Geografia

Aspectos culturais da Região Sudeste (continuação)


Culinária

A culinária da Região Sudeste é bastante rica. Tanto as culturas de doces como comidas salgadas são bastante variadas e apreciadas no país inteiro.

O Rio de Janeiro tem como prato marcante a feijoada. O prato é um símbolo nacional, mas é bastante consumido no estado, o que o leva a ter uma forma própria de desenvolvê-la. A receita carioca inclui carnes salgadas (como carne-de-sol), folhas de louro, várias partes de porco, cebola e uma laranja (para ajudar a deixar a feijoada menos salgada).


Feijoada, Rio de Janeiro

São Paulo, por ser um grande polo industrial e abrigar diversas culturas, possui gosto variado na culinária regional. Por ser uma típica "cidade grande", tem grande quantidade de redes de "fast-food", que são muito usadas pelos habitantes.

Típico na cozinha paulista estão três pratos principais: galinha d'Angola à paulista, empadinhas de Cananeia e o cuscuz paulista, sendo esse último o de maior visibilidade nacional. O ponto forte da parte gastronômica em São Paulo é resultado da influência italiana: pizzas e massas são um gosto bastante comum no estado.


Cuscuz paulista

O Espírito Santo se destaca com a moqueca, apontada como o prato símbolo da cozinha capixaba. Pode ser feita com siri, peixes, camarão e ainda outros frutos do mar. O prato é herança da culinária indígena e faz muito sucesso entre os habitantes do estado.


Moqueca do Espírito Santo

Entretanto, da Região Sudeste o estado que apresenta maior tradição culinária é o de Minas Gerais. A culinária mineira é nacionalmente famosa, tendo várias comidas típicas e que caíram no gosto popular. O pão de queijo mineiro, por exemplo, é apreciado em todo o Brasil. Além desse, o tutu de feijão, feijão tropeiro (outro prato de expressividade nacional), galinha ao molho pardo, leitoa à pururuca, frango com quiabo e muitos outros. Além dos pratos, o queijo mineiro é muito apreciado no Brasil, servindo de referência quando se trata desse derivado do leite.


Pão de queijo mineiro