A história

Torry AG-140 - História

Torry AG-140 - História


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Torry

(AG-140: dp. 500, 1,17 '; b. 33'; dr. 10 '; s. 13 k. (Tl.);
cpl. 37; uma. Nenhum; cl. Camano)

Torry - um navio de carga construído para o Exército em 1944 pela Ingalls Shipbuilding Corp., Decatur, Alabama, como navio de abastecimento de carga FS-894 - foi adquirido pela Marinha em 22 de fevereiro de 1947 em Subic Bay, Luzon, Filipinas; nomeado Torry e designado AG 140 em 3 de abril de 1947, e comissionado em Guam em 5 de julho de 1947.

Em agosto de 1947, passou a operar nas Marianas e Carolinas, desempenhando funções logísticas e de patrulhamento de rotina. Ela foi reclassificada como AKL-11 em 31 de março de 1949 e continuou suas atividades nas ilhas do Pacífico. Enquanto estava em Guam em 24 de julho de 1951, ela foi emprestada ao Departamento do Interior e foi transferida permanentemente para esse departamento e excluída da lista da Marinha em 29 de janeiro de 1952. Ela serviu no Departamento do Interior fornecendo transporte marítimo entre as ilhas de do Pacific Trust Territory até 1961, quando foi vendida para a Socony Mobil Oil Co. Inc. Dois anos depois, ela foi transferida para American MARC, Inc., de Inglewood, Califórnia, e, em 1965, foi transferida para a Western Offshore Drilling e Exploration Co., Sante Fe Springs, Califórnia.


Obtenha seu Torrey On!Mais de 2.000 pés quadrados de experiência de compras esperam por você.

Você encontrará todas as melhores marcas na indústria de golfe, tanto em estilos masculinos quanto femininos e tamanhos que variam de extra pequeno a 3X.
Adidas
Distrair
Cutter & amp Buck

FootJoy
Greg Norman
Johnny-O
Nike

Titleist
Travis Mathews
e muitos mais.


História Torrey

A cidade de Torrey está localizada no Lago Seneca, no condado de Yates, no distrito de Finger Lakes, em Nova York. Estabelecido em 1788 por membros da Sociedade de Amigos de Jemima Wilkinson que buscavam fundar uma Nova Jerusalém, Torrey se tornou um município em 1851, o último dos nove distritos estabelecidos no Condado de Yates.

Com uma área de terra de menos de 40 milhas quadradas e uma população de menos de 1.300, Torrey é uma das menores cidades do condado. Torrey contém uma aldeia, Dresden, notável como o local de nascimento de Robert Ingersoll, orador, livre pensador e oponente do fanatismo.

As características distintivas da paisagem de Torrey incluem as extensas 17 milhas da costa do Lago Seneca e as muitas fazendas e vinhas intocadas que constituem bem mais de 72% da área da cidade. A agricultura consiste em hortas comerciais de pequena escala , fazendas de caminhões e fazendas de laticínios, e uma proporção crescente é orgânica. A maioria das empresas agrícolas é propriedade de uma família, muitas delas pertencentes a membros da grande comunidade menonita de Torrey. Os vinhedos nas encostas acima do Lago Seneca abastecem a meia dúzia de vinícolas que compõem a contribuição de Torrey para a Rota do Vinho do Lago Seneca que segue a Rota 14. A qualidade dos vinhos produzidos localmente, especialmente os Rieslings, tem sido reconhecida por um número crescente de prémios nacionais e internacionais ao longo dos últimos anos, e pelo elogio dos apreciadores que coleccionam os vinhos Torrey para as suas caves.


Farmers Insurance Open: Vencedores e perdedores de Torrey Pines

A cada semana no PGA Tour, há jogadores que se saem melhor do que o esperado e outros que ficam aquém das expectativas. Aqui estão Pro Golf Now, nós os chamamos de vencedores e perdedores. Aqui estão os vencedores e perdedores desta semana do American Express.

Patrick Reed & # 8211 Ele deixou de lado a polêmica de uma decisão de bola embutida no sábado para se defender de um campo muito difícil no domingo. Reed ganhou sua nona vitória no PGA Tour ao reivindicar o título em Torrey Pines contra alguns dos melhores jogadores do mundo.

Viktor Hovland & # 8211 Tentando sua terceira vitória no PGA Tour, Hovland ficou perto de Patrick Reed e se contentou com um T2. Mesmo assim, o jovem norueguês continua mostrando o quão especial ele já é.

Rory Sabbatini & # 8211 Todos esperavam que Rory corresse no domingo. Eles simplesmente não perceberam que seria Rory Sabbatini em vez de Rory McIlroy. Sabbatini terminou T10.

Tony Finau & # 8211 Acho que & # 8217 é uma questão de se o copo está meio cheio ou meio vazio. Finau continua terminando no Top 10 da turnê, ele simplesmente não vence. Esta semana, seu T2 marca quatro Top 10s já nesta temporada, e Finau tem 36 Top 10s desde sua única vitória no torneio. Ele está ganhando muito dinheiro, mesmo sem ganhar.

Henrik Norlander & # 8211 Quando Norlander faz o corte, ele se sai muito bem. Somente nesta temporada, Norlander perdeu seis cortes. Mas quando ele fez o corte, ele agora tem um T2, um T4, um T12 e um T58. O T2 desta semana empata o melhor resultado da sua carreira.

Scottie Scheffler & # 8211 Ele acertou 65 na quinta-feira para ficar a um tiro do chumbo. No entanto, ele marcou 79 na sexta-feira para perder o corte. Não é assim que você faz no PGA Tour.

Brooks Koepka & # 8211 A história aqui não é que Koepka perdeu o corte em Torrey Pines. A história é que agora ele perdeu três cortes seguidos. Quer esteja lesionado ou simplesmente não esteja jogando bem, Koepka precisa consertar seu jogo.

Jordan Spieth & # 8211 As coisas pareciam muito boas para Spieth quando ele atirou em 69 na quinta-feira. No entanto, seus 75 na sexta-feira o deixaram em casa para o fim de semana novamente. O mistério de Spieth continua a crescer.

Beau Hossler & # 8211 Hossler acertou 66 na quinta-feira, mas fez 78 na sexta-feira para perder o corte. Esta semana marca cinco cortes consecutivos perdidos para o jogador de 25 anos.

Cameron Champ & # 8211 Ele acertou 68 na quinta-feira com uma rodada sólida de jogo. Mas ele marcou 79 na sexta-feira para perder o corte. Para uma estrela em ascensão como Champ, este não é um bom resultado.


Galeria

Pré-torneio: & # 039A temporada & # 039s terminada & # 039

Rumo ao Open, Woods venceu oito de suas 11 partidas anteriores, incluindo o PGA Championship e o Tour Championship. Mas dois dias depois de terminar em segundo no Masters, ele fez uma cirurgia artroscópica no joelho esquerdo e não jogou novamente até o Aberto dos EUA.

Woods: “Eu tinha rompido meu ACL em julho do ano anterior e joguei nele sem ACL e meu menisco estava simplesmente destruído. Minha perna estava desleixada. Então eu sabia que tinha que entrar porque tinha fragmentos lá. Mas meus cirurgiões diziam que também preciso reconstruir o joelho. E eu disse, ‘Bem, vamos apenas fazer um trabalho de limpeza primeiro’, porque eu queria jogar os próximos três campeonatos principais. Tirei uma folga após a cirurgia. Quando eu voltei, eu estava fazendo uma sessão de fotos e acertando uma foto de uma mentira em declive e foi quando eu rachei (a tíbia). Eles estavam dizendo que eu estava praticamente pronto para o ano. Eu disse: 'Ah, não sei sobre isso'. Porque joguei basicamente de julho de 2007 a 2008 sem ACL, então estava meio acostumado. ”

Hank Haney, que treinou Woods em 2004-09: “Eles fizeram uma ressonância magnética e foi quando encontraram as fraturas por estresse. Isso foi cerca de uma semana antes do Aberto dos Estados Unidos e o médico entrar e conversar conosco. Eu perguntei qual era o procedimento normal, e o médico disse que você perdeu a perna por seis semanas e então você começou a se reabilitar. E eu começo a fazer o calendário em minha mente e estou pensando que a temporada acabou. E Tiger apenas disse: 'Estou jogando no Aberto dos Estados Unidos e vou vencê-lo. Venha, Hank, vamos praticar. '& # 8220

Steve Williams, que foi o caddie de Woods em 13 de seus 14 grandes triunfos: “Eu tinha minhas dúvidas de que Tiger iria jogar, eu tinha minhas dúvidas de que ele seria eliminado se ele jogasse, e eu realmente não pensei que ele iria lutar. Mas ele nunca tinha falado mais sobre um evento do que o U.S. Open em Torrey Pines. Quando tocaríamos lá em janeiro ele ficou fascinado com o curso. Onde eles vão colocar as camisetas? Onde eles vão colocar os pinos? Ele tinha um fascínio que eu não conseguia explicar. & # 8221

Woods: “(Torrey Pines) foi o primeiro torneio profissional a que fui. Meu pai me levou para o velho Andy Williams. Para mim, Torrey Pines foi especial porque foi onde aprendi sobre golfe profissional. Nunca me esquecerei de assistir Andy Bean acertar um ferro 1 ou 2 até o último buraco. Lembro-me de assistir John Cook, Marco (O’Meara), todos os meninos da SoCal. Para mim, o Aberto dos EUA de 2008 em Torrey Pines foi como voltar para casa. ”

Após sua chegada ao sul da Califórnia, Woods jogou uma rodada de 9 buracos no Big Canyon em Newport Beach com uma cinta na perna. As coisas não correram bem. As contas diferem, mas Woods acertou 47, 53 ou 54 e perdeu 6, 7 ou 8 bolas.

Woods: “Eu ainda estava tentando descobrir como diabos eu iria tentar jogar com uma joelheira. Eu joguei e disparei em cerca de 50 e então joguei a cinta pela janela e estava feito com isso. ”

Haney: "Foi terrível. No domingo, eu disse: ‘Tigre, se você vai tentar brincar, temos que ver se você consegue andar. Amanhã, vamos sair e eu vou dirigir o carrinho e você andar. 'Ele fez nove buracos e jogou um pouco melhor. "

Todos os dias, Woods voltava para seu quarto de hotel e se perguntava se poderia continuar. Durante longas noites com pouco sono, Woods e seu treinador, Keith Kleven, fizeram o que puderam para deixá-lo pronto para o dia seguinte. E ajudou Woods ter sua filha por perto. Sam estava tímido para seu primeiro aniversário.

Woods: “Sam tinha seu pequeno taco de madeira e ela estava batendo contra o saco de golfe e ela me deu uma enorme dose de leveza e me afastou de pensar em golfe. Mas nunca consegui deixar de pensar na dor. O tratamento foi constante durante toda a noite. Dormi na mesa de massagem, tive meu joelho drenado, congelado, elevado, trabalhado, apenas tentando tirar o máximo de inflamação possível. Então, de alguma forma, eu tive que começar a ativá-lo pela manhã e essa foi a parte mais difícil porque era muito instável. Depois que eu finalmente comecei, tudo bem. À noite, quando voltei para a sala, pensei que não havia como jogar mais buracos. & # 8221

Quinta a sexta: & # 039Ele não estava ótimo & # 039

Um trio de sucesso chegou ao primeiro tee para a primeira rodada - No. 1 Woods do mundo, No. 2 Phil Mickelson e No. 3 Adam Scott. Enquanto as ondas batiam na costa abaixo, ondas enormes de espectadores saudaram o trio em cada buraco. Woods começou com um duplo bogey 6.

Scott, que acertou 73 no primeiro round e acabou empatando no 26º: “Ir para o primeiro tee quinta-feira foi provavelmente um dos momentos inesquecíveis da minha carreira. Eu não acho que já vi uma cena assim. Tinha cerca de 25 graus de profundidade em todo o buraco. Foi outra coisa. Era mais como a energia de um jogo de futebol do que a primeira tacada em qualquer torneio de golfe. De alguma forma, eu acertei no fairway e Tiger fez o dobro no primeiro. Isso me acalmou muito bem. ”

Woods: “O que me lembro é a quantidade de pessoas dentro das cordas. Eu não tinha visto nada parecido desde o British Open de 1998, quando jogamos em Birkdale. Havia mais de 100 pessoas dentro das cordas uma vez, contamos. E em Torrey Pines foi exatamente assim. ”

Yani Tseng foi um dos quatro maiores campeões dentro das cordas naquele dia, os outros sendo Woods, Mickelson e Pepper. Tseng havia ganhado seu primeiro grande torneio na semana anterior: “Ver como Tiger estava tão focado, mesmo com todas as pessoas ao seu redor, quando ele estava acertando os tiros de fora do campo foi incrível. Eu estava tomando notas. Eu estava escrevendo como eles andariam, como era seu ritmo, como lidariam com as coisas no curso. Para mim, parecia que eles eram os donos do campo de golfe, aquela sensação de que não havia mais ninguém lá fora. & # 8221

Mickelson, que abriu com 71 e terminou empatado em 18º: “Foi notável a maneira como ele lutou e se manteve. Quando você se coloca tão atrás ... é tão difícil fazer birdies no Aberto dos Estados Unidos, e ele começou com uma dobradinha e apenas jogou golfe notável em um campo de golfe duro. Ele não parecia ótimo, mas ele não estava mancando como no fim de semana. E isso pode acontecer facilmente, parte do estresse com as encostas fica, os bunkers são muito inclinados e existem alguns ângulos quando você tenta balançar com força. Não pareceu incomodá-lo nos primeiros dois dias. "

Brandt Snedeker, que empatou em nono: “Eu estava na onda oposta na quinta e na sexta-feira e me lembro de assistir na TV e pensar: 'Como ele está fazendo birdies e águias de onde está dirigindo?' Ele estava rebatendo a bola no meio da multidão. A cada dois tiros, ele estremecia. ”

Williams: “Eu mencionei a ele a dor que ele estava sentindo quando teve que jogar o tiro fora do caminho do carrinho no primeiro buraco. Eu vi a dor em seu rosto quando ele deu aquele tiro. Recebi uma resposta muito direta. ‘(Expletivo) você, Stevie, estou ganhando este torneio.’ Daquele ponto em diante, não mencionei nada sobre a dor dele. ”

Enquanto isso, Mediate, que tinha então 45 anos e havia vencido cinco vezes no PGA Tour, acertou 69 na rodada de abertura. Duas semanas antes, ele sobreviveu a um playoff de morte súbita na qualificação seccional para ganhar uma vaga no Open. Ao longo da semana em Torrey Pines, Mediate falou ao telefone com Paul Azinger, um grande campeão e capitão da equipe vitoriosa da U.S. Ryder Cup em 2008.

Azinger: “Eu apenas tentei encorajá-lo. Não sei o que foi, mas pensei que seria a semana do Rocco. Nunca liguei para ele em nenhum torneio e nunca mais liguei para ele em nenhum torneio. Rocco se machucou muito nas costas e não ganhou tanto, mas esteve no auge como atacante de 2006 a 2009, 2010. Eu vi muitos grandes jogadores em meus dias e durante aquele período do auge de Rocco, acho que nunca vi nada parecido. Ele nunca foi um grande taco, mas como atacante, era tão impressionante, quão consistente era, quão confiável. Era algo para se ver. & # 8221

Sábado: & # 039Como isso está acontecendo & # 039

Woods eletrizou as massas com um 5-under 30 no segundo turno de sexta-feira para assinar por um 68 que o colocou a um tiro da liderança. Em seguida, Woods fez uma apresentação no sábado que acionou a escala Richter, uma apresentação realizada na frente de um público do horário nobre na Costa Leste. Em uma blitz de seis buracos, Woods fez um salto de 18 metros para a águia no dia 13, uma enterrada de um salto para o birdie no dia 17 e uma enterrada de 40 pés para a águia no dia 18 para pegar um tiro liderar indo para a rodada final.

“Essa foi a rodada mais bizarra que eu já vi”, disse Robert Karlsson, que jogou com Woods naquele dia, em 2009. “Os nove finais foram inacreditáveis. Eagles em 13 e 18. Arremessando em 17. Apenas caos ao nosso redor. ”

Woods: “Na época, eu tinha quatro anos e voltava para 13 e, honestamente, estava tentando não aumentar essa diferença. Se eu pudesse manter o mesmo, ótimo. Se eu pudesse diminuir a distância, melhor ainda. E então eu faço a tacada no 13, eu bogey 14 com um tee shot certo, e então 15, foi quando realmente doeu. Houve alguns disparos em que pude sentir o osso da minha perna quebrar. E a tacada inicial em 15 foi uma delas. Eu o senti quebrar.

& # 8220Então, 18, tentei acertar uma grande fatia, mirando o mais à esquerda que pude. Se eu colocasse em jogo, eu sabia que poderia (chegar ao green em dois) porque eles tinham o tee para cima. Eu estava muito dolorido depois dos 15 anos e então doeu muito depois do impacto na direção do dia 18 e tive que parar um pouco. Mas eu acertei o fairway, então acertei o 5-wood no green e eis que eu fiz a bomba. ”

Williams: “Chegamos ao 13 no sábado e ele acerta na mosca, em direção ao 12º fairway. Em momentos como esse, como caddie, quando seu jogador acerta isso off-line, você espera que ele tenha um pouco de paciência enquanto você avança nas jardas. É difícil estar 100% certo quando ele está tão offline. Mas então, é claro, ele bate no verde, e estou pensando que seria ótimo se ele pudesse pegar um birdie. As chances de ele apostar duas tacadas daquela distância eram de 50-50. Era muito freio, era descendo o morro, podia sair do green. E ele faz a tacada e fica incrivelmente bombado. Há um lampejo de esperança de que se ele conseguir completar a rodada bem, ele terá uma chance no domingo.

& # 8220Ele acertou outra tacada de saída rebelde no dia 17, mas acertou uma ótima tacada apenas para se levantar pelo green. Então ele acerta a ficha e a bola acerta a bandeira e ela entra. No golfe, você precisa de um pouco de sorte. Se a bola não atingir o stick, ela passará 30 pés e ele provavelmente fará o bogey. Em vez disso, ele vai 3-3 em vez de 5-5 com uma águia incrível no último, e essa é uma diferença de quatro arremessos. E a multidão está enlouquecendo. E ele está liderando o torneio. ”

Gareth Lord, caddie para Karlsson: “No tee 18, ouvimos (joelho) ir (crunch). Sem dúvida. Mas ele empolou o campo com um corte. Em seguida, um alto 5-wood no green. Tiger acertou (o putt) e na metade do caminho você poderia dizer. Bang, para águia. Eu podia ver isso indo na metade do caminho. Nós (Karlsson e Lord) saímos do curso e fomos direto para o bar e comemos um grande Johnnie Walker Blue para cada um. Foi isso. Era cerca de US $ 90 a dose, eu prometo a você. Já tínhamos visto o suficiente. ”

Harold Varner III, jovem estrela do PGA Tour, tinha 18 anos e trabalhava no Gaston Country Club em Gastonia, N.C .: "Eu só me lembro de assistir o back nine no sábado e dizer,‘ Meu senhor, como isso está acontecendo? ’O putt que ele deu na parte de trás do green no dia 13, estou apenas enlouquecendo. Então ele furou o chip e então o Eagle 18 e ele estava apenas fazendo acontecer. Foi super motivador. Ele é a razão de eu estar aqui. Meu objetivo sempre foi competir contra Tiger. ”

O bicampeão principal Zach Johnson tinha outras coisas em mente, pois perdeu o corte. Nascido em Iowa City e criado em Cedar Rapids, suas cidades estavam inundando: & # 8220Foi uma semana muito difícil. Minha mente não estava nisso. Eu assisti ao torneio. Lembro-me de Tiger mancando, mancando, mancando, ocasionalmente acertando uma boa tacada, dando uma tacada. Mancando, mancando, mancando, ocasionalmente acertando uma boa tacada, dando um putt. Tigre é Tigre, não havia ninguém como ele. ”

Domingo: & # 039Tiger sendo Tiger & # 039

Woods chegou ao buraco 72 no domingo precisando de uma águia no par 5 para vencer ou de um birdie para forçar um playoff com Mediate. Depois que o drive de Tiger encontrou um bunker à esquerda do fairway, ele acertou seu lay up no rough à direita. De 108 jardas, ele girou sua abordagem de volta para 12 pés e deu um dos mais famosos tacadas de golfe.

Mediate, que falou sobre o Aberto de 2008 no quinto aniversário: “Estou chateado por ele ter feito o putt no buraco 72? Não. Eu gostaria que ele tivesse perdido isso? Sim talvez. Ele mal conseguia andar. Ele estava em todo o campo de golfe, e ainda assim conseguiu. Ele fez o que os melhores e melhores jogadores sempre fazem - eles descobrem uma maneira de fazer isso, não importa a condição. ”

Butch Harmon treinou Woods de 1993 a 2003: “Aquela semana mostrou como Tiger era difícil naquela época. Ele estava dirigindo horrivelmente, ele estava batendo em todo lugar. O putt no 72º buraco, se você vê-lo do nível do solo, está quicando por todo o lugar e então foi como se o buraco tivesse se estendido e agarrado a bola. Esse foi um momento típico para Tiger Woods, tendo a capacidade de colocar a bola no buraco. & # 8221

Williams: “Ele chegou ao buraco 72 e acertou uma tacada ruim e um layup desajeitado e está em perigo. Geralmente chego à bola mais rápido do que ele, especialmente naquela semana porque seu ritmo de caminhada era muito mais lento. Tive tempo para pensar e aquele áspero estava molhado porque a sombra das árvores estava naquela área da grama. Eu soube imediatamente que tinha que ser uma cunha de areia, mas na minha mente, para chegar perto da bola, tinha que ser uma cunha de areia de 60 graus. Achei que sairia mais longe porque a bola estava molhada. Para nós, foi um longo debate, um debate extraordinariamente longo. E Tiger não queria acertar aquele tiro. Mas eu acreditei que era absolutamente o tiro. E ele acertou um grande tiro. ”

Tigre: “Era um número de 56 graus, mas eu precisava girar. Bem, algumas coisas aconteceram em que tive sorte. Um, que ainda estava na era das ranhuras quadradas. E dois, alguém saiu daquele mesmo ponto exato em algum momento naquela semana e eu estava realmente em apuros. Eu poderia conseguir um contato limpo para que eu pudesse colocar minha cunha de areia na parte de trás da bola, então eu sabia que poderia girá-la. Stevie me convenceu a bater 60 e eu precisava bater o mais forte que pudesse para girar a bola o máximo possível. E, vejam só, cheguei a 60 lá e tudo girou de volta. ”

Snedeker: “Eu estava no vestiário. Lembro-me que ele fez uma pausa no primeiro corte e todos nós pensamos, ‘Oh, ele terminou. Ninguém está girando a bola para fora do primeiro corte. "E ele acerta essa cunha lá em cima e de alguma forma a gira e a para a 15 pés. _ De jeito nenhum ele pode fazer isso. Muito acidentado, está tudo queimado. 'Com certeza, ele bateu. Tigre sendo Tigre. "

Tigre: “Eu mudei meu golpe naquele um pouco porque ia ser muito saltitante. Eu acertei um pouco para tentar fazer a bola rolar mais cedo. Crescendo em Poa annua (grama), é o que eu sempre fiz. Eu bati mais com as mãos e me certifiquei de soltar bastante. O golpe foi bom. E então a bola demorou uma eternidade para quebrar, porque estava quicando na maior parte do tempo. ”

Steve Stricker, que empatou em 29º: “Ainda não consigo acreditar que o putt entrou. Foi um daqueles putts que parecia que ia falhar e parecia que a bola saltou para o buraco. Foi uma tacada incrível. Mas isso acontece com bons tacos. ”

Tigre: “Lembro-me vivamente de uma coisa sobre aquela celebração. Lembro-me de gritar e de perceber que estava gritando para o céu. Eu estava olhando diretamente para cima. E então abaixei minha cabeça rapidamente porque estava me perguntando o que estava fazendo. ”

A estrela do Emerging Tour Bryson DeChambeau tinha 14 anos e assistia ao Belmont Country Club em Fresno, Califórnia: “Quando ele deu o putt, pulei da cadeira. Eu me lembro dele se dobrando em quase todas as tentativas no domingo e dizendo, ‘Meu Deus, o que está acontecendo?’ E ele ainda continuou e ele foi capaz de perseverar e vencer e isso ressoou profundamente em mim, nunca desistir. Depois de assistir isso, eu sabia, OK, é isso que temos que fazer para sermos ótimos. & # 8221

McNamara: “Foi estranho porque a parte difícil para mim foi que quando ele deu o putt no buraco 72, e eu sabia que ele faria o putt, o próximo segundo na minha cabeça foi, 'Oh, meu Deus, ele tem que andar 18 buracos novamente amanhã. '”

Segunda-feira: & # 039 Fiz tudo & # 039

O playoff de 18 buracos começou segunda-feira às 9 da manhã. Woods vestiu seu guarda-roupa habitual da rodada final - uma camisa vermelha e calça preta. Mediate apareceu com uma roupa idêntica, com um colete preto. Cada tiro par, com Woods, que tinha uma vantagem de três tiros após 11 buracos, mais uma vez tendo que fazer birdie no último buraco para forçar a morte súbita. No buraco 91, Mediate fez bogey após um drive ruim e Woods venceu com um par.

"Grande luta", disse Woods enquanto se abraçavam no gramado.

“Não foi um passeio no parque. Eu não queria que fosse um passeio no parque ”, disse Mediate na época. & # 8220I & # 8217 estou um pouco cansado hoje, estou um pouco velho. Ele me deu 14 anos. Ele me acertou a mil jardas do tee. E eu continuei aguentando firme, aguentando firme, aguentando firme. Eu pensei que ele estava lá por um tempo. Ele é quem é. Não há mais nada a dizer. Tive a chance de derrotar o melhor jogador do mundo e fiquei um pouco aquém. & # 8221

Woods: “Houve uma coisa que fiz bem durante toda a semana - fiz de tudo. Você olha para o '08 U.S. Open, o U.S. Open de 2000, o British Open de 2000 e o Masters de 1997, nesses quatro majors, honestamente não me lembro de ter perdido uma tacada a menos de 3 metros. & # 8221

Harmon: “Aquela semana apenas diz a você qual era o coração e a alma desse cara quando ele entrou nesses grandes torneios, como, naquela época, ele poderia simplesmente fazer acontecer.”

Pimenta: “Eu estava no aeroporto e havia pessoas voltando para a Costa Leste que originalmente voavam pela Continental e mudaram suas passagens para assistir na TV. Eu mantive meu plano normal e foi quando descobri que era um péssimo passageiro. Você poderia pegar torres de celular em todo o país, então eu estava recebendo atualizações no meu telefone quando o avião sobrevoou grandes cidades com torres de celular. & # 8221

Kevin Streelman, que detinha uma parte da liderança após o primeiro turno: & # 8220A história legal de que me lembro daquela semana foi que o Travellers Championship tinha um avião para os jogadores irem do Aberto dos Estados Unidos para o torneio. Então, segunda-feira de manhã, todos nós entramos no avião para voar para Hartford. Todas as pessoas no avião assistiam ao playoff nas TVs. Aterrissamos em Hartford e Tiger e Rocco estão indo para o buraco do playoff (morte súbita). Nenhuma pessoa se levantou para sair. Olhei pela janela e vi os carros de cortesia esperando por nós e ninguém saiu do avião até o fim do playoff. ”

Tiger Woods reage a perder sua tacada birdie no 19º buraco do playoff durante o 108º Aberto dos EUA no Torrey Pines Golf Course (South Course) em 16 de junho de 2008 em San Diego, Califórnia. (Foto: Doug Pensinger / Getty Images)

Williams: “A única coisa que ainda é incrível é que, ao contrário de muitos outros torneios, os principais campeonatos não são ganhos pela maior quantidade de boas jogadas, mas pela menor quantidade de jogadas ruins. Particularmente no U.S. Open. Eles definem o curso mais exigente e geralmente é mais difícil de fazer birdies. Mas Tiger acertou mais chutes ruins do que acertou em qualquer torneio que jogou durante todo o tempo em que carreguei a bolsa para ele e ele ainda ganhou. Isso é notável. ”

Haney: “Grandes campeões adoram desafios. Quantas vezes Michael Jordan acendeu quando parecia que estava em seu leito de morte? Com Tiger, foi seu melhor momento. E ele venceu o Aberto dos Estados Unidos por 15 arremessos, o Masters por 12, venceu quatro majors consecutivos. Essas são as referências para grandeza. Mas em termos de conquistas, o Aberto dos EUA em Torrey Pines foi seu grande momento. Quero dizer, vamos lá, ele ganhou o Aberto dos Estados Unidos com uma perna quebrada e um ACL rasgado. ”

Azinger: “Quando Rocco saiu em preto e vermelho no playoff, essa foi a maior jogada de todos os tempos. Rocco provou para si mesmo e para o mundo que, quando se tratava de panela de pressão, ele conseguia lidar com ela. E ele não tinha medo de Tiger. E Tiger, eu acho, não sabia o que fazer com isso. & # 8221

Rickie Fowler, um ano após sua formatura do ensino médio, jogou seu primeiro Aberto dos EUA. Ele atingiu a tabela de classificação com um 70 no primeiro turno e foi o amador com seu empate no 60º lugar: “Todos nós sabemos que eu o estava vencendo no primeiro round. Eu digo isso a ele às vezes. Ver Tiger mancando pelo caminho era uma loucura fazer o serviço. Lembro-me do putt em 18. Aquilo foi um pequeno vislumbre de seu final de 1990, início de 2000. Eu pude ver o quão bom ele era quando estava no auge. Muitos caras aqui nunca o viram jogar no seu melhor. Eu fiz e foi algo. Ver o que ele fez me fez trabalhar mais duro para que pudesse competir contra ele. ”

Consequência: & # 039Ele & # 039 é uma pessoa diferente & # 039

Woods tinha 32 anos quando deixou Torrey Pines com o hardware do campeonato. Ele venceu 14 de 46 majors como profissional - um clipe impressionante de 30% - e estava a quatro majores de igualar o recorde de Nicklaus & # 8217.

Mas, oito dias após o Open, Woods passou por uma cirurgia reconstrutiva na perna que encerrou a temporada. Ele venceu sete vezes na temporada seguinte, antes que um escândalo pessoal e ferimentos quebrassem a capa de invencibilidade de Woods, destruíssem sua imagem impecável e acabassem com seu casamento.

Passariam-se 11 anos até que Woods ganhasse a 15ª posição principal no Augusta National no Masters de 2019. Woods achou que sua carreira havia acabado antes de fazer a cirurgia de fusão espinhal em 2017 & # 8212 seu quarto procedimento nas costas em menos de dois anos & # 8212, mas ele voltou ao jogo de forma notável e ganhou o Tour Championship de 2018 e, em seguida, surpreendeu o mundo do golfe com seu triunfo one-shot no Masters, que lhe rendeu sua quinta jaqueta verde.

Woods passou por outra cirurgia nas costas e se envolveu em um acidente de carro em fevereiro de 2021 que o deixou com ferimentos graves na perna, tornozelo e pé direitos. Ele está atualmente se recuperando em seu complexo na Flórida.

Haney: “Eu sempre gostei quando as pessoas diziam que Tiger iria ganhar todos esses majors, mas nunca pensei que o próximo seria um dado adquirido. Você tinha que fazer tudo do seu jeito - você tinha que jogar bem, ter a sorte do seu lado, você precisa ter outros grandes jogadores sem as semanas de suas vidas. Dito isso, nunca pensei que seria o último. & # 8221


Esses tratores mostram 150 anos de história agrícola

A agricultura é uma parte significativa da história americana e nada é mais simbólico da agricultura do que um trator em frente a um celeiro vermelho. O Museu Nacional de História Americana tem 14 tratores em tamanho real e vários modelos em escala em sua coleção, sem mencionar as fotografias e outros objetos relacionados.

O John Deere Model D foi lançado em 1923 e foi o primeiro trator que a empresa comercializou com seu próprio nome. Com inúmeras empresas fabricando tratores, e muitas fazendo reivindicações selvagens, os agricultores tornaram-se cada vez mais conscientes da importância da qualidade de marcas em que podiam confiar.

Cada trator da coleção ilustra um aspecto diferente de como a agricultura mudou ao longo do tempo. Esses são seis destaques de mais de 150 anos de história de tratores e fazendas.

1. Steam nos campos

Anúncio do motor da fazenda Frick, 1878. O Frick Eclipse do museu está atualmente em exibição no Museu Nacional de História Industrial em Bethlehem, PA.

Por milênios, a agricultura foi realizada com a força humana e animal. Alguns dos primeiros motores começaram a aparecer nos campos em meados do século XIX. Madeira, carvão e até palha alimentavam o fogo para aquecer a água que gerava vapor para alimentar o motor. Alguns agricultores compraram esses motores portáteis a vapor para operar equipamentos como serras circulares para construção ou debulhadoras para separar e limpar grãos. Os motores a vapor tornaram o trabalho agrícola menos dependente da força humana ou da força animal.

Colheita a vapor, início do século XX. Um grande grupo usa máquinas debulhadoras ligadas a motores de tração movidos a vapor para processar montanhas de trigo. Os animais ainda estavam sendo usados ​​para transportar as carroças. Observe as pequenas ofertas de carvão sendo rebocadas pelos motores de tração. Cortesia da Biblioteca do Congresso.

As primeiras versões de motores a vapor não eram automotores e ainda precisavam ser rebocadas para os campos por equipes de animais de tração, como cavalos e mulas. Além disso, o alto custo dos motores portáteis significava que apenas alguns podiam comprá-los.

2. Nascem tratores

A palavra "trator" foi cunhada pela primeira vez pela empresa Hart Parr. O Hart Parr # 3 do museu é o mais antigo trator com motor de combustão interna sobrevivente. Ele está atualmente em exibição no Illinois e Indiana Antique Tractor & amp Gas Engine Club.

3. Barato e versátil

Deere and Co. e Ford foram dois dos fabricantes que fizeram tratores baratos e versáteis. A Deere and Co., fundada como fabricante de arados e implementos, começou a vender tratores comprando a Waterloo Gasoline Engine Co. em 1918. O Fordson foi o primeiro trator vendido pela Ford nos EUA. Ele rapidamente se tornou popular: a Ford vendeu 36.000 tratores em 1921. Em 1923, 75% dos tratores comprados nos EUA eram Fordsons, mas a empresa não continuou a inovar. Em 1928, com vendas em queda, a Ford abandonou a produção de tratores nos EUA.

Mary Hawley Bardole dirigindo um trator Ford em meados da década de 1940. Depois de ficar parado por mais de uma década, a Ford voltou ao negócio de tratores com uma parceria com o engenheiro e inovador Henry Ferguson. Cortesia de Roy Bardole.

4. Tratores experimentais

Na década de 1950, a Allis-Chalmers começou a pesquisar tratores de células de combustível. Unlike standard batteries, fuel cells do not store energy but convert chemical energy to electric energy. This tractor functioned, but was not economically practical. In 1961 International Harvester created HT-340, a concept tractor for the jet age. A lightweight 90-pound turbine produced an astounding 85 horsepower, but it was very noisy and consumed vast quantities of fuel. While the turbine was not successful as a practical power source, the hydrostatic transmission saw real use. It is currently on display at the Illinois and Indiana Antique Tractor & Gas Engine Club.

5. High design

6. Political pressure

Gerald McCathern drove his tractor 1,800 miles from his farm in Hereford, Texas, to Washington, D.C., to participate in the 1979 American Agriculture Movement Tractorcade protest. American Agriculture Movement members raised money and donated Gerald McCathern’s International Harvester 1486 tractor (around 1986) to the museum. Here he is seated in the tractor in front of the museum. Courtesy of Smithsonian Archives. Tractors roll along the National Mall as part of the Tractorcade protest. Courtesy of the Smithsonian Archives.

Torrey Devitto’s boyfriend

Jesse Lee Soffer

Torrey Devitto’s boyfriend is Jesse Lee Soffer. Jesse Lee Soffer was born in Ossining, New York and is currently 37 years old. She is a American Actor. The couple started dating in 2018. They’ve been together for approximately 3 years, 5 months, and 20 days.

She is a Gemini. Geminis love having crushes and infatuations, but are known for being fickle and uncomfortable when love gets too complicated. Their attention span can be very short. The most compatible signs with Gemini are generally considered to be Aries, Leo, Libra, and Aquarius. The least compatible signs with Gemini are generally considered to be Virgo and Pisces.

According to Chinese Zodiac, Torrey was born in the Year of the Rat while her boyfriend in the Year of the Rat. People born in the Year of the Rat are clever and charming. They are curious, but sometimes too motivated by money. Torrey Devitto has a ruling planet of Mercury.

Like many celebrities and famous people, Torrey keeps her love life private. Check back often as we will continue to update this page with new relationship details. Let’s take a look at Torrey Devitto past relationships, exes and previous hookups.


Service history [ edit ]

FS-394, a Design 381 coastal freighter of the United States Army, was built during 1944 by Ingalls Shipbuilding and commissioned on 14 December in the same year. She was manned by United States Coast Guard personnel and her first commander was Lieutenant H.J. Whitmore, a Coast Guard reservist. & # 911 e # 93 FS-394 operated in the Asiatic-Pacific Theater. On 22 February 1947, she was acquired by the United States Navy at Subic Bay. O navio foi nomeado Torry and designated AG-140 on 3 April 1947. Torry was commissioned at Guam on 5 July 1947. After August, she operated in the Mariana Islands and the Caroline Islands, performing logistic duties. On 31 March 1949, she was reclassified as AKL-11. & # 912 e # 93

On 24 July 1951, she was loaned to the Department of the Interior at Guam. The transfer was made permanent and Torry was struck on 29 January 1952. Serving with the Department of the Interior, she provided transport in the Trust Territory of the Pacific Islands. In 1961, she was sold to Socony-Mobil and transferred to American MARC in 1963. She was finally transferred to the Western Offshore Drilling and Exploration Company in 1965. At an unknown date, the ship was sold to Omega Protein and was gutted for use as a menhaden fishing vessel. While a fishing vessel, she was renamed Shearwater. The vessel was sold to the state of Delaware for used as an artificial reef and in 2015 was scuttled off the state's coast by Delaware Department of Natural Resources contractors Coleen Marine. & # 913 & # 93


Histórico de serviço

marca served as a unit in the Subic – Sangley Ferry Service until reclassified AKL-12 on 13 March 1949. Then, as a light cargo ship attached to Service Force, 7th Fleet, she carried cargo and passengers to various units of that fleet operating in the Philippines area. The ship was placed 'Out of Service' in 1956, but continued operations out of Subic Bay.

With the escalation of U.S. Forces activities in Southeast Asia in 1963-64, the range of her resupply missions were extended to include frequent cruises to South Vietnam. As a result of these trips, she was placed in a commissioned status on 1 October 1965, Lt. F. R. Sanderlin in command. For the next eight months she continued to operate from Subic Bay but with each passing month, the length of her visits was increased. In June 1966 she commenced full-time operations in the combat area. In addition to supply missions the ship surveyed waters critical to operations in the Dinh River, Dong Nia River and Bassac River of the Mekong Delta. [6] From 1966 to 1969 marca, with only one interruption for overhaul, kept vital supplies moving from Saigon and Vung Tau to the riverine and coastal surveillance forces conducting operations Game Warden and Market Time.

On 1 July 1971 marca was transferred to Taiwan where she served in the Republic of China Navy as the intelligence gathering ship Yung Kang (AKL 514).


Torry AG-140 - History

In 1853, Daniel Straub, a miller from Geislingen, joined forces with the Schweizer Brothers to form the "Metallwarenfabrik Straub & Schweizer" in Geislingen. This was the second company to be founded by Straub - previously in 1850, from the nucleus of a small repair workshop, which he had set up to work on the construction of Geislingen's famous railway incline, he had founded the Maschinenfabrik Geislingen. This company was involved mainly in manufacturing mill turbines and traded throughout Europe.
As early as 1862, the young company distinguished itself by winning a gold medal at the World Exhibition in London. In 1866, following the departure of the brothers Louis and Friedrich Schweizer, the company was renamed Straub & Sohn" (Straub & Son). The company showroom, built in 1868 in Berlin, gradually evolved to become the company's first retail outlet. Three years later, the company was already employing 60 workers. By 1880, the number of employees had grown to approximately 200 and the company was already producing 960 different items.
1880 saw the merger between Straub & Sohn and "Ritter & Co.", Esslingen, to form a public limited company under the name of Wurttembergische Metallwarenfabrik. At the time of the merger, Ritter & Co.'s Esslingen factory was already using the electroplating method of silver plating and had the more modern production facilities at its disposal. Straub's company, on the other hand, was the more profitable of the two.

1892 saw the development of a special technique for silver plating cutlery, whereby the silver is distributed in a way that, at the points of the cutlery most exposed to wear and tear, the coating is twice as thick as elsewhere. This process was patented and is still in use today. Known nowadays as 'Perfect Hard Silver plating' the technique remains exclusive to WMF. Under Carl Hugele the company gained international standing. At the turn of the century the factory in Geislingen employed 3,000 workers. By 1910, this number had already grown to 4,000, making WMF the largest company in Wurttemberg at this time. Sales catalogues were printed in twelve languages. Subsidiary companies in London, Warsaw and Vienna opened up export markets. Under the direction of Albert Mayer the WMF studio was influenced by the art nouveau style. The product range was modernized and considerably extended. In 1905 WMF acquired a majority holding of the Cologne company Orivit AG, which manufactured products from "Orivit", a tin alloy. As of 1925, products created by the Contemporary Decorative Products Department (NKA) made their debut on the market. This department was set up under the direction of Hugo Debach in order to establish the name of WMF amongst consumers interested in art and design. This department was responsible for producing the special "Ikora" finish, which has earned an important place in the annals of art history. The "Ikora" brand name referred to a specific method of treating the surface of the metal, by which layers of coating were applied in a partly chemical and partly heat induced process. A host of newly developed hand-finishing techniques enhanced the possibilities for adding decorative flourishes to the products. Despite being mass produced, every item looked as if it had been individually crafted. At the end of the war the company had lost its foreign assets, associated factories and retail outlets. The years following 1945 saw the start of a concerted effort to reconstruct in terms of personnel, organizational structures and technology in the remaining factory sites. The network of retail shops was rebuilt. Very soon, subsidiaries sprang up in the USA, Holland, Canada, Switzerland, Austria and Italy. By 1950, WMF staff numbers had again swelled to 3,000. Silverplated tableware and cutlery accounted for two thirds of WMF's turnover, with shops specialising in clocks and watches, gold and silverware representing the company's main customers. A shift in emphasis occurred at the end of the 1950s and was marked by an increase in the importance of Cromargan cutlery and hollowware. This period saw the creation of classic products, such as designed by Wilhelm Wagenfeld, which still feature in or have been reintroduced into the WMF collection. It also saw an increase in the volume of trade in household and kitchenware items between WMF and specialist retail shops. A number of stemware collections completed the WMF catalogue, followed by the development of an extensive range of products for the hotel and catering industry. By 1960, the Geislingen factory alone employed around 5,800 workers. A shortage of space and manpower at this site led to the setting up of additional branch factories, like the factory in Hayingen and Riedlingen.

ORIVIT 1894-1905 The ORIVIT AG was founded in 1894 as Rheinische Broncegieserei fur Kleinplastiken in Koln-Ehrenfeld by Wilhelm Ferdinand Hubert Schmitz ( 1863-1939 ) From 1896 they began with the making of luxury items the so called ORIVIT metal (89,85% pewter 7,9 % antimony 1,9 % copper 0,12 % silver ) In 1900 the factory changed its name to "ORIVIT AG fur Kunsthandwerkliche Metalwarenfabrikation". In 1901/02 they built a new factory in K ln- Braunfels and began with a revolutionary new press "the Huber Presverfahren" The factory has won several prizes: in Paris the gold medal at the world exhibition of 1900 in Dusseldorf in 1902 at the "Industrial Design Exhibition" and at the exhibition in St Louis (USA) 1904 they won 2 Grand Prix prizes and 1 gold medal. In 1905 the total financial collapse was a fact and the "Wurttembergische Metalwaren Fabrik" (WMF) bought ORIVIT . They produced items with the name ORIVIT until 1914. In 1906 the designs from the "Metalwarenfabrik ORION" became ORIVIT. The founder Georg Friedrich Schmitt (1856-1925 ) of ORION became the director in K ln. The designers of ORIVIT were: Hermann Gradl (1883-1964), Georg Grasegger, Walter Scherf (1875- 1909), Vicor Heinrich Seifert, Johann Cristian Kroner (1838-1911), Georges Charles Couldray

IKORA
Is a production line of WMF realized in 1927 by its NKA - Neue Kunstgewerbliche Abteilung (New Art-Commercial Department) under the direction of Hugo Debach, collector and passionate of Asian Art.
WMF realized under the mark Ikora Edelmetall a wide production of items in geometric style inspired to Art Dec and to Japanese Art in brass and nickel hand-decorated with enamel applied by fusion to the surface of the metal.


Assista o vídeo: Decware tube HI-FI system with Tannoy Canterbury GR speakers (Pode 2022).