A história

Quais são as ruínas na Turquia perto de Kömürcü Köyü?


Estou curioso e gostaria de saber o que são as ruínas perto de Kömürcü Köyü na Turquia (38 ° 15'27.8 "N 34 ° 33'05.5" E | 38.257711,34.551535)?

Tentei pesquisar, mas não encontrei nada. Parece uma construção antiga, mas talvez não seja nada.


@tohuwawohu e @NSNoob parecem ter acertado em cheio nos comentários. O link de vici.org tem ruínas neo-hitita em 38.259163,34.541790:

e as coordenadas do OP estão em azul para comparação:

O primeiro alega dentro de 5 metros e a separação parece mais como 500+ metros, mas alguma diferença pode ser explicada por diferentes datums.

De Hittite Monuments - ou seja, primeiro link em Comentários:

Göllüdağ é um grande povoado fortificado no topo de uma montanha (2.172 m) do período neo-hitita. É perto da aldeia de Kömürcü em Gölcük, Niğde. O assentamento data do final do século VIII aC. As ruínas estão localizadas ao lado do lago da cratera do vulcão inativo. Dois grandes leões de portal, conhecidos como Leões de Göllüdağ, foram encontrados no portão sul de um edifício de 112 x 228 metros que se acredita ser o palácio. Os leões estão atualmente no Museu Kayseri. Outro leão portal e algumas esfixes inacabadas de Göllüdağ estão no Museu Niğde. As escavações de Göllüdağ foram feitas inicialmente por Remzi Oğuz Arık em 1934. Outras escavações foram realizadas por Burhan Tezcan em 1968-69 e Wolfgang Schirmer em 1992-94.


Esse é o local mais proeminente do Complexo Arqueológico Gollu Dag. É uma cidade do período neo-hitita, que ocorre aproximadamente na primeira metade da Idade do Ferro. A região é arqueologicamente significativa porque é rica em depósitos de obsidiana. Existem centenas de sítios que datam dos períodos Paleolítico e Neolítico, quando a obsidiana era a matéria-prima mais procurada. Komurcu Kaletepe é outro local proeminente em Gollu Dag. O conhecido sítio neolítico de Asikli Hoyuk não está longe.

Fonte: Göllü Dag (Anatólia Central): fontes de obsidiana, oficinas e comércio

Outra fonte que o identifica como Neo Hittite: Cappadocia Explorer. Artigo de agosto de 2009 em turco


10 atrações turísticas com melhor classificação em Side

Se você está procurando uma mistura de tempo de praia e história, a cidade turística de Side é um território privilegiado. Aconchegado ao longo da orla da costa do Mediterrâneo, Side tem tudo a ver com absorver a areia e o mar, mas para aqueles que desejam um pouco de cultura tomando sol, explorar a riqueza das ruínas da era romana bem na cidade é uma das coisas mais populares a se fazer aqui.

o Templo de Atena está lindamente localizado no porto, com as colunas em pé voltadas para o mar, e se você subir ao nível superior de assentos no vasto teatro romano na outra extremidade da cidade, você terá uma vista magnífica das imponentes Montanhas Taurus .

Mais do que qualquer outra coisa, Side é um lugar para relaxar e aproveitar o sol, e embora as praias da cidade fiquem lotadas durante os meses de verão, se você tiver seu próprio transporte, encontrará muitas faixas de areia menos lotadas dentro alcance fácil. Para ideias sobre os melhores lugares para visitar, consulte nossa lista das principais atrações turísticas de Side.

Observação: algumas empresas podem estar temporariamente fechadas devido a recentes problemas globais de saúde e segurança.


Mesquita Minuchir de Ani

Ver todas as fotos

Hoje, apenas um minarete de 1000 anos permanece onde ficava a Mesquita de Minuchir de Ani. Existem alguns vestígios da sala de oração da mesquita, mas o minarete solitário é uma lembrança do poder passageiro que muitos governantes experimentaram durante seu tempo em Ani.

Ani era uma grande metrópole para os padrões do século 11 e tinha uma população bem acima de 100.000 pessoas. Centro do poderoso Reino da Armênia, Ani estava no meio de uma série de rotas comerciais, na atual Armênia e no leste da Turquia. Embora o tráfego tenha dado diversidade e riqueza à cidade, também a tornou vulnerável a ataques e conquistas.

Em 1064, uma poderosa força Seljuk conquistou a cidade com a ajuda de pessoas do Cáucaso. Matando e escravizando a todos, a força turca casualmente vendeu a cidade para uma dinastia curda chamada Shaddadids. Durante esse tempo, Ani foi transformada de uma população predominantemente cristã e armênia em uma cidade com uma presença islâmica mais forte, e uma grande mesquita foi construída posteriormente.

Infelizmente para os recentes conquistadores curdos, houve agitação constante e os mongóis do leste eventualmente saquearam a cidade no século 13. Após o início do domínio mongol, a cidade declinou lentamente e está abandonada desde meados do século XVIII. Junto com algumas catedrais e partes das muralhas da cidade, o minarete da mesquita é a relíquia mais bem preservada da cidade.

Embora não esteja em uso há anos, quando um arqueólogo russo começou a explorar o local no início do século 20, a mesquita ganhou uma nova vida por um breve período como depósito de artefatos.


Termessos

A única cidade que Alexandre, o Grande não se incomodou em parar para conquistar, Termessos fica no topo de uma montanha perto da costa sul da Turquia.

A floresta antiga agora abrange as ruínas de pedra de Termessos. Diz-se que foi fundada pelo herói mitológico Belerofonte, durante o seu apogeu, a cidade era conhecida pela sua defesa impenetrável graças à sua localização no topo de uma montanha, elevando-se a mais de mil metros de altura. Na realidade, foi fundado por uma comunidade conhecida como Solim. Pouco se sabe sobre o povo ou a cultura de Termessos, apesar de estar incrivelmente bem preservado, com a maioria das informações colhidas de histórias e histórias.

O afastamento da cidade serviu bem, proporcionando-lhe alguma autonomia de Roma e poupando-a de ser saqueada por Alexandre, o Grande, que se referiu a ela como "o Ninho da Águia". No entanto, sua localização remota no topo da montanha também seria sua ruína. Embora pouco se saiba, acredita-se que a cidade tenha sido abandonada por volta de 200 d.C. um terremoto destruiu o aqueduto da cidade, cortando o abastecimento de água. Os Solim pareciam ter simplesmente se afastado, deixando para trás uma cidade notavelmente preservada.

Um grande número de estruturas de pedra e túmulos expostos permanecem no local, embora alguns deles tenham sido saqueados. Como o local não está sob estrito controle arqueológico, muitos relevos e inscrições foram transferidos para o vizinho Museu de Antalya.

Embora seja uma curta viagem de carro de Antalya, chegar lá envolve uma caminhada íngreme até a montanha a partir do topo da estrada, por isso não tem as habituais multidões de turistas da costa sul da Turquia. Os visitantes podem observar as nuvens passando pelas janelas vazias atrás do impressionante anfiteatro antigo e admirar as tumbas antigas que alinham o caminho até a montanha.

A combinação de bosques, ruínas e vistas espetaculares das montanhas faz com que valha a pena o esforço, apesar do que Alexandre, o Grande pensava.


Conteúdo

O rei assírio Salmaneser III (855 aC) estabeleceu um assentamento aqui denominado Shitamrat. [ citação necessária ] A cidade foi posteriormente colonizada por várias civilizações e conhecida como Urima (Ώριμα em grego), [ citação necessária ] Qal'a Rhomayta ou Hesna d-Romaye (em aramaico), [ citação necessária ] para os gregos bizantinos era conhecido como Romaion Koula (Ρωμαίων Κούλα - castelo romano), [ citação necessária ] e o califado árabe mudou este nome para Qal'at al-Rum apropriado para ser um castelo de fronteira na época. [ citação necessária ]

A cidade foi fortificada e sitiada pelos mamelucos em 1280, [ citação necessária ] que conquistou as aldeias cristãs remotas, mas não conseguiu invadir a fortaleza de Rumkale, que acabou caindo nas mãos do sultão mameluco al-Ashraf em 1290. [ citação necessária ] Os mamelucos consertaram as muralhas da cidade e renomearam o lugar Qal'at al-Muslimin embora os nomes Urumgala e Rumkale persistiu. [ citação necessária A cidade foi colocada sob o domínio otomano por Selim I. [ citação necessária ]

Como parte do Projeto do Sudeste da Anatólia, também conhecido como GAP, várias barragens foram construídas na área e nas regiões vizinhas como parte de uma iniciativa agrícola e econômica maior do governo turco. A cidade de Halfeti estava entre aqueles assentamentos, antigos e contemporâneos, que permaneceriam sob os níveis crescentes das represas e rios locais após a execução do GAP.

Até a área ser inundada em 1999, as pessoas viviam da pesca no Eufrates e da agricultura nas margens do rio, principalmente do cultivo de pistache. Então as águas vieram e o 'novo' Halfeti foi construído. Alguns edifícios, incluindo a prisão, foram demolidos e reconstruídos na nova cidade. A cidade velha de Halfeti está apenas parcialmente submersa e está começando a atrair visitantes, especialmente aqueles que alugam uma balsa para visitar as ruínas da fortaleza próxima de Rumkale (Qal'at ar-Rum). A paisagem também é atraente, embora o vale verde do passado agora esteja debaixo d'água.

Em frente a Halfeti ficava a vila de Kale Meydanı, que também estava submersa, mas a grande casa do proprietário foi tomada e reconstruída no terreno da Universidade de Harran.

A cidade de Eski Halfeti (Old Halfeti), parcialmente submerso pelas águas crescentes da Barragem de Birecik

A cidade de Eski Savaşan Köyü (Old Savaşan Köyü), parcialmente submerso sob as águas crescentes da Barragem Birecik

Halfeti é composta pelas seguintes aldeias e bairros urbanos, cada um chefiado por um mukhtar: [6]

  • Rüştiye
  • Şimaliye
  • Fırat
  • Siyahgül
  • Karaotlak
  • Arğaç
  • Yeşilözen
  • Cumhuriyet
  • Dutluca
  • Argila
  • Yukarıgöklü
  • Altınova
  • A.Göklü
  • Balaban
  • Beyburcu
  • Bozyazı
  • Bulaklı
  • Çakallı
  • Çebekoğlu
  • Dergili
  • Durak
  • Erikli
  • Fıstıközü
  • Gözeli
  • Gülaçan
  • Gürkuyu
  • Günece
  • Gürlüce
  • Hilalli
  • Kalkan
  • Kavaklıca
  • Kayalar
  • Kurugöl
  • Macunlu
  • Ortayol
  • Özmüş
  • Salmanlı
  • Savaşan
  • Saylakkaya
  • Sırataşlar
  • Sütveren
  • Tavşanören

Nas eleições locais de 31 de março de 2019, o candidato do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP), Şeref Albayrak, foi eleito prefeito com 54,92% dos votos. Abdurrahman Çiftçi, o primeiro rival do Partido Democrático Popular, obteve 37,56% dos votos. [7] O Kaymakam atual é Selami Korkutata. [8]


Coisas inusitadas para fazer na Turquia

Balonismo na Capadócia

Aprecie a vista panorâmica da ampla Turquia enquanto voa alto e desfruta de um passeio em um balão de ar quente. Geralmente, existem muitos tipos de voos entre os quais se pode escolher. Desde os passeios de luxo ao padrão, eles oferecem muitas opções à sua escolha.

Para quem procura consolo, pode optar pelo deluce e apreciar a vista pitoresca da Turquia sozinha do alto. Quem quiser ter essa experiência sem machucar o bolso, pode optar pelo padrão, no qual será acompanhado por 16 a 24 pessoas. A duração dos vôos também varia, você pode reservar um vôo de 90 minutos ou 2 horas, dependendo da sua escolha.

Apresentou

Visite a Mesquita Subterrânea em Istambul

A mesquita incomum tem uma história histórica onde se acredita que no tempo em que o bairro de Galata era um assentamento genovês, o local era um forte bizantino. O porão do forte supostamente abrigava uma enorme corrente que protegia os bizantinos dos ataques turcos ao bloquear a entrada de navios na cidade.

Assim se, como viajante, deseja se entregar um pouco da história e vivenciar tudo em primeira mão e respirar um pouco da história, este local único deve ser uma visita obrigatória em sua viagem. Desde então, em 1757, o espaço subterrâneo foi eventualmente convertido em uma mesquita sob os auspícios do Grão-vizir Bahir Mustafa Pa? A.

Localização: Kemanke? Karamustafa Pa? A, Kemanke? CD. No: 23, 34425 Beyo? Lu /? Stanbul, Turquia.

Cronometragem: 8h00 - 18h00.

Estadia no Gairasu Cave Hotel

O hotel está localizado em um retiro bizantino restaurado com mil anos de idade, que oferece conveniências modernas sem desviar a atenção do sentimento espiritual da área, que é conhecida por ser habitada há mais de cinco mil anos. O Gamirasu cave Hotel é citado nos principais guias de viagens internacionais como um dos melhores hotéis em cavernas da Turquia.

É um destino perfeito se você deseja ter uma lua de mel tranquila e aconchegante ou apenas deseja dar um mergulho na tranquilidade de uma vida mais simples, longe da vida agitada da cidade. Se você está procurando coisas únicas para fazer na Turquia, este lugar garante uma experiência única para quem a visita.

Localização: Ayval? Köyü? Ç Yolu, 50400 Ayval? / Ürgüp / Nev? Ehir, Turquia.

Cronometragem: Abra 24 * 7.

Preço: Varia para cada reserva.

Explore a Ilha Kekova

Acessível apenas por barcos, a ilha Kekova é uma beleza absoluta de se ver. Acredita-se que seja o lar das ruínas de Simena, uma cidade parcialmente submersa da Lícia, este lugar guarda o encanto de um livro de histórias. Tendo muitas histórias relacionadas a ele, acredita-se que este local tenha parte de sua parte dentro da água, chegando onde não é possível.

Portanto, definitivamente sugeriríamos esta joia se você não apenas deseja adicionar à sua lista de coisas únicas para fazer na Turquia, mas também embarcar na jornada da introspecção. A tranquilidade das águas e a história do lugar certamente proporcionarão a você a experiência de entrar no livro, mas os ares preguiçosos e os habitantes locais acolhedores tornam o lugar perfeito para um pequeno piquenique agradável para ser apreciado com seus entes queridos.

Não perca o tradicional banho turco

Assim que terminar de desfrutar de tudo o que a Turquia tem para oferecer ou apenas desejar fazer uma pausa, diríamos que vá para o Hamam mais próximo, um tradicional banho turco. Definitivamente, isso lavaria todo o seu estresse, preocupações, germes e exaustão, e o que restaria seria a sua beleza rejuvenescida e bonita.

Pessoas de todo o mundo visitam a Turquia para experimentar esta experiência única e desfrutar de um dia repleto de diversão com suas famílias e amigos. Sua primeira experiência no hammam pode ser uma experiência assustadora no que diz respeito ao cheiro, calor, etc., mas tente dar uma chance honesta e pode ser uma experiência deliciosa de se lembrar.

Assistir Homens Oil Wrestle

Oil wrestling é um dos esportes mais antigos da Turquia, incluído em um festival histórico que acontece anualmente desde 1346. Também conhecido como “luta de graxa”, este é o esporte nacional da Turquia. Os lutadores são revestidos de óleo seguido de uma intensa sessão de luta livre no ringue.

Esta tradição romana de luta livre ainda é seguida e praticada em muitos cantos da Turquia. A camada de óleo tem um uso estratégico e não apenas lascivo, pois torna os lutadores mais lisos e difíceis de segurar. Não seria interessante escapar do seu caminho tentando vencer o oponente.

Localização: O melhor lugar para experimentar esta atividade espetacular seria Karamulser, Samsun, Anatalya e região da Trácia.

Ir esquiar

De descansar em uma rede a girar sua bebida favorita e de esquiar em suas praias imaculadas a assistir o pôr do sol no horizonte, a Turquia oferece uma enorme lista de atividades que podem ser feitas em suas praias. Esquiar, no entanto, continua sendo a atividade mais adrenalina que se pode experimentar aqui.

Aprimore suas habilidades enquanto atravessa essas ondas altas e baixas e passe um dia se divertindo nas águas azuis de muitos lugares como Kartepe, Kartalkaya e muitos mais. Esta experiência de esqui aquático também permitirá que você admire a exuberante vida marinha enquanto você atravessa as águas ao longo da costa.

Localização: O país oferece uma variedade de destinos como Kartepe, Karatlkaya, Erciyes, apenas para citar alguns.

Cronometragem: 7h00 às 18h00.

Faça uma peregrinação bíblica

Por ser o lar de muitos locais cristãos sagrados, uma viagem à Turquia é freqüentemente chamada de peregrinação bíblica. O país é o lar de muitos locais cristãos sagrados, como o local de nascimento de São Nicolau, Antália, Igreja de São Nicolau, assentamento cristão primitivo, Sete Igrejas da Revelação (Éfeso, Pérgamo, Esmirna, Laodicéia, Sardes, Filadélfia, Tiatira) e Assíria Igreja Ortodoxa da Virgem Maria.

Aqueles que planejam uma visita sagrada à Turquia nunca perdem nenhum desses lugares espirituais. Além de ser um lugar sagrado, esses locais também são conhecidos por sua arquitetura antiga e vibrações psíquicas.

Localização: A maioria dos sites está em Istambul, Konya, Usak e Antakya.

Cronometragem: 10h às 18h (pode variar para cada local)

Aproveite os passeios de trem

As viagens de trem na Turquia são exatamente o que você precisa para uma conta de mídia social esperando para explodir com seguidores. Mesmo se você não for um conhecedor da experiência de viagem de trem, uma viagem aos locais de visita obrigatória na Turquia não será concluída sem um pulo em um. percorrendo a lendária Paris Istambul, o conforto e a conveniência desses trens são uma opção obrigatória.

As melhores rotas altamente recomendadas são o Eastern Express, um trem que parte da capital Ancara com uma viagem de 24 horas que leva você por uma cultura diversificada e muitos locais pitorescos. A lista não termina aqui a Turquia também tem Karabuk-Zonguldak, um trem para a selva, que o levará por florestas exuberantes e, se tiver sorte o suficiente, você terá a chance de ver muitos animais selvagens raros.

Acampamento nas montanhas Kackar

Com uma altitude de 3.972 metros, uma viagem ao topo desta montanha será repleta de muitas experiências emocionantes. A melhor maneira de admirar a beleza deste lugar tranquilo é planejando uma noite de acampamento aqui e desfrutá-la em um ambiente sereno por um tempo. Repleto de inúmeras espécies de flora e fauna sazonais, este pico permitirá que você desfrute do melhor que a natureza tem a oferecer.

Aprecie a vista do sol se pondo nos picos cobertos de neve e nos dramáticos precipícios. Uma noite de acampamento aqui certamente será preenchida com algumas aventuras cênicas enquanto você desfruta de um assentamento confortável. Tendo inúmeros parques de campismo, alguns deles até junto às jorrantes cascatas, uma viagem até aqui vai certamente ser de adrenalina a correr.

Visite a Fábrica de Tapetes de Seda

Quem visita a Turquia não pode deixar de experimentar a criação da seda e os tapetes ao vivo. A experiência de visitar uma fábrica de tapetes de seda é tão linda quanto a própria peça de arte. A jornada começa com o processo de como os casulos de seda são formados e como a seda é enrolada dos casulos para fazer fios de seda.

Segue-se a explicação da tecelagem de tapetes, incluindo a diferença entre a tecelagem de tapetes de lã e seda. A viagem é seguida de como ele é finalmente tecido por algumas mulheres mais requintadas. Não se esqueça de levar um pedaço de peru, artesanato local em tapete de seda. Adicionando algumas estrelas extras à rica cultura da Turquia, a seda de qualidade disponível aqui não pode ser comprada em nenhum outro lugar.

Localização : Istambul.

Cronometragem: 10:00 às 17:00.

Mergulhe em piscinas termais em Pamukkale

As piscinas termais são as formações naturais feitas por minerais, que retêm a água e ajudam a mantê-la aquecida. Aqueles que estão pensando apenas em ter uma experiência relaxante e desejam livrar-se da azáfama de todas as coisas únicas para fazer na Turquia.

Vá para o grande castelo de algodão branco. Garantimos que as piscinas termais de Pamukkale são uma experiência como caminhar sobre um castelo de algodão com a água quente jorrando todo o seu estresse. Uma das melhores coisas inusitadas para se fazer na Turquia, um mergulho nessas águas certamente permitirá que você desfrute de um momento repleto de diversão enquanto desfruta dessas fontes naturais.

Localização: Kale, 20190 Pamukkale, Denizli Merkez, Denizli, Turquia.

Cronometragem: 8h00 às 19h00.

Faça um passeio de barco na tradicional garganta de madeira

Oferecendo algo para nossos clientes com indulgência náutica, coisas incomuns para fazer na Turquia são vastas. A tradicional garganta de madeira é certamente uma experiência inesquecível que o faria viajar de volta às idades mais suaves, onde se podia navegar sobre o céu azul turquesa.

Originalmente construído para os marinheiros viajarem através do mar Mediterrâneo, agora essas gargantas são usadas como hotéis, lojas, estadias e tudo o mais. Oferecendo uma lista de pacotes, você pode se divertir aqui de uma hora a muitos dias. Encontrados em quase todas as zonas aquáticas de Istambul, estes barcos estão equipados com todos os equipamentos básicos e oferecem uma estadia confortável aos hóspedes.

Melhor de

Museu do Cabelo de Avanos

Você sabia que a Turquia é única o suficiente para ter um museu do cabelo todo doado por visitantes do sexo feminino? Bem, realmente sentimos que este lugar pode ser listado como uma estrela na lista de coisas inusitadas para fazer na Turquia, já que você nunca ouviria uma história igual ao conto de origem do museu do cabelo de Avanos.

Diz-se que um oleiro local estava se despedindo de uma querida amiga quando pediu uma lembrança com a qual pudesse se lembrar dela. Assim, ela cortou uma mecha de cabelo e deu ao oleiro. A história fez com que muita gente fizesse isso, então a mostra encheu-se de tantos cachos que, em 1979, foi feito um museu inteiro para isso.

Localização: Yukar ?, No: 24, 110. Sk., 50500 Avanos / Nev? Ehir, Turquia.

Cronometragem: 8h30 às 19h30.

Melhor de


Uma viagem para todos

Viajar com um grupo de pessoas nunca é fácil, pois todos gostam de férias diferentes. Alguns viajam para se divertirem. Alguns viajam a lazer, uma pausa das pressões do trabalho ou de suas vidas pessoais. Alguns viajam para conhecer novas culturas e aprender sobre a história de um lugar. E alguns viajam para sentir o gostinho de tudo. Repleta de paisagens impressionantes e com uma rica bagagem cultural, Antalya é o destino perfeito para um compromisso. A lista de coisas para fazer em Antalya é interminável, é realmente um destino para todos.


Coisas inusitadas para fazer na Turquia

Balonismo na Capadócia

Aprecie a vista panorâmica da ampla Turquia enquanto voa alto e desfruta de um passeio em um balão de ar quente. Geralmente, existem muitos tipos de voos entre os quais se pode escolher. Desde os passeios de luxo ao padrão, eles oferecem muitas opções à sua escolha.

Para quem procura consolo, pode optar pelo deluce e apreciar a pitoresca vista do peru sozinho lá do alto. Quem quiser ter essa experiência sem machucar o bolso, pode optar pelo padrão, no qual será acompanhado por 16 a 24 pessoas. A duração dos voos também varia, você pode reservar um voo de 90 minutos ou 2 horas, dependendo da sua escolha.

Apresentou

Visite a Mesquita Subterrânea em Istambul

A mesquita incomum tem uma história histórica onde se acredita que no tempo em que o bairro de Galata era um assentamento genovês, o local era um forte bizantino. O porão do forte supostamente abrigava uma enorme corrente que protegia os bizantinos dos ataques turcos ao bloquear a entrada de navios na cidade.

Assim, se como um viajante deseja se entregar um pouco da história e vivenciar tudo em primeira mão e respirar um pouco da história, este local único deve ser uma visita obrigatória em sua viagem. Desde então, em 1757, o espaço subterrâneo foi eventualmente convertido em uma mesquita sob os auspícios do Grão-vizir Bahir Mustafa Pa? A.

Localização: Kemanke? Karamustafa Pa? A, Kemanke? CD. No: 23, 34425 Beyo? Lu /? Stanbul, Turquia.

Cronometragem: 8h00 - 18h00.

Estadia no Gairasu Cave Hotel

O hotel está localizado em um retiro bizantino restaurado com mil anos de idade, que oferece conveniências modernas sem desviar a atenção do sentimento espiritual da área, que é conhecida por ser habitada há mais de cinco mil anos. O Gamirasu cave Hotel é citado nos principais guias de viagens internacionais como um dos melhores hotéis em cavernas da Turquia.

É um destino perfeito se você deseja ter uma lua de mel tranquila e aconchegante ou apenas deseja dar um mergulho na tranquilidade de uma vida mais simples, longe da agitada vida da cidade. Se você está procurando coisas únicas para fazer na Turquia, este lugar garante uma experiência única para quem a visita.

Localização: Ayval? Köyü? Ç Yolu, 50400 Ayval? / Ürgüp / Nev? Ehir, Turquia.

Cronometragem: Abra 24 * 7.

Preço: Varia para cada reserva.

Explore a Ilha Kekova

Acessível apenas por barcos, a ilha Kekova é uma beleza absoluta de se ver. Acredita-se que seja o lar das ruínas de Simena, uma cidade parcialmente submersa da Lícia, este lugar guarda o encanto de um livro de histórias. Tendo muitas histórias relacionadas a ele, acredita-se que este local tenha parte de sua parte dentro da água, chegando onde não é possível.

Portanto, definitivamente sugeriríamos esta joia se você não apenas deseja adicionar à sua lista de coisas únicas para fazer na Turquia, mas também embarcar na jornada da introspecção. A tranquilidade das águas e a história do local irão certamente proporcionar-lhe a experiência de entrar no livro, mas os ares preguiçosos e os habitantes locais acolhedores tornam o local perfeito para um pequeno piquenique agradável para desfrutar com os seus entes queridos.

Não perca o tradicional banho turco

Assim que terminar de desfrutar de tudo o que a Turquia tem para oferecer ou apenas desejar fazer uma pausa, diríamos que vá para o Hamam mais próximo, um tradicional banho turco. Definitivamente, isso limparia todo o seu estresse, preocupações, germes e exaustão, e o que restaria seria a sua beleza rejuvenescida e bonita.

Pessoas de todo o mundo visitam a Turquia para experimentar esta experiência única e desfrutar de um dia repleto de diversão com suas famílias e amigos. Sua primeira experiência no hammam pode ser uma experiência assustadora no que diz respeito ao cheiro, calor, etc., mas tente dar uma chance honesta e pode ser uma experiência deliciosa de se lembrar.

Assistir Homens Oil Wrestle

Oil wrestling é um dos esportes mais antigos da Turquia, incluído em um festival histórico que acontece anualmente desde 1346. Também conhecido como “luta de graxa”, este é o esporte nacional da Turquia. Os lutadores são revestidos de óleo seguidos de uma intensa sessão de luta livre no ringue.

Esta tradição romana de luta livre ainda é seguida e praticada em muitos cantos da Turquia. A camada de óleo tem um uso estratégico e não apenas lascivo, pois torna os lutadores mais astutos e difíceis de segurar. Não seria interessante escapar do seu caminho tentando vencer o oponente.

Localização: O melhor lugar para experimentar esta atividade espetacular seria Karamulser, Samsun, Anatalya e região da Trácia.

Ir esquiar

De descansar em uma rede a girar sua bebida favorita e de esquiar em suas praias imaculadas a assistir o pôr do sol no horizonte, a Turquia oferece uma enorme lista de atividades que podem ser feitas em suas praias. Esquiar, no entanto, continua sendo a atividade mais adrenalina que se pode experimentar aqui.

Aprimore suas habilidades enquanto atravessa essas ondas altas e baixas e passe um dia se divertindo nas águas azuis de muitos lugares como Kartepe, Kartalkaya e muitos mais. Esta experiência de esqui aquático também permitirá que você admire a exuberante vida marinha enquanto você atravessa as águas ao longo da costa.

Localização: O país oferece uma variedade de destinos como Kartepe, Karatlkaya, Erciyes, apenas para citar alguns.

Cronometragem: 7h00 às 18h00.

Faça uma peregrinação bíblica

Por ser o lar de muitos locais cristãos sagrados, uma viagem à Turquia é freqüentemente chamada de peregrinação bíblica. O país é o lar de muitos locais cristãos sagrados, como o local de nascimento de São Nicolau, Antália, Igreja de São Nicolau, assentamento cristão primitivo, Sete Igrejas da Revelação (Éfeso, Pérgamo, Esmirna, Laodicéia, Sardes, Filadélfia, Tiatira) e Assíria Igreja Ortodoxa da Virgem Maria.

Aqueles que planejam uma visita sagrada à Turquia nunca perdem nenhum desses lugares espirituais. Além de ser um lugar sagrado, esses locais também são conhecidos por sua arquitetura antiga e vibrações psíquicas.

Localização: A maioria dos sites está em Istambul, Konya, Usak e Antakya.

Cronometragem: 10h às 18h (pode variar para cada local)

Aproveite os passeios de trem

As viagens de trem na Turquia são exatamente o que você precisa para uma conta de mídia social esperando para explodir com seguidores. Mesmo se você não for um conhecedor da experiência de viagem de trem, uma viagem para os locais de visita obrigatória na Turquia não será concluída sem pular em um. percorrendo a lendária Paris Istambul, o conforto e a conveniência desses trens são uma opção obrigatória.

As melhores rotas altamente recomendadas são o Eastern Express, um trem que parte da capital Ancara com uma viagem de 24 horas que leva você por uma cultura diversificada e muitos locais pitorescos. A lista não termina aqui a Turquia também tem Karabuk-Zonguldak, um trem para a selva, que o levará por florestas exuberantes e, se tiver sorte o suficiente, você terá a chance de ver muitos animais selvagens raros.

Acampamento nas montanhas Kackar

Com uma altitude de 3.972 metros, uma viagem ao topo desta montanha será repleta de muitas experiências emocionantes. A melhor maneira de admirar a beleza deste lugar tranquilo é planejando uma noite de acampamento aqui e desfrutá-la em um ambiente sereno por um tempo. Repleto de inúmeras espécies de flora e fauna sazonais, este pico permitirá que você desfrute do melhor que a natureza tem a oferecer.

Aprecie a vista do sol se pondo nos picos cobertos de neve e nos precipícios dramáticos. Uma noite de acampamento aqui certamente será preenchida com algumas aventuras cênicas enquanto você desfruta de um assentamento confortável. Tendo inúmeros parques de campismo, alguns deles até junto às jorrantes cascatas, uma viagem até aqui vai certamente ser de adrenalina a correr.

Visite a Fábrica de Tapetes de Seda

Quem visita a Turquia não pode deixar de experimentar a criação da seda e os tapetes ao vivo. A experiência de visitar uma fábrica de tapetes de seda é tão linda quanto a própria peça de arte. A jornada começa com o processo de como os casulos de seda são formados e como a seda é enrolada dos casulos para fazer fios de seda.

Isso é seguido pela explicação da tecelagem de tapetes, incluindo a diferença entre a tecelagem de tapetes de lã e seda. A viagem é seguida de como ele é finalmente tecido por algumas mulheres mais requintadas. Não se esqueça de levar um pedaço de peru, artesanato local em tapete de seda. Adicionando algumas estrelas extras à rica cultura da Turquia, a seda de qualidade disponível aqui não pode ser comprada em nenhum outro lugar.

Localização : Istambul.

Cronometragem: 10:00 às 17:00.

Mergulhe em piscinas termais em Pamukkale

As piscinas termais são as formações naturais feitas por minerais, que retêm a água e ajudam a mantê-la aquecida. Aqueles que estão pensando apenas em ter uma experiência relaxante e desejam livrar-se da azáfama de todas as coisas únicas para fazer na Turquia.

Vá para o grande castelo de algodão branco. Garantimos que as piscinas termais de Pamukkale são uma experiência como caminhar sobre um castelo de algodão com a água quente jorrando todo o seu estresse. Uma das melhores coisas inusitadas para se fazer na Turquia, um mergulho nessas águas certamente permitirá que você desfrute de um momento repleto de diversão enquanto desfruta dessas fontes naturais.

Localização: Kale, 20190 Pamukkale, Denizli Merkez, Denizli, Turquia.

Cronometragem: 8h00 às 19h00.

Faça um passeio de barco na tradicional garganta de madeira

Oferecendo algo para nossos clientes com indulgência náutica, coisas incomuns para fazer na Turquia são vastas. A tradicional garganta de madeira é certamente uma experiência inesquecível que o faria viajar de volta às idades mais suaves, onde se podia navegar sobre o céu azul turquesa.

Originalmente construído para os marinheiros viajarem através do mar Mediterrâneo, agora essas gargantas são usadas como hotéis, lojas, estadias e tudo o mais. Oferecendo uma lista de pacotes, você pode se divertir aqui de uma hora a muitos dias. Encontrados em quase todas as zonas aquáticas de Istambul, estes barcos estão equipados com todos os equipamentos básicos e oferecem uma estadia confortável aos hóspedes.

Melhor de

Museu do Cabelo de Avanos

Você sabia que a Turquia é única o suficiente para ter um museu do cabelo todo doado por visitantes do sexo feminino? Bem, nós realmente sentimos que este lugar pode ser listado como uma estrela na lista de coisas inusitadas para fazer na Turquia, já que você nunca ouviria uma história igual ao conto de origem do museu do cabelo de Avanos.

It is said that a local potter was giving farewell to a dear friend when he asked for a memento using which he could remember her. Thus, she cut off a piece of her hair and gave it to the potter. The story made many people do so, thus the display got filled with so many bunches that in 1979, a whole museum was made for this.

Localização: Yukar?, No: 24, 110. Sk., 50500 Avanos/Nev?ehir, Turkey.

Timing: 8:30 AM to 7:30 PM.

Best of


Troy (Truva)

So after having read some reviews of “there’s not much here” variety. what were those people looking at.

Troy is amazing! Literally layers upon layers of civilization. You can see the progress of history from one layer to the next. It goes beyond the myth into the real. Where else can you go and they say, “We haven’t bothered to excavate the Roman part of the city because those kinds of ruins are so common in Turkey”? Here, that’s where. I traveled all over Turkey and saw plenty of Roman and Greek ruins, but the ruins here go so much deeper - literally.

I was staying in Çanakkale and was able to join a day tour from Istanbul hosted by Crowded House Tours and Sukru was our guide. He was great and was able to communicate so much about the site in a fun and effective way. Plus he had a ton of fishing tips - free of charge!

If I had it to do over again, I’d spend a little more time and perhaps do more than the half day tour. So if the day trip from Istanbul is all you can manage, for sure do it. But if you’re staying close by as I was - spend more time in Troy. It’s worth it.


Conteúdo

Antiguidade Editar

The area of Antioch has been occupied by humans since the Calcolithic era (6th millennium BC), as revealed by archeological excavations of the mound of Tell-Açana, among others. [ citação necessária ]

The King of Macedon Alexander the Great, after defeating the Persians in the Battle of Issus in 333 BC, followed the Orontes south into Syria and occupied the area. The city of Antioch was founded in 300 BC, after the death of Alexander, by the Hellenistic Seleucid King Seleucus I Nicator. [ citação necessária ] It played an important role as one of the largest cities in the Hellenistic Seleucid Kingdom, in the Roman Empire, and in the Byzantine Empire. The city swapped hands between the Byzantines and the Persian Sassanids in the 3rd century and was the battleground for the siege of Antioch where Shapur I defeated the Roman army, and a later Battle of Antioch (613) where the Persians were successful at capturing the city for the last time. It was a key city during the early history of Christianity, in particular that of the Syriac Orthodox Church and the Antiochian Orthodox Church, as well as during the rise of Islam and the Crusades.

Rashidun period Edit

In 637, during the reign of the Byzantine emperor Heraclius, Antioch was conquered by the Rashidun Caliphate during the Battle of the Iron Bridge. The city became known in Arabic as أنطاكية (ʾAnṭākiya) Since the Umayyad dynasty was unable to penetrate the Anatolian plateau, Antioch found itself on the frontline of the conflicts between two hostile empires during the next 350 years, so that the city went into a precipitous decline.

In 969, the city was reconquered for the Byzantine Emperor Nikephoros II Phokas by Michael Bourtzes and the stratopedarches Peter. It soon became the seat of a dux, who commanded the forces of the local themes and was the most important officer on the Empire's eastern border, [ citação necessária ] held by such men as Nikephoros Ouranos. In 1078, Philaretos Brachamios, an Armenian rebel, seized power. He held the city until the Seljuk Turks captured it from him in 1084. The Sultanate of Rum held it only fourteen years before the Crusaders arrived. [6]

Crusader era Edit

The Crusaders' Siege of Antioch between October 1097 and June 1098 during the First Crusade resulted in its fall. The Crusaders caused significant damage, including a massacre of its population, both Christian and Muslim. [7] Following the defeat of Seljuk forces arriving with the aim to break the siege only four days after its capture by the crusaders, Bohemond I became its overlord. [7] It remained the capital of the Latin Principality of Antioch for nearly two centuries.

In 1268 it fell to the Egyptian Mamluk Sultan Baibars after another siege. Baibars proceeded to massacre the Christian population. [8] In addition to suffering the ravages of war, the city lost its commercial importance because trade routes to East Asia moved north following the 13th-century Mongol conquests. Antioch never recovered as a major city, with much of its former role falling to the port city of Alexandretta (İskenderun) An account of both cities as they were in 1675 appears in the diary of the English naval chaplain Henry Teonge.

Ottoman city Edit

The city was initially the center of the Sanjak of Antakya, part of the Damascus Eyalet. It was laterly center of Sanjak of Antakya in Aleppo Eyalet. It was finally kaza center in Sanjak of Aleppo, part of Aleppo Vilayet.

In 1822 (and again in 1872), Antakya was hit by an earthquake and damaged. When Ottoman general Ibrahim Pasha established his headquarters in the city in 1835, it had only some 5,000 inhabitants. Supporters hoped the city might develop thanks to the Euphrates Valley Railway, which was supposed to link it to the port of Sueida (now Samandağı), but this plan never came to fruition. This scheme is the subject of Letitia Elizabeth Landon's poem Antioch. (1836) in which she reflects of the superiority of trade and commerce over war and conflict. The city suffered repeated outbreaks of cholera due to inadequate infrastructure for sanitation. [6] Later the city developed and rapidly resumed much of its old importance when a railway was built along the lower Orontes Valley.

French Mandate and Turkish annexation Edit

Antioch was part of the Sanjak of Alexandretta during the French Mandate of Syria and Lebanon, until it was made the Hatay State in 1938, after Turkish pressure. [9] An Arab nationalist newspaper in the city, run by Zaki al-Arsuzi, was shut down by the Turks. The annexation of the Hatay State by Turkey in 1939, creating the Hatay Province, caused an exodus of Christians and Alawites from Antioch east to the French Mandate.

In 1935, Turkish and Arab Muslims made more than 80% of population.

Census of 1935 [10] [11]
Grupo étnico Population (percentage)
Muçulmanos sunitas 19,720 (58%) [11]
Alawites 8,670 (25.5%) [11]
Cristãos 4,930 (14.5%) [11]
Others 680 (2%)
Total¹ 34,000 (100%) [11]

¹Most Alawis and Armenians spoke Turkish as a second language [10] and spoke either Arabic or Armenian as a first language.

A British traveller at Antakya in year 1798 said "the language here is generally Turkish" (while, by contrast the prevalent language at Aleppo at the time was Arabic). [12]

Mount Habib-i Neccar (Habib An-Najar in Sura al Yassin 36:13 ) and the city walls which climb the hillsides symbolise Antakya, making the city a formidable fortress built on a series of hills running north-east to south-west. Antakya was originally centred on the east bank of the river. Since the 19th century, the city has expanded with new neighbourhoods built on the plains across the river to the south-west, and four bridges connect the old and new cities. Many of the buildings of the last two decades are styled as concrete blocks, and Antakya has lost much of its classic beauty. [ citação necessária ] The narrow streets of the old city can become clogged with traffic.

Although the port city Iskenderun has become the largest city in Hatay, Antakya is a provincial capital still of considerable importance as the centre of a large district. The draining of Lake Amik and development of land has caused the region's economy to grow in wealth and productivity. The town is a lively shopping and business centre with many restaurants, cinemas and other amenities. This district is centred on a large park opposite the governor's building and the central avenue Kurtuluş Caddesı. The tea gardens, cafes and restaurants in the neighbourhood of Harbiye are popular destinations, particularly for the variety of meze in the restaurants. The Orontes River can be malodorous when water is low in summer. Rather than formal nightlife, in the summer heat, people will stay outside until late in the night to walk with their families and friends, and munch on snacks.

Its location near the Syrian border makes Antakya more cosmopolitan than many cities in Turkey. It did not attract the mass immigration of people from eastern Anatolia in the 1980s and 1990s that radically swelled the populations of Mediterranean cities such as Adana and Mersin. Both Turkish and Arabic are still widely spoken in Antakya, although written Arabic is rarely used. A mixed community of faiths and denominations co-exist peacefully here. Although almost all the inhabitants are Muslim, a substantial proportion adhere to the Alevi and the Arab Alawi traditions, in 'Harbiye' there is a place to honour the saint Hızır. Numerous tombs of saints, of both Sunni and Alawite, are located throughout the city. Several small Christian communities are active in the city, with the largest church being St. Peter and St. Paul on Hurriyet Caddesi. With its long history of spiritual and religious movements, Antakya is a place of pilgrimage for Christians. The Jewish community of Antakya had shrunk to 14 members in 2014. [13] [14] It has a reputation in Turkey as a place for spells, fortune telling, miracles and spirits.

Local crafts include a soap scented with the oil of bay tree.

Antakya is located on the banks of the Orontes River (Turkish: Asi Nehri), approximately 22 km (14 mi) inland from the Mediterranean coast. The city is in a valley surrounded by mountains, the Nur Mountains (ancient Amanos) to the north and Mount Keldağ (Jebel Akra) to the south, with the 440 m high Mount Habib-i Neccar (the ancient Mount Silpius) forming its eastern limits. The mountains are a source of a green marble. Antakya is at the northern edge of the Dead Sea Rift and vulnerable to earthquakes.

The plain of Amik to the north-east of the city is fertile soil watered by the Orontes, the Karasu and the Afrin rivers the lake in the plain was drained in 1980 by a French company. At the same time channels were built to widen the Orontes and let it pass neatly through the city centre. The Orontes is joined in Antakya by the Hacı Kürüş stream to the north-east of the city near the church of St Peter, and the Hamşen which runs down from Habib-i Neccar to the south-west, under Memekli Bridge near the army barracks. Flora includes the bay trees and myrtle.

Edição de clima

The city enjoys a hot-summer Mediterranean climate (Köppen climate classification Csa) with hot and dry summers, and mild and wet winters however due to its higher altitude, Antakya has slightly cooler temperatures than the coast.

Climate data for Antakya
Mês Jan Fev Mar Abr Poderia Junho Jul Agosto Set Out Nov Dez Ano
Média alta ° C (° F) 11
(51)
14
(57)
18
(64)
22
(71)
26
(78)
28
(82)
30
(86)
31
(87)
30
(86)
27
(80)
20
(68)
13
(55)
22
(71)
Média baixa ° C (° F) 4
(39)
5
(41)
8
(46)
11
(51)
15
(59)
20
(68)
23
(73)
24
(75)
20
(68)
14
(57)
8
(46)
5
(41)
13
(55)
Precipitação média mm (polegadas) 190
(7.5)
170
(6.5)
140
(5.6)
110
(4.2)
81
(3.2)
33
(1.3)
7.6
(0.3)
5.1
(0.2)
28
(1.1)
89
(3.5)
110
(4.3)
190
(7.5)
1,150
(45.1)
Source: Weatherbase [15]

Mustafa Kemal University, abbreviated as MKU, has several faculties including Engineering and Medicine, while having a campus called Tayfur Sökmen located in Serinyol district 15 km (9.3 mi), north of Antakya (centrum). Established in 1992, currently more than 32,000 students enrolled at the university. [16]

Besides the campus in Serinyol, MKU has its faculties spread out in all main districts of the province including Altınözü, Antakya, Belen, Dörtyol, Erzin, Hassa, İskenderun, Kırıkhan, Reyhanlı, Samandağ and Yayladağı.


Assista o vídeo: Ömer Alp ile mesafe ölçümü #mobilyacenneti Kayseri-Ürgüp arası kaç KM? #4K#Kumsmall#Kapadokya (Dezembro 2021).