Eden Gardens

Ao pisar pela primeira vez nos 163 acres do Eden Gardens State Park, você se sente como se estivesse sendo transportado de volta no tempo - de volta a uma época em que saias circulares, pinturas a óleo e arquitetura em estilo vitoriano decoravam uma terra rica em oportunidades .

Today, that can be felt beneath the surrounding shade of Spanish moss-draped oak trees, the salty air of Choctawhatchee Bay, and the unique history of this Florida Panhandle treasure.

It first began with the Euchee Indians. Led by Sam Story (aka Timpoochee Kinnard), the tribe’s days revolved around fishing, hunting, and learning different ways to properly live off the land. When European settlers arrived, they taught the newcomers the same before being driven out to discover new land.

The Wesley House. Photo Credit: Dana Haynes

In the 1890s, a man by the name of William Henry Wesley purchased the land for his family and his wife Katie Strickland. A few years later, they built what would later become known as the Wesley House. The rest of the property would serve as the hub of their lumber company, which operated from 1890 until after World War I. Remnants of the lumber mill can still be seen from the shores of Tucker Bayou. The family lived there until Mrs. Wesley’s passing in 1953. Out of the seven surviving children, none wanted the house, so it was sold, along with 10.5 acres.


Mount Adams :: History

Mount Adams is perched high above downtown and the Ohio River valley, and is referred to locally as "the Hill." It was originally named Mount Ida, after Ida Martin, a woman who, according to legend, lived in the hollow of an old sycamore tree.

In the early 1800s, land in the Mount Adams area was owned by Nicholas Longworth, a lawyer and a businessman who cultivated Catawba grapes there in his vineyard. He was famous for his Golden Wedding champagne. He donated a portion of a southern-facing hill to the Cincinnati Astronomical Society to increase his property value. In 1843, President John Quincy Adams delivered the dedication address for the Observatory, which had at that time the most powerful telescope of its kind. The name Mount Ida was swiftly changed to Mount Adams to honor the president. In 1871 the Observatory was moved to Mt Lookout, and the site became the Holy Cross Monastery, which closed in 1977. The property is now an office complex.

The Pilgrimmage of the Holy Cross is a long-standing annual tradition on Good Friday, whereby devout pilgrims climb up the steep hill from Columbia Parkway to the Church of the Immaculate Conception, praying on each step.

Mount Adams is surrounded by Eden Park on three sides. The park's land was purchased beginning in 1859 and was designated as a water collection area for the city, but the advantage of giving the land a dual purpose by using it as a park was soon recognized. Disease had wiped out Nicholas Longworth's vineyard in the late 1850s, so his son negotiated with the city to allow the use of some of the land for Eden Park (Longworth had lovingly named it after the Garden of Eden). A 172-foot high water tower was completed in 1894.

Because of its view of the river valley, Mount Adams played a role in the city's defense against the Confederate Army during the Civil War. Two artillery emplacements were installed, one at Fort View Place, the other at the playground near what is now Playhouse in the Park. Neither gun was ever fired.

In the mid-19th century, many German and Irish immigrants settled on Mount Adams, building their homes, which had to conform to the steep topography, from wood and stone quarried nearby.

In 1872, the Mount Adams Incline was completed and connected hilltop residents with downtown. The Incline moved passengers, vehicles, and streetcars. This allowed the streetcar to extend its line at the top of the hill, and both the Incline and the streetcar helped to develop the barren hilltops. The ride to the top promised dining, drinks and dancing at the well-known Highland House, located where the Highland Towers now stands. At the time that the Incline closed in 1948, it was considered the city's biggest tourist attraction.

The arts also flourished in Mount Adams. Founded in 1881 and completed in 1886 in Eden Park, the Cincinnati Art Museum was the first purpose-built art museum west of the Alleghenies. In 1892, Maria Longworth, the daughter of Nicholas Longworth, moved her Rookwood Pottery factory to Mount Adams. Her pottery is famous for its unique ceramic finish and is a valuable collectible. More recently, Cincinnati's Playhouse in the Park opened in Eden Park in 1960. This regional theater maintains a national as well as a local reputation for excellence.

Krohn Conservatory, one of the city's major tourist attractions, opened in Eden Park in 1933.

In the 1960s the Hill began to flourish as more downtown workers were attracted to living near their work. Additionally, Mount Adams in the late 60s and early 70s became home to a thriving entertainment scene and was populated by many artists and performers. Its reputation for being "hip" was established.


The History of Eden Park

Eden Park Garden Centre has been in the Bartholomew family since 1939, starting with founder Ernie Bartholomew and his wife, Sheila. In the earlier days, along with their five sons - David, John, Peter, Paul and Stuart - the family worked together in running the family business. The site was originally a show ground for landscape gardeners and within a few years they had turned it into a nursery and subsequently expanding it into a garden centre in the 1970's.

Ernie was an estate gardener. He worked for various different dignitaries throughout his life including, Lady Weardale and His Grace the Duke of Northumberland, he then went off to war and on his return he continued his trade in gardening but also moved into landscaping. In 1948 he rented the garden centre site from British Rail where he had a show garden displayed, with a board advertising his services. Whilst working on a landscaping job Ernie was given a greenhouse which he then re-erected on site, and so Eden Park Nurseries was born. In the early days Tony’s Great Grandfather, who lived in a caravan across the road would come over to stoke the boilers throughout the night to ensure the temperature remained constant for the sapling plants.

Tony's Grandmother was an active member of the Chamber of Commerce and organised many events through British Rail to help expand the business, she was the backbone of the business and ensured it’s current success with all her efforts.

As the nursery began to grow, the family business also successfully diversified into turf, purchasing a depot in Tunstall, near Sittingbourne in the 1970's and manufacturing John Innes Compost. As this business grew, so did the volume and status of its customers, with the family going on to supply turf for Hyde Park. For over 30 years the legacy remained as Tony’s grandfather was pictured on the bags of John Innes Compost.

In April of 1985, the family purchased the land from British Rail and with this came more expansion. The first shop had been built in the early 1970's and was not large enough to cater for the ever increasing volume of customers, and so the shop was extended. We have included some references below from the early days of the business which gives an idea of the deep rooted high level of service that you can expect from us.

Tony's son Tom is now involved in the business.

1925 letter from The Right Honourable Lady Weardale, "conducted himself to her entire satisfaction, these are extensive gardens and when he worked here in the pleasure grounds, kitchen gardens, fruit and plant houses he is strictly honest and willing and a good worker."

David Bartholomew - 1932 - 2016

1927 Left Albury Park Gardens, Guildford, letter signed by head gardener to His Grace the Duke of Northumberland
"Worked in the garden two years as an improver inside and out and during that time always tried to give satisfaction, he is leaving on his request to gain further experience."

1931 Head Gardener, The Earl of Carnavron, Highclere Castle
"Employed as first journeyman, he has thorough knowledge of general garden management where early forcing is a feature of such subjects instances peaches, nectarine, melons, figs, strawberries, cherries etc, the general flora and greenhouse plants inc carnations and chrysalemums. He is strictly thorough, honest, industrious, civil and obeyed. He is seeking a change to advance his position in life with my many good wishes for his future success."

List of site sources >>>


Assista o vídeo: Eden park stadium tour, Long version (Janeiro 2022).